Topo

Carros

Mazda compra passagem de volta ao Brasil, onde quer vender SUV CX-5

Newspress
Mazda CX-5: crossover tem identidade oriental e passaporte carimbado para o Brasil Imagem: Newspress

EUGÊNIO AUGUSTO BRITO

Enviado especial a Frankfurt (Alemanha)

14/09/2011 23h12

A principal atração da japonesa Mazda no Salão de Frankfurt é o lançamento do SUV compacto CX-5, do mesmo porte de Volkswagen Tiguan e Hyundai ix-35 e espaço para cinco pessoas, voltado aos mercado europeu e norte-americano. Nos bastidores do estande, porém, UOL Carros conseguiu obter a informação de que o modelo também seria ideal para nosso mercado e deve ser vendido no Brasil, com o retorno da marca ao país.

A ação de retomada das atividades começou há cerca de quatro meses, afirmaram alguns executivos da Mazda, e envolvem a coordenação dos centros de design da marca japonesa na Europa e das novas unidades no México (centro local de desenvolvimento de produtos e fábrica), de onde os carros da marca devem ser exportados para abastecer a América Latina e o Brasil.     

De acordo com o site Carsale, a Mazda já iniciou até mesmo o processo burocrático para oficializar seu retorno ao país, ao contatar a Abeiva (Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores).

Segundo Gregory Young, coordenador de comunicações corporativas da Mazda, a importação via México, com isenção de impostos, é fundamental para concretizar o retorno. A expectativa de que tudo funcione é tamanha, que Young afirmou já ter "passagem comprada para o próximo Salão do Automóvel de São Paulo" -- a próxima edição do evento acontece em outubro de 2012.

Na década de 1990, a Mazda teve representação no país, com venda de seis modelos, que durou até 2000.

QUAIS CARROS
Com 4,54 metros de comprimento, 1,67 m de altura e 2,70 m de espaço entre-eixos, o CX-5 terá, na Europa, opções de motor 2.0 a gasolina de 165 cavalos (com tração dianteira) ou 160 cv (com tração integral), com câmbios manual ou automático de seis marchas, além de duas opções a diesel.

Outros dois prováveis modelos para o mercado brasileiro são o compacto Mazda2, que compartilha plataforma com o Ford New Fiesta, e o médio Mazda3, com mesmo porte e arquitetura do Ford Focus.

O jornalista Eugênio Augusto Brito viaja a convite da Anfavea

Mais Carros