Carros

Atualizada em 18.07.2012 19h48

Volkswagen mostra Gol e Voyage reestilizados

Divulgação
Volkswagen Gol reestilizado: nova frente do líder de vendas puxou às de Fox, Jetta e Passat Imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em Florianópolis (SC)

A Volkswagen apresenta nesta terça-feira (17), em Florianópolis (SC), as reestilizações de Gol e Voyage, carros que já estavam no ano-modelo 2013. Tanto o hatch como o sedã tiveram sua dianteira alinhada com a gama mundial da fabricante alemã -- ou seja, ganharam grade e conjunto óptico retilíneos (como já tinham, no Brasil, Fox, Jetta e Passat).

A traseira dos modelos também teve alterações, com as lanternas do Gol parecendo menores que antes devido a um ressalto na quinta porta. A mudança é bem-vinda: o carro ficou parecido com o atual Polo europeu.

Já no Voyage as lanternas espicharam, passando a invadir o porta-malas, tendência mundial de design quando se trata de sedãs de maior porte (antes as lanternas limitavam-se aos paralamas).

Lançados em datas distintas em 2008 (primeiro o hatch), agora as trajetórias de Gol e Voyage ficam entrelaçadas mais fortemente. Falta ainda a Volks mexer na picape Saveiro.

Na apresentação estática dos carros a Volks preferiu não liberar os preços oficiais de Gol e Voyage, mas revistas especializadas (entre elas, a Car and Driver, parceira de UOL Carros) têm os valores desde evento anterior, específico para elas, e os colocaram no ar já nesta terça à noite. Esses preços estão reproduzidos abaixo -- e foram confirmados posteriormente pela fabricante:

GOL
1.0: R$ 27.990
1.6: R$ 31.890
1.6 I-Motion: R$ 34.490
1.6 Power: R$ 38.290
1.6 Power I-Motion: R$ 40.890
 
VOYAGE
1.0: R$ 29.990
1.6: R$ 34.590
1.6 I-Motion: R$ 37.190
1.6 Comfortline: R$ 40.890
1.6 Comfortline I-Motion: R$ 43.490
  • Divulgação

    Traseira do Gol (acima) recebeu volume na quinta porta, entre as lanternas, e ficou com jeito de Polo europeu; já o Voyage (abaixo) teve as lanternas espichadas para a tampa do porta-malas

  • Divulgação

A grande novidade técnica de Gol e Voyage é o pacote Bluemotion Technology, que, ao contrário do que acontece em modelos como Fox e Polo, não muda o desenho da grade frontal (e custa R$ 324). Ele inclui pneus de baixa resistência à rolagem, avisos eletrônicos para obter uma condução econômica (só com I-System, pago separadamente) e um certo motor 1.0 TEC, sigla de Tecnologia para Economia de Combustível. De acordo com a Volkswagen, mesmo sendo ainda um propulsor da família EA111, este é cerca de 4% mais econômico que o antecessor, o VHT de 1 litro -- que eventualmente apresentou falhas no funcionamento e obrigou a marca a convidar às oficinas cerca de 400 mil donos de Gol, Voyage e Fox. Veja os novos dados técnicos aqui (hatch) e aqui (sedã).

As versões mais caras de Gol e Voyage seguem usando o motor VHT de 1,6 litro, que pode vir conjugado à transmissão automatizada I-Motion.

De olho em concorrentes ainda não lançados e, por ora, misteriosos (mas que se anunciam muito fortes), como o Hyundai HB (nome provisório) e Chevrolet Onix, a Volks decidiu rechear Gol e Voyage desde a versão mais básica. Como destaques entre os novos itens de série, a fabricante enumera faróis escurecidos (máscara negra), cinto de segurança traseiro retrátil, grade pintada de preto, conta-giros, saídas de ar com ajustes milimétricos, vidros dianteiros com acionamento elétrico, travamento central e abertura interna da tampa do porta-malas.

O Gol oferece ainda limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro com temporizador (itens não usados em sedãs). Além disso, há detalhes que nem aparecem na lista de equipamentos, mas que mostram o desejo de um upgrade na gama dos compactos: como no Polo, um leve toque na alavanca de seta a aciona por três vezes, para breve sinalização de direção, útil numa troca de faixa; e há alerta sonoro de faróis ligados.

Freios com ABS (antitravamento) e airbags frontais são de série apenas nas versões topo de gama Power (Gol) e Comfortline (Voyage), com motor 1.6 -- mas isso terá de mudar dentro de um ano e meio, quando serão obrigatórios em todos os carros fabricados no Brasil. Ar-condicionado e direção hidráulica também são exclusividades das variações mais caras de Gol e Voyage. Há uma grande lista de pacotes de opcionais, como é praxe no caso de Volks e Fiat. Leia com atenção aqui (Gol) e aqui (Voyage).

Nesta quarta (18) UOL Carros participou de test-drive de Gol e Voyage em Santa Catarina. As impressões ao dirigir e novas fotos dos modelos vão ao ar nesta quinta-feira (19).

Com Redação, em São Paulo (SP); viagem a Florianópolis (SC) a convite da Volkswagen

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Carplace
Carplace
Carplace
Da Redação
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Carplace
Da Redação
Da Redação
UOL Carros

UOL Carros

Cristiano Ronaldo testa supercarro de R$ 7,8 milhões

Dizer que seu produto foi testado e aprovado por uma das maiores estrelas do futebol parece ser um bom argumento de vendas. Foi o que a Bugatti fez. Não que ela precise de muito esforço para vender o hiperesportivo Chiron, mas ainda assim a marca preparou um vídeo promocional em que Cristiano Ronaldo, multicampeão pelo Real Madrid, é convidado para acelerar o supercarro. O atacante experimentou o modelo de absurdos 1.521 cv de potência, capaz de fazer o 0-100 km/h em 2,5 segundos e de alcançar máxima de 420 km/h (e olha que ela é limitada eletronicamente), acompanhado do piloto de testes da marca francesa, Andy Wallace. Confira no vídeo. O próprio jogador fez marketing em cima da ação e publicou imagens do teste em seu Instagram, faturando milhares de curtidas entre seus 91 milhões de seguidores. Dono de um Veyron, antecessor do Chiron, o atual melhor jogador do mundo tem uma coleção de carrões de luxo de fazer inveja, formada por modelos da Ferrari, Porsche, Lamborghini e Rolls-Royce, só para citar algumas marcas. São alguns dos carros do craque os que aparecem ao seu lado no início do vídeo. Ao final da peça, Wallace sugere a Ronaldo que, caso ele queira "ficar com a chave" do Chiron, basta "ligar para a Bugatti?. Não se surpreenda se o goleador lusitano resolver incrementar sua coleção com o Chiron. Para isso ele terá de desembolsar modestos 2,4 milhões de euros, o equivalente a R$ 7,8 milhões.

Best Cars
AutoEstrada
Carsale
Carplace
AutoEstrada
UOL Carros - Blogs - Blog Car and Driver Brasil
UOL Carros - Blogs - Blog Car and Driver Brasil
Carpress
Carplace
Carpress
Car and Driver
Carplace
Car and Driver
Carpress
Carplace
AutoEstrada
Best Cars
Best Cars
Carsale
Carplace
Carros
Carplace
AFP
Carplace
Best Cars
Carplace
Carplace
Carplace
Best Cars
Carplace
Motos - Da Redação
Carplace
Da Redação
Carplace
Best Cars
Carpress
Carplace
Topo