Topo

Carros

Kia Soul passa pela primeira plástica aos dois anos de vida

Divulgação
Kia Soul 2012: mudanças leves no modelo propagandeado como "carro design" Imagem: Divulgação

Da Redação

07/11/2011 19h07Atualizada em 07/11/2011 21h22

A Kia anuncia o primeiro face-lift do Soul desde lançamento, em 2009. O modelo, que é definido pela fabricante como "carro design", ganhou retoques visuais e nova transmissão, agora de seis velocidades, nas versões manual ou automática. As concessionárias Kia recebem o carro renovado a partir da primeira quinzena de novembro.

Entre as principais mudanças estéticas na parte externa do Soul estão os novos desenhos das rodas de liga leve de aros 16" e 18", além de alterações nos para-choques dianteiro e traseiro, faróis de neblina, lanternas traseiras, grade do radiador, grade inferior do parachoque dianteiro e novo desenho e posicionamento das lanternas refletivas no para-choque traseiro, de acordo com a descrição da marca.

Mas, claro, o principal diferencial do Soul são as formas de multivan mescladas às de SUV, o que libera a Kia para defini-lo como "crossover".   

No interior do carro, as alterações foram no acabamento do volante e do console de câmbio, na logotipia "Soul" presente nos encostos dos bancos e nos forros das portas, além de novo desenho de itens do painel de instrumentos. A troca de marchas passa a ser indicada no painel até na versão manual, diz a assessoria da Kia.

O Soul é vendido em cinco configurações, sendo que o pacote básico, apesar de não ter itens fundamentais como freios com ABS/EBD, já oferece uma boa quantidade de mimos. Os preços partem de R$ 54.500; com câmbio automático, o pacote mais em conta vale R$ 65.400. Os preços estão sujeitos a alterações a partir de meados de dezembro -- quando entra em vigor, para valer, o IPI mais alto para carros importados.

O motor continua a ser a unidade flexível de 1,6 litro, capaz de gerar 122/128 cavalos de potência com gasolina/etanol.

Este ano, até o final de outubro, foram emplacados no Brasil 15.793 unidades do Soul, que é categorizado pela Fenabrave (federação das concessionárias) como monovolume -- no segmento, perde de Honda Fit, Fiat Idea e Chevrolet Meriva, mas consegue ficar à frente do Nissan Livina. Caso essa definição não seja satisfatória, há um número mais eloquente sobre o desempenho do modelo: a Kia emplacou no mesmo período 67.360 carros no Brasil. Ou seja, 23% das vendas da sulcoreana no país são por conta do Soul.
 

Mais Carros