Carros

Smart com sistema mhd chega por R$ 49.900 em maio

Da Redação

21/04/2010 16h01

  • Divulgação

    Acima, a versão mhd, que no Brasil será 'amarelinha'; ela roda com motor de 71 cv...

  • Divulgação

    ... e vem equipada com sistema start/stop, ativado na tecla ECO junto à alavanca do câmbio.

  • Murilo Góes/UOL

    No Brasil, versão mais barata até então era a coupé passion, com 84 cv e preço de R$ 61.200.

A Daimler vai lançar no Brasil o smart mdh, uma variação do smart fortwo equipada com um sistema start/stop denominado "micro hybrid drive". Ele corta o motor sempre que há uma frenagem que leve o carrinho a uma velocidade abaixo de 8 km/h. O propulsor volta a funcionar quando o pé solta o pedal do freio. A intenção é buscar uma economia de combustível (no caso, gasolina), de 10% a 20% na cidade.

O sistema mhd integrará uma série especial chamada Brazilian Edition, que terá apenas 300 unidades. Elas serão numeradas de 001 a 300 para garantir uma maior personalização, e começam a ser vendidas em maio (a pré-venda já foi iniciada). O preço: R$ 49.900, menos que o constante no vazamento  detectado por UOL Carros na semana passada (lá o valor era de R$ 51.500).

De acordo com a fábrica, todos os smart mdh Brazlian Edition terão a cor amarela na carroceria e motivos alusivos à bandeira brasileira na estrutura da cabine. O motor é 1.0 de três cilindros, colocado na traseira do smart, e com potência menor que os fortwo que já vêm sendo vendidos no Brasil: são 71 cavalos. Na Europa, o smart mhd existe desde 2008.

O sistema mhd funciona com um gerador que substitui o sistema de alternador e motor de partida. O módulo de comando desliga o motor do smart mhd toda vez que ele trafega a menos de 8 km/h e o motorista está pressionando o pedal de freio. Ao retirar o pé do pedal, o motor será ligado novamente em "uma fração de segundo" -- como descreve a Daimler. A partida é dada por meio de uma correia.

O relativo sucesso de vendas do smart -- 398 unidades no primeiro trimestre, à frente de Mini Cooper e Fiat 500 -- levou a Daimler a apressar o passo no Brasil. Além das duas concessionárias pioneiras em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Florianópolis e Vitória já possuem pontos de venda do carrinho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo