Novo Kia Sportage agrada pelo belo design e desempenho justo

Da Auto Press

  • Divulgação

    Modelo desembarca no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo

    Modelo desembarca no Brasil durante o Salão do Automóvel de São Paulo

  • http://img.uol.com.br/ico_verfotos.gif O SPORTAGE EM FOTOS

Dezessete anos depois do primeiro Sportage, modelo que inaugurou a linha de utilitários esportivos da Kia, a marca sul-coreana mostra a nova geração do seu modelo “fora de estrada” de maior sucesso. Agora 9 cm maior, 5,5 cm mais largo e 6 cm mais baixo, o novo Sportage está também mais aerodinâmico que o anterior. A verdade é que este novo modelo é esteticamente mais bem resolvido que muitos concorrentes mais “nobres”. E o gênio responsável pelo design é Peter Schreyer, que mais uma vez fez um bom produto para a fabricante asiática.

O desenho inovador é expresso em formas modernas, elegantes e musculares, bem de acordo com o espírito “arte urbana” da marca. Os faróis, lanternas traseiras, a linha de cintura, juntamente com as rodas de grandes dimensões -- 17 polegadas na versão Active e 18 na Class --, o rack no teto, os grandes retrovisores ajudam a aumentar a sensação de solidez e dinamismo do Sportage. O coeficiente de resistência aerodinâmica também melhorou, segundo a Kia. Agora, o cx é do SUV é de 0,37, valor razoável para um utilitário esportivo e 10% inferior na comparação com a geração anterior.

A Kia valorizou três aspectos principais no Sportage: design, tecnologia e qualidade. Quanto à tecnologia, o destaque vai para a nova tração 4X4 AWD, que pela primeira usa o sistema Dynamax. Desenvolvido pela empresa canadense Magna Powertrain, ele controla a tração e a distribuição da força através de uma embreagem multidisco posicionada no diferencial traseiro. A distribuição do torque é feita por um software que recolhe e processa as informações de vários parâmetros que interferem na dinâmica do veículo e a diferença de velocidade dos dois eixos. Isso promete maior tração do Sportage em todas as condições e uma melhor utilização da tração integral. Ao mesmo tempo, o modelo oferece uma série de controles eletrônicos, como de estabilidade, tração e assistentes para descidas e subidas em ladeiras.

No novo Sportage, a marca oferece uma linha de motores renovada e adaptado às normas de emissões Euro 5. No lançamento da nova geração do utilitário esportivo, está disponível um motor 2.0 litros a gasolina de 163 cv, com comando de válvulas variável, e um renovado 2.0 turbodiesel de 136 cv e 32,93 kgfm de torque. Mais tarde chegarão um 1.6 a gasolina de 136 cv e um turbodiesel 1.7 de 115 cv e 26 kgfm de torque. Com exceção do propulsor a 2.0 a gasolina, que possui uma transmissão manual de cinco marchas, todos os outros motores terão uma marcha a mais. As duas opções de dois litros, turbodiesel e gasolina, poderão ter como opcional um câmbio automático de seis velocidades.

O modelo será apresentado no Brasil durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, no final de outubro, e começará a ser vendido na mesma ocasião no mercado brasileiro, com o propulsor 2.0 a gasolina. O preço do novo Kia Sportage no país ainda não foi definido. (por Carlo Valente, do InfoMotori/Itália, exclusivo para Auto Press)

IMPRESSÕES AO DIRIGIR
Kia Sportage

O test drive da nova geração do utilitário esportivo da Kia foi feito nas congestionadas ruas de Turim e nas estreitas estradas na zona rural de Piemonte. E logo se destaca o rodar suave e confortável do Sportage. Méritos da direção bastante direta e precisa, assistidas eletricamente, e da boa calibragem da suspensão McPherson com mola de compensação na frente e multilink com molas separadas dos amortecedores na traseira. Esse conjunto absorve a maior parte das imperfeições da estrada.

Outros pontos apreciados foram o espaço e o conforto do habitáculo e a câmara de ré, que ajuda bastante o motorista na hora de estacionar. O interior é muito confortável, com todos os comandos ao alcance das mãos e bastante intuitivos. A transmissão automática de seis marchas também merece elogios, bem escalonada com o motor 2.0 16V DOHC a gasolina. Já a capacidade do porta-malas fica muito acima da média. São 654 litros, ou 1.350 litros quando os bancos traseiros são rebatidos.

Outro ponto forte do Sportage é a confiança que a marca deposita no seu produto. Na Europa, são sete anos de garantia -- serão cinco anos no Brasil -- ou 150 mil km, que continua válida mesmo depois de mudar de dono. Um trunfo que não se pode desprezar. Em seu segmento, o SUV da Kia vai brigar com alguns modelos que já conquistaram o mercado. É o caso de Nissan Qashqai, Hyundai ix35, Ford Kuga, Volkswagen Tiguan e até o Peugeot 3008. Será uma boa briga em que o carro da Kia se mostra competititvo graças ao preço atraente no mercado europeu. São 21.950 euros (R$ 49 mil) na versão 2.0 gasolina Active 2WD. Os opcionais são a transmissão automática, por 1.500 euros (R$ 3.300), GPS por 1.400 euros (R$ 3.100) e teto solar elétrico, por mil euros (R$ 2.200). (por Carlo Valente, do InfoMotori/Itália, exclusivo para Auto Press)

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos