Renault aumenta vendas em 56,4% no Brasil

O Brasil foi o país no qual o grupo Renault registrou seus melhores resultados de vendas -- com 115.000 veículos comercializados e alcançando uma progressão de vendas de 56,4%.

A participação da empresa no mercado do Brasil aumentou 1,2 ponto, para 4,3%, o que lhe permitiu entrar no grupo das seis marcas que mais vendem no país.

No mercado mundial, o grupo automobilístico registrou uma queda nas vendas de 4,2% em 2008.

Entretanto, a Renault afirmou que sua fração de mercado aumentou 3,6% em uma conjuntura deteriorada, com um mercado mundial que registrou um retrocesso das vendas de 4,8% em 2008 em relação a 2007.

LEIA MAIS: Toyota bate recorde de vendas no país

"A amplitude da crise que atinge o setor automobilístico e a queda brutal de nossos principais mercados nos levou a revisar ao longo do ano nossos objetivos de crescimento para 2008. Apesar do contexto de crise, o Grupo Renault progride em fração de mercado", declarou o diretor comercial da companhia, Patrick Blain.

Apenas durante o mês passado de dezembro as vendas mundiais de veículos particulares e utilitários caíram 28,5%.

Na Europa, com um "mercado automobilístico em crise que diminuiu 8,1%", as vendas do grupo caíram 11,8% (sem contar a França), especialmente pela diminuição comercial no Reino Unido.

No final de abril de 2008, os números de vendas da Renault chegavam a um aumento de 7,3% com relação a um ano antes. As vendas desabaram depois, entre maio e setembro.

Na França, o principal mercado da montadora, as vendas retrocederam 0,3% em 2008, para 654.233 veículos, enquanto o mercado cedeu 0,7%.

Fora da Europa, as vendas da Renault aumentaram em 2008 1,5%, para 873.798 veículos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos