Fiat demitirá 2 mil funcionários na Itália a partir de fevereiro

Em Roma

A empresa de automóveis Fiat decidiu demitir 2 mil empregados de várias de suas unidades automobilísticas na Itália a partir das duas primeiras semanas de fevereiro, informou hoje em uma nota à companhia.

A histórica empresa anunciou que está demitindo 1,2 mil pessoas de suas unidades automobilísticas de Turim, Orbassano e Volvera, e outras 800 do estabelecimento Powertrain de Mirafiori e Stura, acrescenta.

O sindicato autônomo de mecânicos Fismic declarou pouco depois do anúncio da Fiat que "a situação é preocupante. É necessário que as instituições locais organizem uma mesa de discussão para enfrentar a crise".

"É preciso encontrar o mais rápido possível a solução para conter as perdas dos salários dos trabalhadores", acrescentou.

O Fismic organizará nos próximos dias manifestações em nível nacional e pediu a adesão de outros sindicatos "para pedir ao Governo que intervenha no setor".

UOL Cursos Online

Todos os cursos