Carros

Ministro top de Dilma anda de Corolla com mulher ao volante

Agência Brasil
Rita do Socorro ao lado de Toyota Corolla do Itamaraty: órgão tem sete mulheres motoristas Imagem: Agência Brasil

Renata Giraldi

Da Agência Brasil, em Brasília (DF)

28/05/2012 10h26

Articulada, bem-humorada e vestida de maneira elegante, Rita do Socorro Matias de Araújo, 43 anos, passa despercebida como uma das muitas funcionárias do Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, em Brasília. Mas Rita Araújo tem uma função singular: ela é a motorista do ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota. Ela é uma das sete mulheres entre os 75 motoristas do Itamaraty.

Rita Araújo é quem guia o carro do chanceler -- um Toyota Corolla -- pelas ruas e avenidas de Brasília, tentando escapar da tensão do trânsito sem burlar as leis. "Às vezes, dá um aperto no coração imaginar toda a responsabilidade que tenho. Mas o chanceler me tranquiliza, quando diz: 'Confio em você'. Isso ajuda muito", contou ela à Agência Brasil.

Rita Araújo foi transformada em motorista de Patriota foi por acaso, segundo ela. Trabalhando para o gabinete do chanceler desde 2004, ela acabou designada para ser "a motorista" do ministro -- um dos mais importantes do governo de Dilma Rousseff, que aposta alto na diplomacia -- há seis meses. Desde então, Rita Araújo relata que os olhares de curiosidade e até de desconfiança são constantes.

"Noto que os olhares são mais intensos quando estaciono o carro. Também sou mais observada quando tenho de fazer alguma manobra. É como se ficassem esperando algo. Não me aperto com mecânica. Não me lembro de ter passado uma situação mais difícil por não entender de algo", disse Rita Araújo. "Mas acho que há mais olhares de curiosidade do que de preconceito. Gosto do meu trabalho e me orgulho dele".

Para quem a observa de maneira desconfiada, Rita Araújo mostra que aprendeu lições de diplomacia com o chefe, e responde: "A direção automobilística muda muito de pessoa para pessoa. [Mas] não creio que o sexo influencie nessa atividade. É um trabalho que requer muita concentração. As estatísticas mostram que as mulheres causam menos acidentes".
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo