Troller quer aumentar revendas em 50% e fala em novo modelo

RODRIGO LARA

Colaboração para UOL Carros

  • Divulgação

    "Filho único" da Troller, jipe T4 é objeto de adoração entre praticantes de off-road

    "Filho único" da Troller, jipe T4 é objeto de adoração entre praticantes de off-road

Apresentada para a imprensa nesta terça-feira (31), a nova revenda da Troller -- marca nacional de utilitários -- em São Paulo enquadra-se numa estratégia de crescimento da empresa. Com 20 revendas existentes no Brasil, a fabricante pretende aumentar esse número para 30 -- ou seja, 50% a mais -- em dois anos. O novo showroom fica localizado na avenida Ataliba Leonel, 1.111, em Santana, na Zona Norte de São Paulo.

A nova revenda junta-se às duas já existentes na capital paulista. “A nossa expectativa é vender 70% mais na região. São Paulo é o maior mercado do país e, portanto, estratégico para atingirmos nossas metas de crescimento”, explicou Wilson Vasconcelos, novo gerente-geral da Troller.

Responsável pelo estabelecimento, o empresário Carlos Soler destaca que a Troller passa por um momento importante, ressaltando que a marca não busca apenas crescer. “Ampliar as vendas e não oferecer suporte a isso, com um bom atendimento no pós-venda e oferta de peças de reposição, seria um erro. Nossa meta é criar um ‘crescimento sustentável’, atendendo nossos clientes da maneira que o comprador de um produto diferenciado espera”, salienta.

Adquirida pela Ford em 2007, a Troller passou por uma reformulação que culminou com o recolhimento da picape Pantanal, em 2008. O modelo -- que apresentava trincas no chassi -- foi chamado para um recall. Em vez de consertar os carros e devolvê-los aos seus donos, a Ford optou por recolher os veículos e pagar uma indenização aos proprietários, por julgar que o defeito era estrutural.

Desde então, o único veículo na linha da montadora é o jipe T4, com motor 3.0 e tração 4x4, que começa em cerca de R$ 87 mil. O cenário deve mudar em alguns anos, contudo. “Nenhuma empresa sobrevive no mercado com um produto só. Hoje, a Troller vende cerca de 1.500 carros por ano, o que é um bom número se considerarmos que, há alguns anos, vendíamos 600 veículos no máximo. Mas nossa meta é crescer e, para isso, temos que diversificar a linha em um futuro próximo”, conclui Vasconcelos, sem dar outras pistas sobre como seria o novo modelo.

UOL Cursos Online

Todos os cursos