Carros

Fulwin 2, em homologação para o Brasil, deverá custar R$ 35 mil e mudar de nome

Guilherme Loezer/UOL
Sedã compacto da Chery estreia no Brasil em 2012 e terá motor flex Imagem: Guilherme Loezer/UOL

RODRIGO LARA

Da Redação

12/09/2011 18h32

Aos poucos, mais modelos chineses chegam ao mercado nacional. A Chery, que pretende inaugurar uma fábrica no país em 2013, já colocou unidades do sedã compacto Fulwin 2 em processo de homologação no Brasil.

COMO ELE É NA CHINA

  • Divulgação

    O Fulwin 2, apresentado no Salão de Pequim de 2009, traz linhas limpas, com um conjunto óptico dianteiro grande e vincos discretos pela lataria

Uma delas foi flagrada no início deste mês pelo leitor Guilherme Loezer em Campos do Jordão, interior de São Paulo. Dotado de placas verdes (usadas pelas fabricantes), o carro não tinha qualquer disfarce, sendo possível até observar o seu interior.  

De acordo com a assessoria da Chery, o Fulwin 2 deve estrear no ano que vem, ainda sem data definida. É bem provável que o nome do carro seja mudado, já que a pronúncia se assemelha à de "fuinha", pequeno mamífero que se assemelha a um furão, mas também sinônimo de pessoa avarenta ou intrometida.

O Cielo, primeiro carro da Chery no Brasil, também mudou de nome para ser vendido aqui, porque na China se chama A3, mesmo nome do hatchback da Audi. 

O preço do carro também não está definido, mas -- novamente de acordo com a assessoria da marca -- deverá girar em torno de R$ 35 mil, o que o colocaria em rota de colisão com o conterrâneo JAC J3 Turin e sedãs compactos nacionais como Volkswagen Voyage e Fiat Siena, que têm versões nessa faixa de preço.

MAIS FOTOS DO FULWIN2

  • Guilherme Loezer/UOL

    O Fulwin2 tem aspecto "gordinho", reforçado elo posicionamento das lanternas traseiras, na extremidade da carroceria e fora do porta-malas

  • Guilherme Loezer/UOL

    O interior conta com painel dividido em dois tons e estofamento em cor clara, o que contrasta com o gosto do brasileiro por revestimentos escuros


Para rodar no Brasil, a principal modificação que o Fulwin2 sofrerá é a adoção de um motor com tecnologia bicombustível no lugar do atual 1.5 a gasolina.

Além do sedã, a Chery também prepara o lançamento do S18. O compacto chega ao Brasil ainda este ano, e será o primeiro chinês a ostentar um motor flex, no caso uma unidade de 1,3 litro. O S18 é um pouco maior que o QQ e, portanto, deve vir com preço superior ao subcompacto, situando-se entre ele o Face.

Se você fotografar ou filmar um carro diferente e/ou camuflado, envie as imagens para UOL Carros. A critério da Redação, elas podem ser publicadas, sempre com o devido crédito ao autor. Não há remuneração.

Para enviar, use o e-mail
l-uolbr-carros@uolinc.com.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo