Carros

Nova geração do Palio será lançada em 4 de novembro

Carsale
Este é o Fiat Palio 2012: mas também pode chamá-lo de "Puntalio" (ou "Paliunto") Imagem: Carsale

Da Redação

10/10/2011 11h28

A Fiat vai lançar o novo Palio entre os dias 4 e 6 de novembro num megaevento em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, Estado-berço da marca no Brasil. Além do carro, o mote da festa -- que terá um show em praça pública, aberto a todos -- são os 35 anos de instalação da Fiat no Brasil, comemorados em 9 de julho último.

O novo Palio chega ao Brasil como a mudança mais radical no compacto em anos. Fotos vazadas por concessionários da Fiat, que viram o carro numa convenção na Grécia, mostram a grande semelhança com o Punto, modelo um degrau acima do Palio na gama local da marca italiana. A dianteira é, em linhas gerais, a mesma, em escala menor. Na traseira, as lanternas foram verticalizadas, com um elemento arredondado nas extremidades inferiores -- lembram um pouco as do Renault Sandero.

Isso parece um detalhe, mas na verdade serve como um RG da divisão de classes no portfólio da Fiat: Novo Uno, Palio e Punto têm lanternas verticalizadas; Linea, Bravo e Freemont, mais caros, têm peças horizontais. O Mille, que sobreviverá talvez mais dois anos, nem entra nessa história.

A reforma no Palio pode ser entendida como uma mudança de geração devido à forte mudança no visual e a um ligeiro aumento nas dimensões, segundo informações do site Autos Segredos -- os motores disponíveis, no entanto, são os mesmos 1.0, 1.4 EVO e 1.6 Etorq da atual gama, que deve ganhar, além das versões Attractive e Essence, a Sporting (com motor 1.6).

Dois mistérios permanecem: os preços de tabela do novo Palio e a manutenção, ou não, da atual carroceria numa versão pé-de-boi do modelo. Esta faria o papel hoje cumprido pelo Palio Fire, cujo visual já está superado por dois facelifts do modelo. Sem esquecer, ressalve-se, que o Palio Fire já está no ano-modelo 2012.

Canibalizado pelo Novo Uno, que em dupla com o Mille alcançou a vice-liderança nas vendas nacionais, o novo Palio terá a dura missão de recuperar ao menos este mesmo segundo lugar, que durante anos foi seu, na cola do eterno líder Volkswagen Gol. No mês passado, o Palio foi o 8º carro mais vendido no Brasil. No acumulado do ano, está em sétimo -- e o Gol já vendeu o triplo dele.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo