Carros

Números mostram que Gol atravessa mais um ano na liderança isolada

Divulgação
Gol na versão Rallye, a mais recente do compacto: hegemonia tremeu, mas não caiu Imagem: Divulgação

Da Redação

01/12/2010 20h16

Atualizada à 0h33 de 2/12

Os emplacamentos de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motos, implementos rodoviários e outros meios de transporte) cresceram 10,7% no acumulado de janeiro a novembro de 2010 em comparação com o mesmo período de 2009. Em números absolutos, foram licenciados nos últimos 11 meses 4.851.165 unidades, ante 4.382.072 no ano passado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (1) pela Fenabrave, entidade que reúne os distribuidores de veículos no Brasil.

Na comparação mensal, novembro também trouxe crescimento. Foram vendidas 498.143 unidades, contra 463.763 em outubro, cravando uma alta de 7,41%.

Tomando em separado os emplacamentos de automóveis e comerciais leves (o que inclui picapes e SUVs), estes cresceram 8,66% no acumulado de 11 meses, com um total de 2.967.760 unidades contra 2.731.286 em 2009. No cotejo mensal, o avanço foi de 8,28%: foram licenciadas 311.318 unidades, contra 287.518 unidades em outubro.

Esses números fizeram com que novembro batesse o recorde de emplacamentos diários de autos e comerciais leves, com média de 15.575 licenciamentos por dia. No geral, o mês passado foi o 2º melhor da história da indústria automotiva.   

O segmento de caminhões registrou o melhor acumulado anual da história, com 140.157 unidades. Já o de motocicletas somou 1.606.462 unidades até o final de novembro, ante 1.451.212 unidades em igual período de 2009 -- crescimento de 10,7%.

O ano de 2010 deve se encerrar com cerca de 5.230.000 veículos emplacados. O aumento seria de 19,4% em relação a 2009, estabelecendo um novo recorde para o setor automotivo. A previsão da Fenabrave é de que, em 2011, o crescimento seja de 8%.

GOL NÃO PERDE MAIS
O carro mais vendido do Brasil em novembro, e claramente com mais um ano de liderança de mercado garantido, é o Volkswagen Gol. Nos últimos meses a dobradinha Fiat Mille/Novo Uno perdeu um pouco de ímpeto, fechando novembro com 24.282 unidades emplacadas -- mais do que em outubro, mas perdendo até por margem maior para o rival da Volks, que no mês passado licenciou 29.697 unidades.

FIAT FECHA NA PONTA

Ao final de novembro, a liderança no mercado de carros de passeio e comerciais leves segue sendo disputada por Fiat e Volkswagen, respectivamente com fatias de 22,95% (681.068 carros) e 21,02% (623.731) no total de unidades emplacadas. A Fiat, quase certamente, pode comemorar mais um ano de ponta, pois será difícil o quadro mudar até o fechamento do ano.

No entanto, vale notar que, entre janeiro e novembro, ambas perderam participação de mercado em relação a 2009.

General Motors e Ford vêm em seguida, com 19,77% (586.578) e 10,12% (300.207). Renault, Honda, Hyundai, Toyota, Peugeot e Citroën fecham o top 10 das montadoras até o final de novembro de 2010.

Assim, o compacto da Volks chegará com relativa folga a respeitáveis 24 anos na ponta das vendas no Brasil -- e atravessará 2010 sem jamais deixar a primeira posição no ranking mensal, mesmo acossado pela dupla da marca italiana.

O Chevrolet Agile voltou a aparecer entre os dez automóveis mais vendidos, com 7.578 unidades, a despeito do recall que envolveu todos os carros já vendidos no Brasil. No entanto, a união das listas de carros de passeio e comerciais leves o joga para a 11ª posição, já que a picape pequena Fiat Strada vendeu 10.632 unidades, número que a coloca em sétimo lugar na lista completa -- nesta, a Fiat tem quatro modelos.

Em outros segmentos, o Hyundai i30 mais uma vez superou o Fiat Punto entre os hatches médios e deve fechar o ano na liderança, perto de 35 mil emplacamentos e com uma estreita vantagem sobre o hatch da marca italiana. UOL Carros discorda da inclusão do Punto entre os hatches médios, mas respeita os critérios da Fenabrave na análise dos resultados.

Entre os sedãs médios, a Toyota parece a ponto de fechar o ano emplacando perto do dobro de unidades do Corolla em relação ao arquirrival Honda Civic. No acumulado anual, o placar é de 49.071 a 27.822 unidades. O terceiro lugar é mantido com denodo pelo veterano Chevrolet Vectra (18.252), mas o Kia Cerato é o carro de desempenho mais impressionante, batendo em 12.608 emplacamentos e abocanhando 8,01% das vendas do segmento -- em 2011 o carro passará a ter propulsor bicombustível, o que melhora ainda mais seus prognósticos.

De acordo com a Fenabrave, são estes os carros (de passeio e comerciais leves) mais vendidos em novembro, com o acumulado do ano citado entre parênteses:

1) Volkswagen Gol  -- 29.697 (263.974)
2) Fiat Mille/Uno -- 24.282 (200.632)
3) Chevrolet Celta 14.016 (138.795)
4) Chevrolet  Classic/Corsa Sedan -- 13.553 (125.525)
5) Volkswagen Fox/CrossFox -- 12.234 (128.288)
6) Fiat Palio -- 11.867 (126.213)
7) Fiat Strada -- 10.602 (104.815)
8) Fiat Siena -- 10.063 (108.233)
9) Ford Fiesta -- 9.724 (84.513)
10) Volkswagen Voyage -- 8.121 (73.908)
11) Chevrolet Agile -- 7.578 (58.860)
12) Ford Ka -- 7.378 (77.036)
13) Renault Sandero -- 6.942 (61.241)
14) Volkswagen Saveiro -- 6.250 (56.234)
15) Chevrolet Prisma -- 5.574 (57.255)

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo