Vendas de veículos crescem 10,14% no ano e 4,5% no mês, diz Fenabrave

Da Redação

Os emplacamentos de veículos nos oito primeiros meses de 2010 cresceram 10,14% na comparação com o acumulado de janeiro a agosto de 2009, passando de 3.096.591 unidades um ano atrás para 3.410.604. O resultado de agosto de 2010, quando foram emplacadas 482.379 veículos, cresceu 4,5% em relação a julho, quando o setor emplacou 461.604 unidades. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (1) pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, o sindicato das revendas), incluem automóveis, comerciais leves (picapes e SUVs), caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários.

"O desempenho do setor automotivo reflete o bom momento da economia. O Brasil está crescendo. As promoções e os financiamentos também estão atrativos, com custos menores e fluxo abundante de recursos", afirmou Sérgio Reze, presidente da Fenabrave, segundo divulgado pela assessoria da entidade. Nos primeiros oito meses de 2010 todos os segmentos apresentaram alta. O de caminhões foi o que mais cresceu no acumulado: 54,44%.

Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves registraram alta na comparação entre os acumulados de 2010 e 2009. Juntos, cresceram 8,5%, avançando de 1.914.821 para 2.077.521 unidades. De julho para agosto, os emplacamentos aumentaram 3,99%. Foram vendidas 296.609 unidades em agosto, ante 285.228 em julho.

Entre os veículos pesados, foram comercializados 98.836 caminhões de janeiro a agosto, contra 63.995 caminhões no mesmo período de 2009, registrando a forte alta de 54,44%. No entanto, de julho para agosto houve retração de 9,71%: 13.265 unidades ante 14.692 no mês anterior. Já os ônibus evoluíram 29,74% no acumulado, passando de 14.262 para 18.504 unidades. O resultado de julho para agosto foi positivo: 2.938 unidades contra 2.420 unidades, ou 21,4% a mais.

No setor de duas rodas, o crescimento nas vendas foid e 8,76% na comparação entre os acumulados, passando de 1.046.011 para 1.137.631 unidades. De julho para agosto também houve crescimento, de 7,17%: foram comercializadas 158.518 motos, contra 147.916 no mês anterior.

UOL Cursos Online

Todos os cursos