Carros

Novo Volkswagen Touareg transforma eficiência em direção prazerosa

Da AutoPress

Especial para o UOL

20/03/2010 10h30

A segunda geração do Volkswagen Touareg é muito mais dinâmica. Não só pelos motores e chassis, mas também no que diz respeito ao estilo. O modelo, que une design e espaço interno, vem 4,3 cm maior e agora chega a 4,79 m de um para-choque a outro. A distância entre-eixos também aumentou 4 cm e passou a totalizar 2,89 m. Ao mesmo tempo, a altura diminuiu 2 cm – em um total de 1,71 m. Neste quesito, torna-se o segundo menor SUV deste segmento, maior apenas do que o Porsche Cayenne.

  • Reprodução

    Dinâmico e luxuoso, novo VW Touareg manteve virtudes e agregou requinte ao projeto original

O interior do Touareg é caracterizado por uma grande atenção aos detalhes. O modelo combina belas linhas com máxima funcionalidade e materiais de alta qualidade. Ele impressiona pela harmonia interna e pelo ambiente que mostram que realmente se trata de um carro de luxo. A ergonomia foi projetada de uma forma muito eficaz, em especial o sistema de conectividade e entretenimento da Volks. O painel tem acabamento em madeira e detalhes cromados e em metal fosco, tudo de alta qualidade. Os instrumentos são configurados com precisão, com todas as informações essenciais para o motorista. Uma característica interessante é o display colorido multifuncional de 7 polegadas -- em vez dos tradicionais indicadores para o velocímetro, conta-giros, temperatura do motor e indicador de nível de combustível -- disponível para os modelos híbrido e com motor V8. O visor oferece várias opções de visualização sem submeter o condutor a um excesso de informações.

Falando em motorização, além da opção a gasolina V6 FSI com 280 cv, existem duas versões com motor a diesel particularmente interessantes. A TDI V6 com tecnologia BlueMotion desenvolve 240 cv, tem 56,1 kgfm de torque e consome apenas 13,5 km/l, isso com uma taxa de emissões de CO2 de 195 g/km , reduzida em até 49 g/km em comparação com modelos anteriores equipados com a mesma tecnologia. Mas a novidade absoluta da série vem por conta do Touareg 4.2 TDI V8 de excelente desempenho, capaz de gerar 340 cv, com torque de 81,7 kgfm, consumo de 10,9 km/l e emissões de CO2 de 239 g/km.

Há também a versão híbrida, que conta com um motor TSI turbo V6 a gasolina associado a um propulsor elétrico que, juntos, são capazes de desenvolver 380 cv, sendo 333 cv originados pelo motor a combustão e mais 47 cv pelo movido a eletricidade. O torque máximo do modelo é de 59,1 kgfm, o que nos deixa na frente de um verdadeiro "monstro" da tecnologia.

Os novos preços do Touareg começam na Europa em 50 mil euros (cerca de R$ 121 mil) para o V6 3.0 TDI 240 cv com câmbio Tiptronic de oito marchas e tecnologia BlueMotion, enquanto para comprar o inovador 3.0 TSI 333 cv V6 Tiptronic Híbrido é preciso desembolsar 73.500 euros (em torno de R$ 178 mil).

  • Reprodução

    Modelo foi apresnetado ao público no começo do mês, durante o Salão de Genebra (Suíça)

IMPRESSÕES AO DIRIGIR: EFICIÊNCIA EM QUALQUER PLANO
Os arredores de Florença, na Itália, com suas esplêndidas colinas e belas imediações, foram escolhidos como pano de fundo pela Volkswagen para testar as qualidades do novo Touareg em vários cenários e contextos diferentes. E, depois de analisar as inovações técnicas do SUV, é hora de avaliar seu desempenho na estrada.

Primeiramente, deve ser mencionado que o novo chassi é mais eficiente do que o antigo. Graças ao excelente trabalho realizado com a suspensão, o Touareg consegue lidar com mudanças de direção sem a menor hesitação e filtra de maneira eficiente as irregularidades do asfalto. O projeto de suspensão é tão bom que é fácil esquecer que se está a bordo de um SUV. Essa sensação de resposta rápida ao dirigir também se dá graças à distância limitada para o solo -– que pode variar, caso opte-se pela utilização off-road.

O protagonista do nosso teste foi um 3.0 V6 TDI com 240 cv de potência em combinação perfeita com uma transmissão automática sequencial de oito marchas. Seu desempenho em relação a arrancadas, além de silencioso, é muito bom, mesmo com o carro cheio ou em uma ladeira. O que torna um prazer dirigi-lo em ambientes urbanos. (por Carlo Valente, da Infomotori.it, em Florença/Itália)

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo