Topo

Carros

Ford convoca 1,2 milhão de picapes nos EUA por defeito no airbag

Divulgação
Na imagem, picape Ford F-150 modelo 2006 incluída no recall Imagem: Divulgação

Da Redação, com agências internacionais

14/04/2011 14h22Atualizada em 15/04/2011 13h58

A Ford anunciou nesta quinta-feira (14) o recall de quase 1,2 milhão de picapes F-150 fabricadas entre os anos de 2003 e 2006 nos Estados Unidos, para verificação e reparo do sistema de airbags. A convocação atual amplia a notificação feita em fevereiro para que 144 mil picapes comparecessem às concessionárias. O Brasil, no entanto, não foi atingido pela convocação, segundo a assessoria de imprensa local da fabricante, já que os modelos com defeito não teriam sido comercializados por aqui.

Além das unidades da F-150, o automóvel mais vendido nos Estados Unidos, a convocação se estende ao modelo Lincoln Mark LT, a versão da picape feita pela divisão de luxo da Ford.

Segundo a National Highway Traffic Safety Administration, a agência americana de segurança automotiva e de trânsito, a convocação servirá para reparar possíveis casos de curto-circuito na fiação que podem levar ao disparo do airbag instalado no volante. Em 2010, 323 consumidores formalizaram reclamação sobre o defeito, que teria provocado ferimentos em pelo menos 66 pessoas.

Ainda assim, de acordo com a agência "Automotive News", o recall ocorre de forma voluntária, ou seja, sem que a fabricante tenha sido obrigada pela Justiça ou pela agência reguladora, que até o momento não consideram que a falha compromete a integridade do veículo e a segurança dos ocupantes.

Em comunicado, a fabricante afirma que ter estendido o recall "ao resto da frota de F-150, ou seja, 1,19 milhão de veículos construídos entre 2003 e 2006, para garantir a nossos clientes o nosso compromisso com a segurança".

Mais Carros