Carros

Toyota paga US$ 10 milhões a vítimas de carro com defeito nos EUA

Em Los Angeles, EUA

24/12/2010 16h05

A fabricante japonesa Toyota aceitou pagar US$ 10 milhões aos parentes de um policial que faleceu junto com sua família na Califórnia em 2009, em um acidente provocado pela aceleração descontrolada de seu veículo, revelaram documentos publicados nesta quinta-feira (23).

A Toyota alcançou em setembro um acordo fora dos tribunais com os familiares do oficial de patrulha de estradas da Califórnia Mark Saylor, sua esposa, sua filha e um cunhado, que morreram em agosto de 2009 em um acidente em San Diego, quando viajavam em um Lexus ES.

Os detalhes do acordo se mantiveram em segredo, mas na segunda-feira um juiz permitiu que o conteúdo dos autos do caso fosse publicado, a pedido da concessionária Lexus onde o automóvel foi adquirido e de vários meios de comunicação locais.

"A Toyota e os familiares (das vítimas) alcançaram um acordo privado amistoso, num quadro de respeito mútuo e cooperação sem envolver os tribunais", indicou a Toyota, que enfrenta uma ação federal pela distribuição e venda de veículos defeituosos.

Uma ligação ao número de emergência 911 -- publicada no Youtube -- mostra claramente que o motorista, Saylor, tenta desesperadamente controlar seu veículo, que tem "o acelerador preso", e grita ao pedir ajuda em uma gravação que termina quando a família se acidenta.

A tragédia comoveu a opinião pública americana e ilustrou os problemas mecânicos de vários modelos da Toyota, que se viu obrigada a retirar milhões de veículos do mercado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo