Carros

Saveiro chega renovada para enfrentar Montana e Strada

Ricardo Panessa

Especial para o UOL
Em Porto de Galinhas (PE)

25/08/2009 14h44

A Volkswagen do Brasil apresentou ontem à imprensa especializada a nova versão da sua picape leve Saveiro. O evento, em grande estilo, marca o sexto lançamento da marca --de um total de dez-- este ano e é considerado um dos mais importantes da montadora no País.

  • Divulgação

    Novidade da Volkswagen, picape Saveiro promete ameaçar hegemonia da Fiat Strada

Vista de frente, ela é idêntica ao Gol e ao Voyage. Mas, de lado, é um carro realmente renovado. Além do design, mais moderno e atraente, a nova Saveiro também recebeu atualizações e melhorias mecânicas, como entre-eixos 152 mm maior do que o modelo anterior, motor instalado transversalmente, suspensão traseira com molas helicoidais progressivas, bitolas mais largas, portas maiores e versão com cabine estendida, além de outros importantes detalhes de conforto e praticidade.


Ocupando atualmente o terceiro lugar no ranking das picapes leves mais vendidas no Brasil, o modelo da VW busca melhorar sua participação no segmento para superar a Chevrolet Montana e se aproximar da líder Strada. Para tanto, além das novidades que apresenta, chega ao mercado com preço competitivo. A versão básica, com cabine simples, motor 1.6, sem ar condicionado e sem direção hidráulica --voltada mais para o trabalho-- custa a partir de R$ 30.990; e a versão topo de linha Trooper, com cabine estendida, o mesmo motor 1.6 de 104 cavalos, com direção hidráulica mas ainda assim sem ar condicionado --focada para consumidores que prezam vida ao ar livre e aventuras de lazer-- sai por R$ 38.990, ou R$ 42.490 com ar. Ambas podem receber complementos através de um pacote básico de acessórios batizado Trend, e oferecem uma enorme lista de opções de pacotes de equipamentos de série e acessórios.

A nova Saveiro compartilha com o Gol e Voyage o consagrado motor de 1.6 litro e o câmbio manual de cinco velocidades. Com primeira e segunda marchas mais curtas respectivamente em 9% e 7%, está mais adequada aos eventuais esforços de transporte de até 715 kg de carga. Além do entre-eixos, o modelo também tem bitolas maiores (47 mm na dianteira e 108 mm na traseira), o que aumentou sua capacidade de carga, estabilidade e espaço interno.


Entre as melhorias incorporadas, vale ressaltar as portas mais amplas e com três graduações de abertura e a janela traseira deslizante, que se alinha numa mesma superfício quando fechada, inovação inspirada nas modernas vans européias.

A VW também destaca a melhoria do coeficiente de penetração aerodinâmica (Cx), de 0,359 para a cabine estendida e 0,378 na cabine simples, os mais baixos entre todas as concorrentes. A caçamba já vem com protetor interno de fábrica e oferece um inovador sistema de abertura da tampa, dotada de chave e com um amortecedor que suaviza o movimento de abrir e fechar. O estepe, que está localizado sob a caçamba, só pode ser removido com a tampa traseira aberta.

PARA TRANSPORTAR MAIS DO QUE MACACOS E BANANAS
Numa clara alusão à campanha de marketing da Fiat Strada, os executivos da VW destacaram durante o evento o design renovado do modelo --da coluna B para trás trata-se de um projeto totalmente novo--, a otimização do conforto interno para duas pessoas mais bagagem (na versão cabine estendida), e as inovações técnicas descritas. Deixaram claro também que não pretendem lançar versão com cabine dupla, o que comprometeria tanto o conforto dentro da cabine quanto o espaço para carga na caçamba.

  • Divulgação

    Volume da caçamba na Saveiro Trooper 1.6 Cabine Estendida é de 734 litros

A nova Saveiro é oferecida em apenas duas versões --e não três, como foi anteriormente divulgado. O modelo estará disponivel nas lojas já a partir do começo do mês na versão básica batizada simplesmente Nova Saveiro 1.6 e na versão mais completa chamada Nova Saveiro Trooper. Ambas podem receber um pacote de acessórios básico denominado Trend e uma infinidade de opções de equipamentos opcionais.

Como convém a um utilitário, a nova Saveiro é mais alta do que seus congêneres de passeio. A suspensão dianteira independente, tipo McPherson, possui sistema de isolamento idêntico ao do Golf que, segundo a VW, filtra as irregularidades do piso e diminui o nível de vibrações e ruídos na cabine. Já o eixo traseiro, com construção interdependente com braços longitudinais, incorpora molas helicoidais com curvas de carga superprogressivas, que visam equalizar as condições de dirigibilidade tanto vazia quanto carregada.

Como opcional, o modelo oferece sistema de freios com ABS de quatro canais, de última geração, que já equipa o Polo Europeu. A lista de opcionais é longa e inclui, entre outros itens, sensor de estacionamento, capota marítima, ganchos deslizantes para fixação de carga, redes para fixação de objetos dentro da cabine, bolsa ecológica para compras e suporte de caçamba para rack de bicicleta.

IMPRESSÕES AO DIRIGIR
A Volkswagen inovou no test drive da nova picape Saveiro. Projetada para transportar até 715 kg de carga, é também amplamente utilizada para uso pessoal em atividades de lazer. Nessas condições, segundo a VW, a maioria dos usuários transporta em média apenas a metade do peso de sua capacidade total. Por isso, o teste-drive contemplou os jornalistas com a avaliação de versões vazias, com apenas dois passageiros, e com carga de 350 kg. Ambas apresentaram comportamento exemplar de condução, sob chuva.

Bem acabadas, tanto a versão de entrada quanto a versão superior --batizada Trooper-- oferecem todos os recursos de conforto, dirigibilidade e desempenho já comprovados pelo Gol, do qual deriva. Banco do motorista com regulagem parcial de altura e volante da direção com regulagem de altura e profundidade (opcional) permitem encontrar a melhor posição de dirigir. Mas algumas diferenças em relação ao hatch otimizam a condução.

Mesmo a versão com cabine simples disponibiliza bom espaço interno, permitindo praticamente a mesma posição de dirigir da versão cabine dupla. As principais vantagens em relação ao Gol --é impossível não comparar os dois veículos-- são os 32 mm a mais na altura da abertura das portas, o que permite melhor acessibilidade; posição dos ocupantes 29 mm mais alta do que na versão antiga; e a janela traseira corrediça, que ao fechar permanece na mesma superfície das demais áreas envidraçadas.

Ajustes finos e acabamento esmerado estão presentes nas duas versões. Na cabine estendida, os revestimentos das colunas traseiras incluem um porta-objetos de cada lado. A área interna para bagagens é completamente revestida por tapetes e pode contar, também como item opcional, com uma rede elástica específica para fixar volumes dentro da cabine.

DETALHES DA NOVA SAVEIRO

  • Divulgação

    Ponto forte são as suspensões, firmes e com calibragem especialmente bem acertada

  • Divulgação

    Primeira e segunda marchas mais curtas proporcionam excelente desempenho, tanto nas acelerações quanto nas retomadas

  • Divulgação

    Desconsiderado o custo adicional, sistema de som --item opcional, mas original da VW, é muito bom

Idêntica ao Gol desde a grade dianteira até a coluna B, a nova Saveiro tem na caçamba suas principais novidades em relação ao modelo anterior. O resultado foi um desenho equilibrado, nobre, sem excessos e bastante atraente. As lanternas têm lentes transparentes valorizando o carro quando visto de trás e o compartimento de carga tem como principal destaque o distanciamento de mais de um metro entre as caixas de rodas. O estepe, localizado sob a caçamba, é manipulado por meio de um mecanismo de roldana e cabo de aço acionado pela propria chave de roda, e só é possível de ser manuseado após a abertura da tampa traseira.

Outro destaque da caçamba é a flexibilização dos pontos de ancoragem e fixação da carga. Além dos ganchos internos fixos, o modelo oferece opcionalmente trilhos com ganchos deslizantes na borda da caçamba, opção inexistente nos modelos concorrentes. O rack no teto da cabine também colabora para amarração de cargas mais longas e degraus nas laterais do veículo --como na Chevrolet Montana-- facilitam a manipulação da carga, juntamente com a tampa traseira que, quando aberta, fica nivelada com o assoalho da caçamba.

AGRADÁVEL DE CONDUZIR
O motor 1.6 VHT e o câmbio manual que equipam a nova Saveiro são os mesmos utilizados no Gol e Voyage. O propulsor, que desenvolve 104 cv de potência a 5.250 rpm e torque de 15,6 kgfm a 2.500 rpm é agora instalado transversalmente e dispensa comentários. Elástico e pouco ruidoso, oferece excelente faixa de torque e trabalha em harmonia perfeita com o câmbio, cujo escalonamento teve a primeira e segunda marchas encurtadas em 9% e 7% respectivamente.

Durante o teste, de pouco mais de 80 km quase que totalmente pelo asfalto, o conjunto demonstrou eficiência nas acelerações e retomadas de velocidade. Segundo a VW, a picape é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atingir 179 km/h de velocidade máxima, quando utilizando álcool como combustível. O novo conjunto de suspensões, independente do tipo McPherson com braços triangulares transversais, molas helicoidais e barra estabilizadora de 20 mm de diâmetro na dianteira; e interdependentes com braços longitudinais, molas helicoidais superprogressivas e amortecedores pressurizados na traseira, oferecem equilibrada relação entre maciez e conforto.

Rodando tanto vazia quanto com meia carga (350 kg), a nova Saveiro demonstrou a agilidade e dirigibilidade de um automóvel, guardados os devidos limites quando carregada. Firme no asfalto, sem ser mole ou dura demais, a Saveiro apresentou boa estabilidade mesmo sobre trechos esburacados e baixo nível de ruído dentro da cabine.

O sistema de sonorização, por sua vez, valoriza o conforto interno. O modelo oferece, opcionalmente, dois sistemas de som: o Radio Concept Low, contendo rádio AM/FM e leitores de cartão SD e porta USB para músicas gravadas em MP3; e Rádio Mid, contendo adicionalmente entrada par aCD, além de interface Bluetooth para conexão com telefones celulares e outros dispositivos. Agradável de dirigir como um automóvel de passeio, e pratica e funcional para transportar meia carga e duas pessoas, como um utilitário leve deve ser.

Mesmo assim, com cerca de 18% de participação atualmente no mercado de comerciais leves, dificilmente a nova Saveiro irá alcançar os modelos da linha Fiat Strada, que dominam hoje cerca de 56% do segmento. As Chevrolet Montana, porém, sem alterações desde 2003 e com participação de mercado pouco superior à Saveiro, estas sim, encontrarão no modelo da VW o seu maior concorrente. Portanto, Montanas, tremei.

 

  • FICHA TÉCNICA DA NOVA SAVEIRO

    LISTA SUGERIDA DE PREÇOS

    SAVEIRO 1.6 CABINE SIMPLESR$ 30.990 (+ Módulo Trend R$ 890)
    SAVEIRO 1.6 CABINE ESTENDIDAR$ 33.690 (+ Módulo Trend R$ 920)
    SAVEIRO TROOPER 1.6 CABINE SIMPLESR$ 36.440
    SAVEIRO TROOPER 1.6 CABINE ESTENDIDAR$ 38.990
    • * A versão Trooper já incorpora os itens contidos no Módulo Trend

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo