Motos

Triumph reforça linha de "clássicas modernas" com dois novos modelos

Arthur Caldeira

Da Infomoto

23/06/2017 08h00

Bonneville Bobber (R$ 49.990) e Street Scrambler (R$ 41.990) chegam ao Brasil e incorporam família retrô da marca inglesa; conheça

Empenhada em aumentar a participação de suas motos clássicas modernas no Brasil, a Triumph apresentou nesta semana duas novidades: a Bonneville Bobber e a Street Scrambler. Ambas carregam no nome o estilo que as caracterizam e já estão à venda nas concessionárias da marca. Com visual das primeiras motos off-road adaptadas, a Street Scrambler tem preço sugerido de R$ 41.990. Já a Bonneville Bobber e suas linhas minimalistas reproduzem as antigas motos de corrida adaptadas dos modelos custom e custará R$ 49.990.

Dividida pela motorização, a família de clássicas modernas da Triumph soma agora seis modelos. Da linha Street, que usa motor bicilíndrico de 900 cc, são três: Street Twin, Street Cup e agora a Street Scrambler. Já a Bobber vem se juntar aos outros modelos – Bonneville T 120 e Thruxton R – com motores de dois cilindros, mas 1200 cc de capacidade. Conheça mais detalhes dos novos modelos.

Bobber: das garagens para a linha de montagem
Divulgação
Triumph Bobber é inspirada nas motos feitas em garagens pelos soldados após a II Guerra Mundial; minimalista, sem peças "supérfluas" e com banco individual, custa R$ 49.990 Imagem: Divulgação

Inspirada pelas modificações feitas pelos soldados que voltavam da Segunda Guerra Mundial e retiravam as peças “supérfluas” para tornarem suas motos mais leves e despojadas, a Triumph criou a Bonneville Bobber. Com linhas minimalistas, reforçadas pelo assento individual, motor exposto e ponteiras de escapamento mais curtas, a Bobber também ganhou ajustes no motor bicilíndrico de 1200 cc para proporcionar ainda mais torque desde os baixos giros.

Com refrigeração líquida, comando simples no cabeçote (SOHC) e intervalo de 270° na ignição, a Bobber se destaca pelos 10,81 kgf.m de torque máximo já a 4.000 giros para empurrar os 228 kg (a seco). A potência também é considerável: 77 cv a 6.500 rpm. Para domar toda essa força, dois modos de pilotagem (Chuva e Estrada), controle de tração e freios ABS de série.

A suspensão dianteira usa garfo telescópico KYB convencional com 90 mm de curso. A traseira imita o “rabo duro” das antigas bobbers, mas com um amortecedor horizontal oculto sob o banco. Uma das novidades dessa Bonneville Bobber é que o assento é ajustável para se adaptar ao biótipo do piloto. O painel, com mostrador único, também pode ter sua altura regulada e facilitar a visualização de acordo com o guidão e a postura do piloto.

Com três opções de cores – cinza fosco, preta e vinho metálico – a Bonneville Bobber também já está nas 15 concessionárias da marca em todo o Brasil com preço sugerido de R$ 49.990.

Street Scrambler: "off-road" vintage
Divulgação
Triumph Street Scrambler complementa a família Street, que tem motor de 900cc; no Brasil, modelo será vendido em três cores (preta, verde e vermelha) por R$ 41.990 Imagem: Divulgação

Com a mesma base mecânica dos outros modelos Street, ou seja, um bicilíndrico de 900 cc com arrefecimento líquido que produz 55 cv de potência máxima a 5.900 giros, mas que se destaca pelo torque de quase 10 kgf.m já disponível a 3.200 giros, a Scrambler se diferencia pelo visual inspirado nas primeiras motos off-road criadas nos idos de 1960.

A mesma receita foi utilizada pela fábrica inglesa nessa releitura: pneus de uso misto, escapamento alto na lateral da moto e guidão mais largo. Banco bipartido e o number plate (placa de numeral) na lateral esquerda completam o visual Scrambler desta nova Triumph.

Mas as mudanças não foram apenas estéticas. A Street Scrambler ganhou rodas raiadas ao invés das de liga leve de suas irmãs e aro 19 na dianteira. As suspensões KYB ganharam sanfonas nas bengalas dianteiras e ajuste na pré-carga do duplo amortecedor traseiro. Ambas têm 120 mm de curso.

O novo modelo da linha Street estará disponível em três opções de cores - preta, verde e vermelha – pelo preço de R$ 41.990, o mais alto entre as três versões (Street Twin, R$ 38.990; e Street Cup, que passará a custar R$ 40.990). Uma curiosidade sobre a Street Scrambler é que o assento bipartido pode ter a parte da garupa facilmente retirada e substituída por um rack de alumínio, que será fornecido juntamente com a moto. Freios ABS e controle de tração são itens de série também na Scrambler.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Motos

Topo