Carros

Vendas de veículos na Europa têm pior resultado em oito meses

Da Reuters, em Berlim (Alemanha) e Detroit (EUA)

17/07/2012 11h58

As vendas de automóveis na Europa caíram em junho para o menor nível em oito meses, mesmo com os maiores mercados da região -- Alemanha e Reino Unido -- anotando pequenos ganhos.

Os emplacamentos nos 27 países da União Europeia caíram 2,8%, para 1,202 milhão de veículos, levando a queda nos seis meses para 6,8%, ou 6,644 milhões, informou nesta terça-feira (17) a associação da indústria, a Acea.

As vendas na Alemanha, maior economia da Europa, subiram 2,9% , para 296.722 veículos, e as do Reino Unido aumentaram 3,5%, para 189.514 veículos, de acordo com a Acea. As entregas na França ficaram quase estáveis ao cair 0,6%, para 208.909 unidades.

Grandes quedas continuaram nas economias do Sul do Europa que adotaram medidas de austeridade; as vendas na Itália despencaram 24,4%, para 128.388, e 43,3% na Grécia, para 5.527. A Espanha teve encolhimento nas vendas de 12,1%, para 73.258 carros.

A Volkswagen, a maior montadora da região, teve crescimento de 2,8% nas vendas na União Europeia, para 286.109, reduzindo a queda nos seis meses na montadora alemã para 1,5%, ou 1,591 milhão de veículos.

A francesa PSA Peugeot Citroën, que na semana passada anunciou planos de cortar 8.000 postos de trabalho e fechar uma fábrica, teve vendas 8,6% menores, de 148.172 veículos, estendendo o declínio neste ano para 13,9% (vendeu 808.660 veículos).

A norte-americana General Motors, cuja divisão europeia Opel vem registrando prejuízo há mais de dez anos, teve queda de 8,8% nas vendas, para 107.160 carros, uma queda de 10,8% nos seis meses, para 560.934 carros.

PREVISÃO
O Morgan Stanley reduziu sua projeção de vendas de veículos nos Estados Unidos em 2012 em cerca de 3% e cortou as estimativas de lucro por ação do setor norte-americano diante de um desempenho de vendas mais fraco que o esperado naquele país e na Europa.

O banco espera agora que as vendas de veículos nos EUA somem 14,4 milhões de unidades este ano, contra projeção anterior de 14,8 milhões. Em 2011, o mercado norte-americano registrou vendas de 12,8 milhões de veículos.

O ritmo das vendas de veículos nos EUA no segundo trimestre ficou pouco abaixo do esperado por analistas, segundo o Morgan Stanley. A taxa anualizada de vendas no período caiu para 14,1 milhões, ante 14,5 milhões nos três primeiros meses do ano.

A performance decepcionante, aliada à queda nas vendas e de preços na Europa, "lançou uma sombra" sobre os resultados financeiros do setor durante o segundo semestre deste ano, segundo o banco.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo