Topo

Carros

Coreia multa Nissan em R$ 1 mi por fraudar dados do Qashqai

Divulgação
Qashqai vendido na Coreia vem do Reino Unido; governo exige recall de 814 unidades Imagem: Divulgação

Em Seul (Coreia do Sul)

16/05/2016 12h55

A Coreia do Sul anunciou que imporá multa de 330 milhões de won (cerca de R$ 1 milhão) à Nissan por falsificar de dados de emissões do SUV Qashqai nas configurações movidas a diesel.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente do país, a marca japonesa fazia uso de um software que mantinha um catalisador do escapamento ligado apenas durante os testes oficiais, sendo inoperante em condições normais de uso.

O representante do governo exigiu, além da multa, um recall de 814 unidades do utilitário para reparar o problema. O Qashqai vendido na Coreia do Sul é fabricado no Reino Unido, o que levanta suspeitas de manipulação em exemplares também vendidos na Europa.

Em comunicado divulgado pela Reuters, a fabricante negou a fraude. "A Nissan jamais aplicou dispositivos ilegais ou fraudulentos em seus carros", disse a assessoria, acrescentando que a marca segue "os mesmos métodos exigidos pela União Europeia" para os carros vendidos na Àsia.

Ironicamente, o comunicado chega poucos dias depois de a Nissan assumir o controle da Mitsubishi por quase R$ 8 bilhões

A montadora conterrânea ficou fragilizada após se envolver em escândalo semelhante no Japão, com kei cars vendidos sob o logo da Mitsubishi e da própria Nissan desde 1991. Porém, a Mitsubishi assumiu a responsabilidade plena por esse caso e chegou a pedir desculpas à nova dona.

Mais Carros