Topo

Carros

Chevrolet faz convocação total do Cruze feito nos EUA; Brasil se livra

Divulgação
Chevrolet Cruze americano corre risco de incêndio e passará por recall Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/06/2012 15h51Atualizada em 22/06/2012 16h13

A General Motors dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (22) que o sedã Chevrolet Cruze vendido no mercado norte-americano irá passar por importante recall, que abrange todos os carros fabricados por lá desde o lançamento do modelo, em setembro de 2010. Os modelos sedã e hatch fabricados e vendidos no Brasil não foram afetados pela falha.

No total,  475.418 unidades do Cruze deverão passar pela correção, que dura cerca de 30 minutos. De acordo com a marca, a convocação servirá para substituir a proteção que fica sob o motor e pode acumular óleo, provocando incêndios. A GM diz que o procedimento elimina qualquer chance do problema se repetir. 

Além do reparo principal, os técnicos da marca devem avaliar outras 249 unidades, que precisam de reforço na solda de fixação das braçadeiras do tanque de combustível. 

BRASIL LIVRE
Segundo a fabricante, apenas as unidades produzidas na unidade de Lordstown, no Estado de Ohio, vendidas nos Estados Unidos e exportadas para Canadá e Israel são afetadas -- são 413.148 unidades chamadas nos EUA, 61.299 no Canadá e 701 no país do Oriente Médio.

Isso elimina, portanto, a possibilidade deste recall ser estendido ao modelo fabricado e vendido aqui no Brasil, informou a assessoria da GM do Brasil. 

Em abril desde ano, a NHTSA (sigla em inglês para o Controle Nacional de Segurança do Tráfego Rodoviário americano) chegou a criar uma investigação sobre o caso após descobrir que duas unidades do modelo 2011 do Cruze tiveram problemas parecidos.

Apesar do chamado e da investigação, a Chevrolet diz que nenhum acidente ligados às falhas do motor e do tanque de combustível afetou seus clientes.

Mais Carros