Mitsubishi Pajero Dakar fica na medida para ir ao rali ou à ópera

Ricardo Panessa

Especial para o UOL
Em Mairiporã (SP)

Na esteira da boa imagem conquistada nas mais exigentes competições off-road do mundo, a Mitsubishi lança no Brasil a nova versão do Pajero, não por acaso batizada Dakar. Só naquele rali, em 26 participações, a marca conseguiu 12 vitórias, solidificando a imagem de robustez e DNA 4x4.

  • Divulgação

    Mitsubishi Pajero Dakar tem visual ao mesmo tempo comportado, e esportivo e conforto de sedã

O Pajero Dakar tupiniquim -- o nome é exclusivo para o mercado brasileiro --, traz na bagagem o compromisso de oferecer a confiabilidade, robustez e versatilidade acumuladas durante anos de competição off-road, aliados ao luxo, manobrabilidade e conforto dos automóveis e utilitários esportivos premium. Trata-se de um SUV de sete lugares parrudo, mas elegante e funcional, projetado para o que der e vier, sem perder a classe. Importado da Tailândia, estará disponível no Brasil a partir de agosto em versão única, com motor de 3,2 litros, 16 válvulas, turbodiesel e 165 cavalos de potência, com câmbio automático de quatro velocidades (R$ 159.990) ou manual de cinco marchas (R$ 152.990). Bom para o off-road ou para ir à ópera.
 

A Mitsubishi Motors do Brasil faz questão de frisar que se trata de um novo modelo -- e não de uma nova versão do Pajero. Ao contrário de outros modelos, que têm carroceria monobloco, o Pajero Dakar conta com carroceria montada sobre chassi e todos os recursos 4x4 que o sistema Select 4WD, exclusivo da marca, oferece -- 4x2, 4x4 AWD, 4x4 com bloqueio do diferencial central, e 4x4 com reduzida. De toda forma, o lançamento complementa a linha Pajero no Brasil, que já conta com o Pajero compacto TR4, Pajero Sport e Pajero Full.

SUV COM PEDIGREE
O segmento dos SUVs é um dos mais estáveis e com maior número de marcas e modelos no mercado. Segundo informativo da Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), considerando SUVs compactos, grandes e premium, há 45 modelos disputando esse segmento. Apenas este ano, foram emplacados pouco mais de 80 mil deles, dos quais 6.892 Mitsubishi Pajero, segundo a entidade.

Para Paulo Ferraz, presidente da Mitsubishi do Brasil, o Pajero Dakar tem todas as características e qualidades para conquistar sua própria fatia de participação no segmento. "Ele está posicionado no mercado entre o Pajero Sport e o Pajero Full; trata-se de um veículo off-road de luxo com 'pedigree', tendo como concorrente direto apenas o Toyota SW4 e o Land Rover Discovery 3", afirma. O executivo estima vender cerca de 300 unidades do novo Pajero Dakar até o final do ano.

O jipão (ou será carrão?) mede 4,69 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,80 m de altura e tem 2,80 m de distância entre-eixos. Parece grandão por fora, mas é acolhedor por dentro e fácil de dirigir. Comercializado também na Rússia, Malásia, Indonésia, Filipinas, Oriente Médio, Asia e América Latina, o novo Pajero (que só no Brasil se chama Dakar) tem visual universalizado e interior confortável e ergonômico. Suas linhas são acentuadamente arredondadas e a grade dianteira repete o desenho da picape-irmã Triton, com os três diamantes da Mitsubishi ao centro.

  • Divulgação

    Estilo interno tem perfil mais urbano; entre-eixos é de 2,80 m e há espaço para sete pessoas

IMPRESSÕES AO DIRIGIR
Além do motor, que oferece 38,1 kgfm de torque já partir dos 2.000 rpm, da carroceria montada sobre chassi, do completo sistema de tração 4x4 e das suspensões de longo curso, a vocação off-roader do Pajero Dakar também fica evidente no desenho da carroceria, que apresenta ângulo de ataque de 36º, de saída em 25º, e de subida de até 45º. Na prática, esses números significam que o Pajero Dakar entra e sai de obstáculos relativamente altos sem raspar a frente ou a traseira no chão.

O test drive que a Mitsubishi preparou, na região de Atibaia e Mairiporã, interior de São Paulo, foi bastante adequado para avaliar parte do potencial do modelo. Faltaram trechos de lama para experimentar o potencial de tração 4x4, mas os quase 50 quilômetros alternados entre trilhas de terra na montanha e asfalto sinuoso foram suficientes para uma rápida avaliação.

A começar pelo aspecto, o Pajero Dakar agrada. O visual é ao mesmo tempo comportado e esportivo. O conjunto óptico com vidros lisos, a típica grade dianteira e os enormes pneus 265/65 R17, embora com desenho um tanto urbano demais, emprestam imponência ao veículo.

Ao volante, dirigindo, o carro agrada ainda mais. A posição de dirigir é tipica de um SUV, bastante elevada, o que propicia excelente visibilidade. Os bancos, em couro na versão com câmbio automático, e o volante da direção de três raios com comandos do computador de bordo e do sistema de som ao alcance dos dedos, facilitam a condução. A direção hidráulica é eficiente e o raio de giro de 5,6 metros facilita tanto as manobras urbanas quanto as nas trilhas.

  • Divulgação

    Vocação off-roader do Pajero Dakar fica evidente no design da carroceria, montada sobre chassi

O painel e quadro de instrumentos seguem o mesmo rigor ergonômico, com todos os comandos à mão. As suspensões -- braços duplos, molas helicoidais e barra estabilizadora na dianteira e do tipo 3-link, com molas helicoidais e barra estabilizadora na traseira -- trazem eficiente relação entre maciez e firmeza. O conjunto, que proporciona ainda baixo nível de ruído interno tanto do motor quanto de rodagem, chega a ser mais confortável do que o de um sedã.

Os itens de conveniência do Pajero Dakar incluem ar-condicionado automático, computador de bordo com onze funções exibidas em display de LCD e sistema de som batizado de Power Sound System, com amplificador de 42aW, CDE, MP3, rádio AM/FM e kit viva-voz Bluetooth. O porta-malas tem capacidade para 115 litros, com lotação completa de sete pessoas, 1.160 litros, com cinco pessoas, e até 1.920 litros, com duas pessoas e os bancos traseiros rebatidos.

Airbag duplo frontal e freios a disco de pistões duplos ventilados nas rodas dianteiras (tambor nas traseiras), com sistema ABS (antitravamento) e EBD (distribuição eletrônica da frenagem) também são itens de série. Além disso conta com imobilizador, sistema Keyless para travamento das portas, barras laterais de proteção e sensor de estacionamento. Na medida certa para ir ao sítio (mesmo com chuva) ou ao shopping center.

Viagem e test drive a convite da Mitsubishi Motors do Brasil

UOL Cursos Online

Todos os cursos