Carros

Volks lança Novo Jetta para ser 'Borão' e 'Passatinho'

Claudio de Souza/UOL
Volkswagen Jetta 2.0 na versão Highline: visual é mais pacífico que o anterior Imagem: Claudio de Souza/UOL

CLAUDIO DE SOUZA

Editor de UOL Carros
Em Mogi das Cruzes (SP)

24/03/2011 22h33Atualizada em 25/03/2011 14h32

A Volkswagen apresentou na noite desta quinta-feira (24) o Novo Jetta, sedã importado que, no Brasil, vai substituir dois carros da marca: o Bora e a geração anterior do próprio Jetta, da qual difere bastante. Para isso, a fabricante alemã "vestiu" a carroceria do novo modelo em dois motores já bem conhecidos: o 2.0 bicombustível de 120 cavalos (com etanol) que movia o Bora e o 2.0 TSI de 200 cavalos a gasolina e com turbocompressão usado no Passat -- sedã que está um degrau acima no portfólio da Volks. Levando em conta as dimensões e os preços do Novo Jetta, na prática ele assume os papéis de "Borão" e "Passatinho".

O truque de mercado da Volks é simples: oferecer apenas duas versões do Novo Jetta, Comfortline e Highline, com um abismo de quase R$ 20 mil entre elas. Além dos motores, esse gap pode ser atribuído às transmissões e até mesmo aos sistemas de suspensão, tudo bem mais simples no "Borão" (Comfortline) que no "Passatinho" (Highline).

Fica assim a gama do Novo Jetta:

Jetta Comfortline 2.0 manual -- R$ 65.755
A versão de entrada traz de série ar-condicionado manual, quatro airbags, freios com ABS (antitravamento) e ASR (antiderrapagem), ajuste de altura nos bancos de motorista e passageiro, porta-luvas refrigerado, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, ajuste total da coluna de direção, sistema de som com seis alto-falantes e conectividade com aparelhos externos, rodas de liga-leve de 16 polegadas com pneus 205/55, faróis de neblina e descansa-braços dianteiro e traseiro. Os opcionais incluem ar-condicionado Climatronic (digital e com duas zonas de resfriamento), cruise control, bancos em couro, rodas aro 17, sensores de chuva e crepuscular, tela central touchscreen multifunção e teto solar. O câmbio manual é de cinco marchas, e a suspensão traseira é semi-independente, com barra estabilizadora.

JETTA TIRA O RG DA VOLKSWAGEN

  • Claudio de Souza/UOL

    Novo Jetta foi alinhado à atual identidade mundial da Volks: na traseira, lanternas retilíneas (acima)...

  • Claudio de Souza/UOL

    ... e no interior, volante multifuncional e painel que podem ser encontrados até no compacto Fox.

    Objetivo é criar um estilo próprio para marca, além de diminuir custos de produção. De toda forma, a pasteurização é efeito colateral inevitável.

Jetta Comfortline 2.0 automático -- R$ 69.990
O mesmo pacotão de série do carro manual, mas com transmissão Tiptronic de seis velocidades. O opcional extra é o shift paddle, aletas atrás do volante para troca de marchas.

Jetta Highline 2.0 TSI automático -- R$ 89.520
O recheio da versão parte do pacote da Comfortline, melhorando-o com mais dois airbags (de cabeça), controle eletrônico de estabilidade (ESP), direção com assistência Servotronic e rodas de 17 polegadas, e tornando de série itens como ar Climatronic, tela multifunção e shift paddle; rodas diamantadas, teto solar e ajuste elétrico dos bancos são opcionais.

Em termos de refinamento mecânico, a versão top tem suspensões independentes nas quatro rodas, e o câmbio é um DSG automático de seis velocidades. Dotado de embreagem dupla, minimiza a perda de torque entre as marchas, entregando trocas mais suaves e rápidas que as de sistemas de embreagem única. 

BRIGA BOA PELA FRENTE
Agora que possui versões em duas faixas de preço tão distintas, o Jetta se credencia para brigar de verdade no importante segmento dos sedãs médios (o carro da Volks tem 4,64 metros de comprimento), batendo de frente e de forma competitiva com todas as versões de Toyota Corolla e Honda Civic, hoje os players mais importantes. O primeiro sedã japonês parte de R$ 63.570 e vai até R$ 86.570, e acaba de sofrer um facelift; o segundo vai de R$ 66.660 a R$ 86.750 e deve mudar bastante ainda este ano. Outros rivais importantes são Renault Fluence, Peugeot 408, Citroën C4 Pallas e o futuro Chevrolet Cruze.

O diferencial do Novo Jetta em relação à concorrência é a herança de uma certa aura esportiva da geração anterior, que possuía um instigante motor 2.5 de 170 cavalos e cinco cilindros, além de um visual bem mais agressivo que o da "frente única" da nova identidade da Volkswagen. Veja os detalhes no álbum de fotos:

Esta uniformizou (um pouco à moda da Audi) parte da gama da marca, e por isso não é difícil confundir o Novo Jetta com o Fox quando ambos são vistos de frente. O conjunto óptico completando a grade frontal retilínea é o aspecto mais evidente dessa assinatura de estilo -- e com ele foi-se embora a "maldade" do Jetta antigo. Mas o respeitabilíssimo motor turbo promete emoções pouco comuns no segmento dos sedãs médios.

A Volkswagen também cuidou de melhorar o espaço interno do Jetta, muito criticado na geração anterior. Agora o entre-eixos é de corretos 2,65 metros, 7,3 cm mais do que antes (ou seja, o entre-eixos era realmente exíguo). O carro inteiro foi espichado em 9 cm. Segundo a fabricante, esse incremento foi possível porque agora o Jetta não é mais produzido como uma variação do Golf V (ou seja, um sedã partindo de um hatch). No entanto, a plataforma ainda é a PQ35.

A marca alemã espera que a versão mais barata do Novo Jetta responda por 70% das vendas do modelo. No ano passado, os emplacamentos do Jetta chegaram a 2.176 unidades, e os do Bora, a 1.973. Dados mais recentes, de 2011, estão distorcidos pela interrupção da fabricação do Bora e pela diminuição da importação e dos estoques do Jetta 2.5. Os dois modelos também eram importados do México.

Viagem a convite da Volkswagen do Brasil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo