Carros

Honda anuncia recall mundial de 700 mil veículos da família Fit

Da Redação

Em São Paulo*

17/02/2011 09h09

 A fabricante Honda anunciou nesta quinta-feira (17) que fará um recall de quase 700 mil unidades dos modelos Fit (hatch, também conhecido como Jazz em alguns mercados, como o europeu), City (sedã) e Freed (monovolume) em mundo todo, exceto Europa, por um defeito em uma válvula que pode causar a parada do motor. O defeito, no entanto, não atinge modelos fabricados e vendidos no Brasil, informa a marca em nota oficial (leia a nota completa mais abaixo).

MODELOS AFETADOS

  • Divulgação

    O recall anunciado hoje afeta modelos 2009 e 2010 do hatch Fit (acima), do sedã City (abaixo)...

  • Divulgação

    ... e do monovolume Freed (abaixo), jamais vendido no Brasil. Apesar dos dois primeiros modelos serem comercializados por aqui, a Honda local descartou a ocorrência de problemas com motores de carros fabricados no país.

  • Divulgação

O problema nos modelos Fit, City e Freed se refere a uma válvula que exerce pressão inadequada dentro do motor, podendo levar à parada do motor em movimento (principal motivo para levar ao recall, por implicar em risco grave à segurança) ou impedir que ele arranque, além de causar um barulho incomum, segundo a empresa. Os modelos brasileiros do Fit e City, por terem motores diferentes (flex), desenvolvidos localmente e com tecnologia diferenciada, estariam livres do defeito.

De acordo com a agência EFE, uma porta-voz da Honda informou que o recall atinge um total de 693.497 unidades modelos 2009 e 2010, após 72 reclamações registradas no Japão, embora nenhuma acidente tenha sido registrado, segundo a fabricante. Dividindo o chamado por região, são 121 mil veículos na América do Norte, 156 mil na China, 167 mil no Japão, 232 mil no resto da Ásia e Oceania, cerca de 6 mil veículos na América do Sul e um "mínimo" de unidades no Oriente Médio e África.

HISTÓRICO
Em outubro do ano passado, o fabricante japonês já fez um recall de mais de 126 mil unidades do City e do Fit no Brasil para reparar componentes que poderiam levar a um problema no sistema de aceleração. Em janeiro de 2010, a Honda já havia convocado um recall mundial de 646 mil veículos dos modelos Fit/Jazz e City no mundo por causa de um acionador de vidro elétrico defeituoso, após a morte de uma criança presa num carro que se incendiou.

* Com agências

NOTA OFICIAL PARA O BRASIL
Leia abaixo a nota oficial da Honda do Brasil, que descarta inicialmente a abrangência do recall atual para o país:
 
Recall mundial da Honda não atinge modelos comercializados no Brasil  - 17/2/2011 07:45 

A Honda Automóveis do Brasil informa que o anúncio realizado pela Honda Motor Co. a respeito do recall da ‘quebra da mola do movimento perdido’ dos modelos Honda Fit/Jazz, Honda City e Honda Freed não se aplica aos automóveis produzidos e comercializados no Brasil.

Os modelos brasileiros, New Fit e City, possuem motorização bicombustível (FLEX) e têm características de construção diferentes dos veículos afetados por esta campanha de recall, que atinge exclusivamente os motores a gasolina.

Foi constatado que, em razão do deslocamento lateral da mola do movimento perdido do comando variável de válvulas do motor em relação ao seu suporte, poderá ocorrer uma interferência entre a espira da mola e a extremidade do suporte dos motores a gasolina.

Serão substituídos o retentor e a mola do movimento perdido. O novo retentor terá uma diminuição da rugosidade para melhorar o deslizamento da mola. A mola será construída com material mais resistente.

Informações adicionais podem ser obtidas no Serviço de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800-017-1213.

Modelos envolvidos

- Honda Fit / Jazz ano/modelo 2008 a 2010
- Honda City ano/modelo 2009 e 2010
- Honda Freed ano/modelo 2009 e 2010

- Quantidade de unidades envolvidas: 693.497 veículos

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo