Carros

Brasil deve comprar 3,6 milhões de carros em 2012; Uno é o preferido do consumidor

Murilo Góes/UOL
Uno já é o preferido do consumidor normal (pessoa física) e pode desbancar o Gol em 2012 Imagem: Murilo Góes/UOL

Do UOL, em São Paulo

01/02/2012 19h30

UOL Carros antecipou no começo da manhã desta quarta-feira (1º), por meio de dados de seu colunista Joel Leite (autor do blog O Mundo em Movimento), que as vendas de carros novos totalizadas no mês de janeiro haviam sido as melhores da história para o período. A alta de quase 10% nos emplacamentos, em relação a 2011, foi confirmada no final da tarde pela Fenabrave, a federação dos revendedores, assim como a liderança da Chevrolet, que deixou Fiat e Volkswagen para trás. A euforia, porém, extrapola os 32 dias transcorridos e já há (extremamente) prematuro prognóstico de novo recorde anual para quando 2012 terminar, daqui a 11 meses.

A visão positiva proporcionada por um setor automotivo brasileiro que coleciona recordes foi parar até no noticiário econômico americano. A agência Dow Jones, ligada à bolsa de valores de Nova York, destacou que o Brasil poderá consumir quase 3,6 milhões de automóveis e veículos comerciais leves este ano. A previsão de aumento para 2012 feita pela Fenabrave é de 4,5% em relação ao último ano, quando foram emplacados 3,43 milhões de unidades. 

Se estabelecida a marca, o novo recorde histórico seria o quarto consecutivo do setor e isso, vale ressaltar, num momento em que o restante da indústria nacional fala em desaceleração e o governo tenta achar formas de segurar o consumo. A mostra de força do setor iria além: lá fora, a Europa pressente um ano difícil (sobretudo na França e na Itália), enquanto os Estados Unidos falam em ter um ano bom, mas com moderação.

NÚMEROS
O balanço de janeiro da Fenabrave, que pode ser conferido aqui, aponta uma venda de 196.206 carros de passeio no primeiro mês do ano. Somadas as 56.491 vendas de veículos comerciais leves, como picapes e SUVs, o total de automóveis emplacados chega a 252.697 -- mais de 11.400 carros vendidos por dia útil, outro recorde para o setor.

No total da indústria -- incluindo caminhões, ônibus, motos (que já tiveram um janeiro melhor que o atual) e veículos agrícolas, foram 424.746 emplacamentos no período.

CONSUMIDOR COMUM PREFERE UNO
Em dezembro, o Fiat Uno começou a incomodar realmente o reinado do Volkswagen Gol em dezembro, conseguindo inclusive tomar a liderança do ranking mensal de carros mais vendidos. Agora, porém, o jogo voltou a ficar (um pouco mais) favorável ao modelo da marca alemã em janeiro. Mas há sinais claros de que a briga será ferrenha ao longo do ano, podendo até mesmo definir um novo e definitivo vencedor. 

Em números absolutos, Gol G5 e Gol G4 (a Fenabrave unifica a venda de ambos em sua contagem) emplacaram 19.050 unidades e se posicionaram à frente de Uno e Mille (também somados pela entidade), com 17.718. O Uno, porém, já é o preferido do consumidor comum: foram 13.878 unidades emplacadas por pessoas físicas, contra 12.529 do Gol. Este lidera entre frotas de pessoas jurídicas -- o velho Gol G4 conta muito neste segmento: são 6.517 emplacamentos, quase o dobro das vendas da Fiat (3.840).

FABRICANTES
A Chevrolet foi a marca mais vendida do Brasil no primeiro mês de 2012, com 52.850 unidades entregues, tirando provisoriamente a liderança da Fiat. A margem, porém, é quase irrisória, uma vez que a montadora de Minas Gerais entregou 51.902 carros (menos de mil veículos a menos). Em terceiro aparece a Volkswagen, mas também dentro do bolo, com 51.058. 

Ford (22.204 unidades), Renault (16.610), a surpreendente Nissan (8.387), Toyota (7.719), Hyundai (7.653), Honda (6.067) e Citroën (5.873) completam o ranking das dez mais na abertura do ano.

MAIS VENDIDOS
O trunfo da Chevrolet está na boca de todos: o sedã Cobalt foi destaque entre os carros feitos para a nova classe C do país, com 5.906 unidades entregues (10º mais vendido do país), quase cinco vezes mais que seu principal concorrente, Nissan Versa (com 1.581 unidades). Muitos apontariam ainda a participação do médio Cruze (2.662 emplacamentos), mas o campeão da marca da GM é um velho conhecido, o hatch compacto Celta, que teve 19.050 unidades emplacadas no período (terceiro no pódio). 

Considerando emplacamentos de carros de passeio e comerciais leves, os 15 modelos mais vendidos do país são em janeiro foram: 

1. Volkswagen Gol - 19.050 unidades
2. Fiat Uno/Mille - 17.718
3. Chevrolet Celta - 12.857
4. Fiat Palio - 11.389
5. Chevrolet Corsa sedã/Classic - 9.633 
6. Volkswagen Fox/CrossFox - 9.544
7. Ford Fiesta - 6.881
8. Fiat Strada - 6.828
9. Volkswagen Voyage - 6.404
10. Chevrolet Cobalt - 5.906
11. Renault Sandero - 5.846
12. Chevrolet Agile - 5.430
13. Volkswagen Saveiro - 5.250
14. Fiat Siena - 4.153
15. Ford Ka - 4.047

A lista acima é feita quase que exclusivamente de veículos compactos -- o médio-compacto Cobalt é o único estranho no ninho. Assim, é necessário apontar alguns destaques em categorias maiores:

- Hatches médios: Hyundai i30 vendeu 1.867 unidades, contra 1.472 do Ford Focus.
- Sedãs médios: Toyota Corolla, 3.626; Chevrolet Cruze, 2.662; Volkswagen Jetta, 2.094; Renault Fluence, 1.426; Honda Civic, 1.374.
- Picapes médias: Toyota Hilux, 3.049; Chevrolet S10 (que muda este mês), 2.162; Mitsubishi L200, 1.879.}
- SUVs: nem EcoSport, nem Duster. O líder foi o Honda CR-V, com 2.310 unidades. O modelo da Ford emplacou 2.163, contra 2.031 do Renault.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo