Nissan EV200 assume função de 'táxi do futuro' em Nova York

Em Nova York (EUA)*

  • Divulgação

    Nissan EV200 assume frota de táxis de Nova York prometendo comodidade e menor consumo

    Nissan EV200 assume frota de táxis de Nova York prometendo comodidade e menor consumo

Um teto panorâmico de vidro que permite aos passageiros ver os arranha-céus da cidade, tomadas para recargar telefones celulares e um navegador GPS são algumas das novidades do "táxi do futuro", que foi revelado nesta terça-feira (3) em Nova York, mas que só chegam às ruas em 2013. Apesar de todas as inovações, os veículos, fabricados pela companhia japonesa Nissan, manterão a célebre cor amarela que caracteriza os táxis nova-iorquinos.

"O Nissan NV200 revelado hoje será o táxi mais seguro, cômodo e prático que tivemos nesta cidade", afirmou o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, ao apresentar a nova frota de monovolumes, que começará a percorrer as ruas da 'Big Apple' em outubro de 2013.

Nova-iorquinos, turistas e fãs de automóveis poderão conhecer o novo táxi, escolhido entre outras características por seu respeito ao meio ambiente, no Salão do Automóvel de Nova York, onde permanecerá aos olhos do público de sexta-feira (6) até o próximo dia 15.

"Os táxis de Nova York sempre foram um ícone, e agora estabelecerão um novo padrão", disse Bloomberg, que acrescentou que as 600 mil pessoas que utilizam diariamente o táxi como meio de transporte na cidade "merecem alta tecnologia e elevada segurança que este modelo oferece".

O contrato entre a cidade de Nova York e a Nissan tem dez anos de duração e prevê que o NV200 aposente, de uma vez, outros 15 modelos -- além do clássico Ford Crown Victoria, Ford Fusion, Ford Escape, Ford Taurus, Ford Transit Connect, Lincoln MKZ, Nissan Altima, Toyota Camry, Toyota Highlander, Toyota Prius V, Hyundai Sonata, Volkswagen Jetta, Mercedes Benz E350 BlueTec, Toyota Sienna Accessible, MV-1 Accessible -- aprovados atualmente para o serviço de táxis na cidade.

Como é o novo táxi de Nova York
Veja Álbum de fotos

TOMADA USB E TAPETE ANTI-CHULÉ
Após um processo de seleção que durou de dois anos e também teve como concorrentes a americana Ford e a turca Karsan, o Nissan NV200 foi o escolhido pelas autoridades nova-iorquinas para receber o contrato de US$ 1 bilhão com o qual fabricará os novos táxis amarelos. O modelo será montado em Cuernavaca, no México, e terá um custo de US$ 29,7 mil (cerca de R$ 54.300).

O NV200 foi adaptado especificamente para se adequar às necessidades da cidade, por isso, entre outras características, conta com um teto de vidro para que moradores e visitantes possam observar os arranha-céus de Nova York enquanto estão nele. O carro comporta até quatro passageiros, mais bagagens. Além disso, o novo veículo contará com tomadas de 12V para recarga para telefones celulares e duas entradas USB para os passageiros, portas de correr para facilitar a entrada, luzes no solo e no teto voltadas para a leitura, entre outras inovações. Há ainda tapetes especiais, feitos de material anti-bacteriano e que ajudarão a neutralizar os odores do interior do táxi. O motorista também tem mais conforto, garantido pelo banco com até seis tipos de ajuste.

A licitação de substituição da frota de táxis também exige que os novos modelos façam ao menos 10,6 quilômetros por litro de gasolina (25 milhas por galão), consumo cumprido pelo NV200 equipado com motor 2.0 de quatro cilindros.

Além disso, o novo táxi conta com sistema de sinalização especial para quando o veículo está estacionado embarcando ou desembarcando passageiros, para quando está vazio e até para substituir a buzina (que tem seu ruído minimizado). A segurança fica por conta de sistemas de tração e estabilidade e airbags para o motorista e para a área de passageiros. 

"O exclusivo 'táxi do futuro' oferece a experiência global da Nissan em veículos comerciais, assim como as opiniões dos motoristas e passageiros dos táxis de Nova York, que nos ajudaram a identificar importantes melhorias em relação aos modelos atuais", disse, por sua vez, o presidente e executivo-chefe da Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn.

ADEUS AOS SEDÃS
A atual frota de táxis nova-iorquinos, que tem cerca de 13 mil veículos, será aposentada gradativamente em um prazo de três a cinco anos, em paralelo à entrada em circulação dos novos modelos, em 2013.

O projeto de competir pelo serviço de transporte de passageiros de Nova York faz parte dos planos de 4 bilhões de euros (cerca de R$ 10 bilhões) da aliança Renault-Nissan de dominar o segmento de veículos elétricos em todo mundo.

Tanto é assim que, em um ano, a Nissan planeja entregar seis unidades do elétrico Leaf a motoristas de táxi, que farão testes iniciais. Após quatro anos, será a vez do NV200 elétrico ser entregue a Nova York, com sistema e visual que lembram muito o do Leaf. (Com UOL Carros, em São Paulo)

UOL Cursos Online

Todos os cursos