Carros

Ford New Fiesta se veste de 'premium' e parte dos R$ 49.900

Divulgação
Inspirado no conceito Verve, Ford New Fiesta personifica o estilo Kinetic e chega pra brigar com Honda City, Volkswagen Polo Sedan, Peugeot 207 Passion e Kia Cerato Imagem: Divulgação

EUGÊNIO AUGUSTO BRITO

Enviado especial a Dearborn (EUA)*

17/08/2010 11h45

A Ford faz, nesta terça-feira (17), em seu quartel-general de Dearborn, nos arredores de Detroit (EUA), mais uma etapa do evento de apresentação do sedã compacto New Fiesta, que vem sendo mostrado à imprensa especializada desde o começo deste mês de agosto. O carro, que corresponde à sexta geração global (para alguns, seria a sétima geração) do modelo lançado em 1976, ou a quarta desde a chegada ao Brasil em 1995, desembarca nas lojas do país no final do mês com preço inicial de R$ 49.900.

Produzido pela unidade mexicana da Ford em Cuautitlán (que também abastece Canadá, Estados Unidos, Argentina, Chile e Colômbia), o "novíssimo" Fiesta chega apenas na carroceria sedã de quatro portas, pelo menos a princípio -- o hatch fica como uma "possibilidade para o futuro". De acordo com Rogelio Goldfarb, diretor de assuntos corporativos da marca, o modelo apresentado agora com nome em inglês não aposenta o Fiesta atual (vendido em sua linha 2011 com a frente inspirada no indiano Ford Figo, chamado comercialmente de Novo Fiesta e que será tratado internamente agora como Fiesta RoCam), que segue à venda na categoria de entrada da marca e com catálogos menos completos para ficarem mais baratos.

MAIS DETALHES DO NEW FIESTA SEDÃ

  • Divulgação

    Traseira do modelo é alta. Com perfil alongado e pouca distinção entre os volumes central e traseiro, o New Fiesta brinca de ser cupê

  • Divulgação

    O motor é o Sigma Sigma de 1,6 litro bicombustível que equipa o Focus Flex. Gera 110 cv de potência com gasolina e 115 cv com etanol

  • Divulgação

    Modelo possui bom pacote de equipamentos, o que garante três níveis de acabamento para a única versão que será vendida no país, a SE

Assim, com a manutenção do Fiesta feito em Camaçari (BA) e a ausência da carroceria hatch do novo modelo (o mexicano), a marca mostra sua intenção de tentar subir ao chamado segmento compacto premium, atualmente dominado por sedãs. Seus rivais serão o Honda City, primordialmente; além de Volkswagen Polo Sedan, Peugeot 207 Passion e Kia Cerato. Não foi citado oficialmente, mas o Fiat Linea é outro possível adversário. E, claro, há a iminência da "canibalização" de algumas configurações do médio Focus no país, o que pode levar a uma alteração de preços e/ou configurações.

COMO É
Para se dar bem nesta categoria, o modelo -- que tem linhas baseadas no conceito Verve, apresentado ao mundo no Salão de Genebra de 2007, e um pouco diferentes do atual Fiesta europeu (lançado em 2008) -- aprimora o conceito Kinetic da Ford, que garante a sensação de velocidade às formas da carroceria. A frente é ainda mais arrojada que a do médio Focus, com a característica grade inferior hexagonal simulando uma grande boca, grade superior com três filetes horizontais cromados e os dois em plástico negro, e faróis em forma de adaga bastante alongados, quase tocando a coluna A. Quanto à lateral e a traseira do veículo, a Ford gosta de dizer que o New Fiesta está mais para cupê esportivo do que para sedã, com o terceiro volume (o do porta-malas, a partir da coluna traseira) quase indefinido e o arremate da traseira mais alta feito por uma espécie de aerofólio escamoteado na tampa. O comprimento total é de 4,41 metros, com largura de 1,69 m e entre-eixos de 2,48 m. O porta-malas do New Fiesta tem volume de 440 litros, segundo a fábrica.

O motor é o Sigma de 1,6 litro bicombustível, de 16 válvulas e quatro cilindros, produzido em Taubaté (SP) -- o mesmo apresentado com o Focus flex no início do ano. Capaz de gerar 110 cv de potência com gasolina a 6.250 rpm, ou 115 cv a 5.500 giros com etanol, o motor tem ainda torque de cerca de 15,8 kgfm com gasolina ou 16,2 com etanol, sempre a 4.250 giros, o que deve deixá-lo mais à vontade neste modelo compacto do que no Focus, maior e mais pesado. O câmbio é manual de cinco marchas.

Mas o forte do modelo está em seu pacote de equipamentos. Mesmo mal escalonado pela marca, se mostra bastante competitivo ao garantir três níveis de acabamento para a única versão que será vendida no país, a SE (nos outros mercados existem ainda outras duas versões):

- Pacote BCA1: ar-condicionado, direção com assistência elétrica, vidros, travas e retrovisores externos com comando elétrico, alarme, rodas de liga leve aro 15, rádio/CD com entrada AUX-In, freio a disco nas rodas dianteiras e computador de bordo de série; freios ABS opcionais - R$ 49.900

- Pacote BCC1: o mesmo da anterior, com ABS de série; bancos de couro opcionais - R$ 51.150

- Pacote BCC1 completo: com bancos de couro e sete airbags de série - R$ 54.900

CUIDADO, FOCUS
Note que apenas a partir da configuração intermediária os freios com sistema antiblocante estão disponíveis, e só na mais cara há airbags duplos frontais, laterais e de joelho. Quem comprar a versão mais barata, por exemplo, não contará com qualquer um dos dois recursos de segurança.

Há ainda a ausência de faróis de neblina em qualquer configuração (no lugar do nicho cromado com LEDs disponível para outros países, há apenas um nicho de plástico na versão brasileira) e da transmissão automática, ainda fora dos planos da marca. A fabricante diz que prefere lidar com a oferta de configurações mesclada com a gama do médio Focus -- o fato é que o Fiesta mais bem escalonado e com câmbio automárico poderia canibalizar o médio da marca no Brasil, algo que a Ford não gostaria de ver ocorrer, principalmente com a atual briga do Focus com o coreano Hyundai i30.

A marca define ainda seguro próprio para o modelo no valor de R$ 2.508 e plano de revisões programadas com custo pré-fixado: R$ 164 (primeira), R$ 212 (segunda), R$ 296 (terceira) e R$ 600 (quarta). Com estes padrões de preços e custos, a montadora projeta uma demanda inicial de 12 mil unidades do New Fiesta anualmente.

*Viagem a convite da Ford do Brasil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo