Carros

Toyota anuncia para maio a chegada dos luxuosos Lexus ao Brasil

Divulgação
Lexus LS 460, maior sedã da divisão de luxo da Toyota; marca vende muito nos Estados Unidos Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/04/2012 13h22

A Europa dos carros compactos sempre foi o paradigma automotivo para o Brasil moderno, ao menos até a recente explosão dos crossovers e SUVs. A inspiração no Velho Continente valia também para carros de luxo: associamos essa ideia rapidamente a um Mercedes-Benz, raramente ou nunca a um Cadillac ou Lincoln.

Mas há quem aposte numa mudança de rumo: a Toyota.

Nos dias 21 e 22 de maio, a empresa japonesa vai lançar oficialmente no país a Lexus, sua divisão de luxo que faz enorme sucesso nos Estados Unidos. Foi naquele país que ela surgiu, em 1989, e é lá que vende mais carros -- quase 200 mil em 2011, cinco vezes os emplacamentos no próprio Japão.

Os carros da Lexus são produzidos num punhado de fábricas da Toyota no Japão e numa única unidade fora do país, no Canadá. Chegariam ao Brasil onerados pelas taxas de importação e pelo IPI especial para importados. Seu portfólio nos EUA conta com 15 modelos, todos com nomes medíocres (combinações de duas letras, terminando em S para sedãs e X para crossovers/SUVs; a versão traz o tamanho do motor).

Os quatro sedãs oferecidos em território ianque partem de US$ 33.595, preço do IS básico com motor 2,5 litros, e chegam a US$ 75.480 pelo LS topo de gama, com motor V8 de 4,6 litros. Já os utilitários partem de US$ 39.075 pelo RX básico, com motor V6 de 3,5 litros, e chegam ao topo com o LX de motor V8 e 5,7 litros, cuja versão mais cara vale US$ 80.930.

Atualmente, a Lexus opera na América do Sul apenas no Chile, mercado em que todos os carros são importados. Lá são oferecidos oito modelos, inclusive três dos cinco híbridos vendidos nos EUA. No país andino, o LS 460L custa US$ 102.200, ante US$ 73.175 para os americanos.

A Tabela Fipe, padrão do mercado, traz dois modelos da Lexus encontrados como zero-quilômetro no Brasil, em importadoras independentes: o ES 350, por R$ 313.500, e o LS 460, que vale R$ 560 mil.

Esses valores devem cair com a importação oficial, mas não muito. Ou seja: quaisquer carros da Lexus que vierem ao Brasil vão concorrer com as opções das três marcas premium alemãs (o que já fazem nos EUA, diga-se): Mercedes, BMW e Audi.

O anúncio do evento de lançamento, que terá cobertura de UOL Carros, não é esclarecedor apenas sobre a estratégia da Toyota para o Brasil. Fica mais compreensível o porquê de um Infiniti M (ou Nissan Fuga) estar rodando disfarçado em São Paulo, como já relatamos. Assim como a Lexus, os EUA foram o local de nascimento da divisão de luxo da Nissan. Pode ser que, como a Lexus, a Infiniti esteja a caminho do mercado brasileiro -- que vai ficando cada vez mais americanizado.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo