Carros

Atualizada em 27.11.2012 18h47

Volkswagen Up é visto chegando à sede da marca no Brasil

André Deliberato/UOL
Up! prata chega à Volks no ABC "escoltado" por Gol, de quem deve tomar o bastão das vendas Imagem: André Deliberato/UOL

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

O Volkswagen Up!, novo compacto da marca alemã, foi fotografado por UOL Carros em frente à fábrica da marca, em São Bernardo do Campo (SP), na manhã desta quinta-feira (11). Com teto alto, mas menor que o Fox, o modelo ostentava pouco disfarce e estava acompanhado a certa distância por um Gol, de quem deve "herdar" o posto de carro da massa.

Antes de mais nada, vamos combinar: chamaremos o carro de Up, sem o sinal de exclamação que serve de marketing sobreposto ao nome oficial e que pode se embolar com outros sinais gráficos. Faremos isso até para combinar com uma certa frugalidade, que deve marcar a nacionalização do Up em nosso país: é certo que a versão brasileira é/será mais simples em relação ao Up europeu.

Esta informação havia sido passada a UOL Carros diretamente por um dos chefões mundiais da Volks, Ulrich Hackenberg, membro do conselho diretor da grupo alemão, durante a apresentação do carrinho na prévia do Salão de Frankfurt de 2011 (relembre aqui). Na ocasião, Hackenberg afirmou que o Up "é um carro estratégico para a Volkswagen em todo o mundo, incluindo o mercado brasileiro, mas uma versão para o país teria de ter modificações, incluindo simplificações, mas também aumento da capacidade de bagagem, de forma a atender às exigências de mercado".

Uma dessas modificações é patente na imagem do flagra: o Up avistado no ABC paulista tinha a tampa do porta-malas mais "sólida" que a do modelo europeu. Explicamos: na Europa ocidental, o Volkswagen Up serve como carro de imagem, descolado, mas também barato, perfeito para quem quer um carro ágil no trânsito em vias apertadas e que prefere ter mimos (bancos coloridos, um tablet fazendo as vezes de painel do carro, rádio e GPS) no lugar de itens mais caros. Assim, o Up europeu pode ter uma tampa de vidro e partes acrílicas (como num smartphone mais caro) cobrindo o porta-malas. Já no Brasil...

No Brasil, o Up deverá ser versátil o suficiente para servir como primeiro carro de pessoas recém-habilitadas, mas também (como sempre ocorre com carros de entrada) "robusto" o bastante para aguentar o tranco de ser o único carro de uma família de menos posses. Assim, sai a tampa de vidro, entra uma tampa normal, de metal com uma vigia de vidro.

AMPLIA AÍ, VAI

  • André Deliberato/UOL

    Foi difícil enxergar o Up na primeira imagem? UOL Carros dá um zoom para você

A solução não é invenção da Volkswagen do Brasil -- as versões do Up para os mercados emergentes da Europa já trazem este adaptação: na República Checa, a Skoda (marca local do grupo Volks) vende o Citigo assim, com tampa traseira sólida e interior mais... convencional (sim, leia simples, se quiser); a mesma mudança com a tampa acontece na Espanha, e em outros mercados atendidos pela Seat, com o Mii, embora este traga o mesmo nível de gracinhas internas do Up alemão.

O carro avistado na portaria da Volks, porém, não é nem o Citigo, nem o Mii, mas o próprio Up em versão com quatro portas e tampa traseira convencional, um Up "tupiniquim". A prova vem do para-choque traseiro, cujo desenho contempla nicho da placa com amplo recorte em forma de "U" e bordas irregulares, além de uma espécie de defletor na porção inferior. Tudo como no Up europeu, exceto por dois defletores que devem tem função mais de disfarce, que utilitária.

O Citigo tem nicho da placa traseira em "U", também, mas com bordas simples. E no caso do espanhol Mii, o nicho é um "U" invertido, como no Gol. Além disso, as duas versões emergentes têm a porção de metal da tampa traseira mais curta, mais baixa. O carro nacional, flagrado, segue a proporção do Up europeu, com uma porção maior de metal (no lugar do acrílico) e menor de vidro.

As lanternas do Up local estavam disfarçadas e por isso até lembram as do antigo Fiat Idea, mas não devem ser tão verticalizadas e altas no carro de produção. A tendência é que sigam a proposta original do Up, mais curtas e salientes.

CHEGA QUANDO?
A pressa do carrinho em entrar na segurança do lar -- e escapar do clique -- foi tanta, que provocou uma pequena quebra do rígido protocolo interno da fábrica: o segurança do turno simplesmente abriu a cancela, sem fazer a esperada verificação de entrada. Segredo bom é segredo guardado?

Não para nosso leitor, que aprecia saber (e também revelar) de antemão, e em detalhes, tudo sobre as novidades do mercado automotivo. E o principal dos "detalhes" é a data de chegada. Ou pelo menos de apresentação ao brasileiro.

Fontes ligadas à Volks são categóricas ao afirmar: "Este carro não estará no Salão do Automóvel de São Paulo". Mas as mesmas fontes entregam que "um carro parecido poderá ser visto lá". Aqui vai um palpite: a Volks mantém há algum tempo (e repetirá este ano) a estratégia de manter, ao lado do estande principal da marca, um espaço menor para a Seat, sempre com algum carro de imagem. Assim, arriscamos, este carro, no Salão de São Paulo de 2012, poderia ser o Mii, o que serviria para avaliar as impressões do brasileiro.

Além disso, claro, resta saber quando o carro será fabricado e entregue às lojas no país, mas sobre isso a Volkswagen cala. As primeiras informações davam conta de que uma nova fábrica seria construída para atender o volume necessário para o Up, dilatando o prazo para o final de 2014. Essa história, porém, ficou no esquecimento, o que pode significar uma data de chegada até menor. Até porque Hyundai HB20, Chevrolet Onix e até mesmo Toyota Etios estão aí, serão atrações do salão e prometem dar trabalho ao Gol. Que vai precisar de uma mãozinha do Up o mais rápido possível. 

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie as imagens para UOL Carros, com seu nome completo, RG ou CPF, telefone, cidade de residência e local do flagrante. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

Para enviar, use o e-mail uolcarros@uol.com.br

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo