Carros

Novidades automotivas deixam o esporte em segundo plano no Super Bowl

Da Redação

Em São Paulo

06/02/2011 16h54

A indústria automotiva foi um dos motores da economia mundial em 2010 e dá mostras de que continuará impulsionando nações em 2011. Uma dessas provas de força se estende ao longo desse semana e seu ápice deve ocorrer neste domingo (6) tendo como origem os Estados Unidos, mas com reflexos em todo o globo, onde quer que haja um aparelho de TV sintonizado no Super Bowl, a decisão do campeonato de futebol americano (aquele esporte com atletas brutamontes correndo atrás de uma bola oval).

Volkswagen mostra 'a força' do novo Passat norte-americano

  • Acima, o comercial "A Força", o mais comentado e visto do Super Bowl

Considerado um dos maiores eventos televisivos do mundo, o Super Bowl reúne em seus intervalos comerciais apenas o fino da publicidade. E, de acordo com analistas gringos de mídia, as principais e mais faladas peças publicitárias desta decisão são sobre carros. O mais falado de todos, com mais de 12 milhões de acessos à prévia divulgada no YouTube e em outros serviços de difusão de vídeo pela internet e outros tantos comentários e "aprovações" em serviços sociais, é o comercial chamado "A Força", da Volkswagen, que mostra um garoto fantasiado de Darth Vader (o vilão da franquia "Star Wars") e seu enfrentamento com a "vida normal" e com o novo Passat americano. Além desse vídeo, que monopoliza as atenções, a marca alemã também deve divulgar um teaser da nova geração do New Beetle, mas com menos estardalhaço.

O elenco de atrações propagandísticas do evento ainda conta com outras marcas alemãs ou com influência alemã: a Audi mostra um fim de dia aristocrático ao apresentar seu mais luxuoso sedã, o A8, com direito a "boa noite" para o rival Mercedes Classe S; a Mercedes retribui mostrando clássicos de seus 125 anos de história e o que virá a seguir; a BMW faz mistério e deve divulgar apenas nos intervalos do jogo os vídeos da nova geração de seu X3, SUV fabricado nos Estados Unidos, e do Mini Countryman; e, por fim, a Kia, marca sul-coreana mas que tem sua atual fornada de veículos desenhada na Europa sob a batuta do alemão Peter Schreyer (ex-Audi), mostra seu sedã médio Optima numa mistura maluca de referências típica do cinema de Hollywood.

HYUNDAI QUER HIPNOTIZAR PÚBLICO

  • Acima, comercial do novo Hyundai Elantra

Os comerciais automotivos lideram a lista dos 50 mais comentados e vistos nos EUA, com o da Volkswagen, da Chervolet (com o nervosinho Camaro de "Tranformers") e da Mercedes-Benz figurando nas três primeiras posições e outros cinco entre os 25 mais.

Há que se destacar, também, uma prata da casa: a norte-americana Chrysler, após quase sucumbir à crise econômica, da qual se livrou apenas por conta da quase assimilação pela italiana Fiat, traz a peça mais cara do evento. Segundo informações da mídia local, o comercial que evoca a "era de ouro" e clama pela volta do "estilo e do glamour perdidos" -- numa retomada do enredo apresentado durante o Salão de Detroit, em Janeiro -- teria custado US$ 12 milhões, cifra que se confirmada pode convertê-lo no mais caro da história.

Para o público brasileiro fica, além da diversão proporcionada pelas propagandas que você pode assistir clicando aqui, a certeza de que boa parte dos lançamentos estarão rodando (ou já rodam, no caso do Chevrolet Camaro e do Mini Countryman) por aqui: Kia Optima, Chrysler 300 2011, BMW X3 2011 e Hyundai Elantra devem pintar em breve, enquanto a força do Passat deve aparecer de outra forma -- o Brasil deve receber a versão europeia, menor que a americana, no segundo semestre.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo