Carros

Projeto da UE prevê carros sem motorista nas estradas em dez anos

09/11/2009 12h39

Um projeto recém-lançado pela União Europeia quer desenvolver uma tecnologia para permitir que carros consigam trafegar por longas distâncias em estradas sem a necessidade de intervenção do motorista.

A ideia é criar um sistema de sensores para que os carros andem pelas rodovias em uma espécie de "piloto-automático", em um comboio comandado pelo veículo da frente.
  • SARTRE/BBC

    Ilustração mostra como seria o comboio, guiado por um motorista profissional no "veículo-líder"

O sistema permitiria que novos veículos se juntem ao comboio ou o deixem ao longo do percurso, conforme as necessidades individuais.

Segundo os responsáveis pelo projeto, a nova tecnologia poderia estar disponível para uso comercial dentro um prazo de dez anos.

Além de facilitar e acelerar as viagens de longa distância, o sistema reduziria também os congestionamentos nas estradas, ofereceria mais conforto aos motoristas, reduziria os acidentes e melhoraria o consumo de combustíveis, reduzindo por consequência a emissão de gases poluentes.

O novo projeto, batizado de Sartre (Safe Road Trains for the Environment), deve começar a ser testado em pistas do Reino Unido, da Espanha e da Suécia, a partir de 2011.

SEM AS MÃOS

  • Divulgação

    Protótipo da Audi, apelidado de Shelley, se movimenta sem comandos do motorista graças a sistema que monitora condições da pista, aceleração, frenagem e direção. O modelo participará de prova de subida de montanha no Colorado (EUA). Saiba mais, no link abaixo:

IDEIA ANTIGA
A ideia de criar sistemas que permitissem a movimentação automática de veículos nas estradas já é antiga, mas o projeto Sartre é o primeiro que prevê que isso seja feito sem a necessidade de alteração na configuração das estradas, barateando seu custo e facilitando sua implementação.

O projeto prevê veículos equipados com sistemas de navegação e unidades de transmissão e recepção de dados que se comunicam em um comboio com um veículo-líder.

O veículo-líder seria dirigido por um motorista profissional, que monitoraria a condição da estrada e do comboio. Os demais carros, ônibus ou caminhões seguindo o comboio seriam movimentados automaticamente, permitindo que seus motoristas tirassem as mãos da direção e se envolvessem em outras atividades, como ler um livro, assistir TV ou mesmo dormir.

Os sensores controlariam a distância e a velocidade entre os carros, permitindo que eles trafeguem todos na mesma velocidade, mantendo a menor distância possível entre eles de maneira segura.

A ideia é que cada veículo se comporte como se fosse um vagão de um trem, com o veículo-líder fazendo o papel de locomotiva.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo