Carros

Chevrolet Cruze já está nas lojas em versão mais cara de R$ 83.700

Bangkok International Motorshow
Gostou da novidade? Prepare-se para pagar caro por ela, ao menos por enquanto Imagem: Bangkok International Motorshow

RODRIGO LARA
EUGÊNIO AUGUSTO BRITO

Da Redação

05/09/2011 17h09

A General Motors faz os últimos acertos para seu lançamento mais importante do ano: o sedã Chevrolet Cruze, substituto do Vectra, será apresentado à imprensa automotiva brasileira entre os dias 9 e 12, na Alemanha -- conforme UOL Carros adiantou em julho, a marca vai aproveitar a presença de jornalistas que vão ao país cobrir o Salão de Frankfurt. A novidade, porém, é que o carro já está na rede de concessionárias pelo Brasil e pode ser encomendado por preços entre R$ 79.600 e R$ 83.700. Há ainda um catálogo mais em conta, partindo de R$ 66 mil, que só deve aparecer nos pátios mais tarde, após a chegada oficial. 

Disposta a bater de frente com as japonesas Honda e Toyota, a alemã Volkswagen e, agora, com a coreana Hyundai nesse importante segmento, a Chevrolet resolveu adiantar a remessa das unidades mais caras (mais vistosas, equipadas e, por isso, chamativas) às lojas. Segundo UOL Carros apurou, boa parte das revendas já conta com a versão top do sedã, a LTZ com motor de 1,8 litro, 16 válvulas, bicombustível, de 144 cavalos de potência com etanol, gerenciado por câmbio automático de seis marchas, para pronta entrega. Nesse primeiro momento, há apenas duas cores disponíveis: preta e branca.

Nessa configuração, o carro conta com trio elétrico, direção assistida, seis airbags, bancos de couro, central multimídia e rodas aro 17 polegadas, entre outros itens. Com pintura branca, sai por R$ 82.700, subindo para R$ 83.700 na cor preta. Os valores podem ser considerados elevados, embora dentro do praticado por alguns rivais.

  • Divulgação

    Acima, interior do Cruze vendido no restante do mundo. Como carro mundial, sedã fabricado em São Caetano do Sul (a princípio, com grau menor de nacionalização) deve ter o mesmo padrão

E O LT?
Além da versão LTZ, o Cruze nacional, que já é fabricado em São Caetano do Sul (embora ainda conte com algumas peças importadas), seguirá o atual padrão da Chevrolet e contará com a versão LT, mais barata. De acordo com funcionários de algumas concessionárias procuradas, um Cruze LT equipado com câmbio automático e banco de couro deve chegar em breve com preço "por volta de R$ 79.600". Há ainda a informação de que o Cruze mais em conta, com câmbio manual também de seis marchas, deve partir dos R$ 66 mil, mas sua chegada, ainda não confirmada, ocorre apenas na quinzena final de setembro.  

SEDÃ EM ALTA
Todas as unidades procuradas pela reportagem forneceram o mesmo "relatório" quanto à procura pelo sedã: "há uma grande procura por informações sobre o carro". Em uma rede de lojas da Zona Sul da cidade, a lista de interessados já chegava a 80 pessoas.

Segmento mais movimentado da indústria nacional no ano, o nicho dos sedãs teve a chegada do novo Toyota Corolla (com mais equipamentos, mas visual semelhante), nova geração do Volkswagen Jetta, novo Peugeot 408 e novo Renault Fluence. O mais novo concorrente, anunciado na última anterior, é o coreano Hyundai Elantra, que volta ao país com sua mais recente geração custando de R$ 68.700 a R$ 81.200, disposto a apagar o passado pouco glorioso (o carro esteve entre nós na década de 1990) e vender tanto quanto o hatch i30.  

UOL Carros estará na Alemanha para acompanhar o lançamento oficial do Cruze. A GM promete um respeitável test-drive entre algumas cidades do país, o que permitirá a publicação de uma avaliação completa do modelo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo