Peugeot 207 Escapade se aventura como mais vendida da marca

Da AutoPress

Especial para o UOL

Adornar modelos de passeio com elementos jipeiros e fora-de-estrada é sempre rentável no Brasil. Mas apesar da fantasia, quando bate a realidade é a relação custo/benefício que ganha importância. Que o diga a Peugeot com a 207 Escapade. O modelo parte dos R$ 46.100 e oferece, além do visual lameiro, uma lista de equipamentos interessante. Fica bem mais em conta que seu rival direto, a Palio Adventure Locker, e oferece mais que seus concorrentes indiretos Volkswagen CrossFox e Renault Sandero Stepway. Tanto que é a versão que mais vende dentro da gama, com 40% das vendas totais da station wagon compacta, com uma média de quase 300 unidades mensais.

  • Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

    207 Escapade segue receita base dos aventureiros da selva de pedra e se dá bem em vendas

É verdade que os rivais vendem mais. A Palio Adventure, por exemplo, tem média de vendas mensais em torno de 3.800 unidades, neste ano, contra 710 da perua da Peugeot. De qualquer forma, o apelo da Escapade é bastante competente. Até porque o modelo segue a receita básica do chamado off-road light aplicado em outras marcas: suspensão elevada, pneus de uso misto e outros detalhes estéticos que remetem ao fora-de-estrada.
 

ÁLBUM DE FOTOS
Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias
MAIS IMAGENS DA ESCAPADE

No design, os marqueteiros "itens de diferenciação" também não fogem muito do usual. A Escapade usa barras longitudinais no teto, faróis com máscara negra, frisos laterais, grade frontal, molduras nos para-choques e nos para-lamas na cor preta, pedaleiras, soleiras e tampa do reservatório de combustível em alumínio, rodas de liga leve aro 14 e manopla do câmbio cromada. Para justificar os R$ 46.100, a Escapade -- a mais cara da linha 207 SW -- recebe ar-condicionado automático, direção hidráulica, trio elétrico, computador de bordo, sensores de chuva e de luminosidade, regulagens de altura do volante e do banco do motorista, entre outros.

A versão só tem disponível a maior motorização da linha, outra praxe dos off-road light. O motor 1.6 16V flex é responsável por gerar 113 cv com álcool e 110 cv com gasolina a 5.600 rpm e torque de 15,5/14,2 kgfm aos 4 mil giros. Na segurança, apenas faróis e lanterna de neblina e brake-light. Airbag duplo e freios com ABS só como opcionais, que fazem a station chegar a R$ 49.100.
 

FICHA TÉCNICA

Peugeot 207 Escapade 1.6 16V Flex
Motor: A gasolina e álcool, dianteiro, transversal, 1.587 cm³, com quatro cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro e comando duplo no cabeçote. Injeção eletrônica de combustível.
Transmissão: Câmbio manual com cinco marchas à frente e uma a ré. Tração dianteira.
Potência: 110 cv com gasolina e 113 cv com álcool a 5.600 rpm.
Torque: 14,2 kgfm com gasolina e 15,5 kgfm com álcool a 4 mil rpm.
Diâmetro e curso: 78,5 mm x 82 mm. Taxa de compressão: 12,5:1.
Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com molas helicoidais e amortecedores hidráulicos. Traseira independente com barras de torção transversais, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora.
Freios: Dianteiros a discos ventilados e traseiros a discos rígidos. Oferece ABS como opcional.
Carroceria: Station wagon compacta em monobloco com quatro portas e cinco lugares. Com 4,07 metros de comprimento, 1,67 m de largura, 1,48 m de altura e 2,44 m de distância entre-eixos. Oferece airbags frontais como opcionais.
Peso: 1.148 kg em ordem de marcha.
Porta-malas: 313 litros/1.136 litros rebatidos.
Tanque: 50 litros.

De qualquer forma, fica mais competitiva que o seu principal rival, a Palio Adventure, que parte de R$ 53.040, só conta com bloqueio eletrônico do diferencial dianteiro e na lista de equipamentos não tem airbag ou ABS de série e o ar é manual. Como concorrentes indiretos, a Escapade tem o Volkswagen CrossFox, que custa R$ 41.530, e o Renault Sandero Stepway, que parte dos R$ 41.790. Mas ambos têm menos itens de série que o modelo da Peugeot.

IMPRESSÕES AO DIRIGIR
A Escapade se mostra como o modelo mais equilibrado da linha Peugeot 207 no Brasil. Até mesmo em relação às demais versões da perua, o modelo off-road light se revela mais interessante. Muito graças à calibração da suspensão, mais firme e que favorece o comportamento dinâmico do modelo. Nas arrancadas, a Escapade não levanta em demasia a frente, tampouco embica demais quando parada bruscamente. Nas freadas, o ABS opcional mantém o modelo nas mãos do motorista mesmo em situações extremas.

A estabilidade também é passível de elogios nas curvas e em retas e no desempenho há pouco para criticar a Escapade. O motor de 113 cv dá conta do recado e garante arrancadas interessantes. Sair da inércia e alcançar os 100 km/h consumiu 11,6 s -- marca bem defensável. Resultado de um casamento eficaz do propulsor com um câmbio bem escalonado e com relações curtas --- ao contrário da gama 206, que pecava pela transmissão molenga, barulhenta e com escalonamento longo. Só mesmo as retomadas deixam a desejar na Escapade. Mesmo em quarta, o motor só enche aos 4 mil giros.

E como se trata de um modelo do tal segmento aventureiro, na terra até que a Escapade faz alguma graça. A suspensão, mais elevada e com curso mais longo, até absorve bem os buracos mais vitaminados em trechos não pavimentados -- e os das vias asfaltadas também. Mas é sempre bom ratificar que a Escapade não tem mecânica para um off-road mais pesado que uma estrada de terra malconservada. Afinal, é só um jipeiro urbano. (por Fernando Miragaya)
 

DE ZERO A 100 PONTOS, A PEUGEOT 207 ESCAPADE

Desempenho - Os 113 cv com álcool do motor 1.6 16V são suficientes para fazer da Escapade um modelo ágil para o trânsito urbano. Com arrancadas eficientes e um câmbio melhor escalonado, a station wagon aventureira da Peugeot faz o zero a 100 km/h em competentes 11,6 segundos. As retomadas decepcionam. O motor demora a encher, culpa do torque máximo só liberado plenamente perto dos 4 mil giros, o que compromete ultrapassagens. Nota 7
Estabilidade - A suspensão recalibrada da Escapade deixa a station mais equilibrada do que os demais modelos da linha 207. Nas curvas, a carroceria torce dentro da normalidade e o modelo só faz menção de sair de frente quando submetido a velocidades pouco civilizadas. Nas freadas bruscas, o modelo equipado com ABS se mantém na trajetória e não embica a frente em demasia. Nas retas, a flutuação só surge próximo da máxima, de 190 km/h. Nota 8
Interatividade - A ergonomia da Escapade peca pela posição dos comandos da trava elétrica e dos retrovisores, que obrigam o motorista a desviar a atenção. Outro problema é o detalhe de acabamento no console central, em prata, que provoca um reflexo incômodo no vidro dianteiro. Há ajustes de altura do volante e do banco, mas a visibilidade é precária devido às largas colunas centrais e traseiras. Mas o câmbio foi recalibrado e tem agora engates mais precisos e curtos. Nota 7
Consumo - O modelo anotou a sofrível média de 5,9 km/l com uso 2/3 na cidade e o restante na estrada. Nota 6
Conforto - Como todo compacto, a Escapade oferece espaço limitado para pernas. Na frente, o console central atrapalha os joelhos dos motoristas e atrás os ocupantes têm pouco vão para as cabeças. A suspensão, apesar de mais rígida, reflete pouco os buracos da pista. O isolamento acústico do motor é falho. Nota 6
Tecnologia - Trata-se da mesma plataforma do 206, datada de 1998. O motor 1.6 16V também é velho conhecido, mas eficiente. A Escapade é a mais completa da linha, mas só oferece ABS e airbags como opcionais e sistema de som como acessório. Nota 6
Habitabilidade - Os acessos são bons, graças ao vão das portas. O porta-malas é o ponto fraco, com apenas 313 litros, mas tem fácil acesso e ainda oferece o vidro traseiro com abertura independente. O número de porta-objetos agrada. Nota 7
Acabamento - A Escapade está longe de ostentar materiais nobres, mas oferece um acabamento interessante dentro do segmento. Os encaixes são precisos, as forrações demonstram cuidado e há poucos sinais de rebarbas. Nota 7
Design - A station herdou a frente da linha 207, com estilo arrojado. Só que a Escapade ainda recebe apliques jipeiros, que conferem um ar moderninho. Nota 8
Custo/benefício - É a versão mais completa da linha por R$ 46.100 e é mais barata que seu único rival direto com conteúdos semelhantes. Nota 8
Total - A Peugeot 207 Escapade somou 70 pontos em 100 possíveis. NOTA FINAL: 7

UOL Cursos Online

Todos os cursos