Motos

Honda lança SH 150i a R$ 12.450 contra Yamaha NMax 160; saiba como anda

Aldo Tizzani

Da Infomoto, em São Paulo (SP)

04/04/2017 12h33

Mais forte que o PCX, novo scooter tem freios com ABS e "smart key"

Com preço sugerido de R$ 12.450, a Honda coloca no mercado o novo SH 150i. O scooter de 150cc tem roda de 16 polegadas, farol e lanterna de LED, freios ABS, tomada 12 Volts e sistema que desliga o motor em paradas rápidas, como as de semáforos ("idling stop").

Outro diferencial do SH 150i é o sistema "smart key" (chave inteligente), herdado de carros, que destrava o veículo e libera a partida, sem a necessidade de inserir a chave no contato.

Posicionado estrategicamente entre o PCX 150 (saiba mais aqui) e o SH 300 (veja teste de 30 dias), o SH 150 tem o objetivo de consolidar e ampliar o segmento de scooter, responsável por cerca de 40 mil unidades/ano. Em 2016, o campeão de vendas foi o PCX, com 22.539 unidades emplacadas.

Terá como concorrente direto o Yamaha NMax 160 (informações aqui), que traz motor mais potente (155 cc e 15 cv de potência máxima), rodas aro 13 polegadas, painel totalmente digital e freios ABS, custando R$ 11.690 (valor sugerido).

Chega às concessionárias Honda em maio em três opções de cores: um chamativo azul claro perolizado; outro azul marinho perolizado; e um elegante prata fosco. São três anos de garantia, sem limite de quilometragem.

Mais potente que PCX

O motor do SH 150i é o mesmo do PCX 150: um cilindro, 149,3 cm³, injeção eletrônica e arrefecimento líquido. Embora tenha a mesma arquitetura, o novo SH 150 tem central eletrônica diferente e oferece mais potência e torque: 14,7 cv a 7.750 rpm, 1,40 kgfm a 6.250 rpm. A transmissão é automática CVT. 

O consumo deve ser de mais de 30 km com um litro de gasolina. Com tanque de 7,5 litros, a autonomia promete superar os 200 quilômetros.

As rodas grandes são calçadas com pneus sem câmara Pirelli Diablo Scooter, nas medidas 100/80-16 (dianteira) e 120/80-16 (traseira). Na dianteira, suspensão usa garfo telescópico tradicional com 100 mm de curso. Na traseira, duplo amortecedor com 95 mm de curso e cinco ajustes na pré-carga da mola. Os freios são a disco nas duas rodas com sistema ABS de dois canais de série.

Urbano na prática

Com proposta urbana, o SH 150 oferece espaço reduzido sob o assento, praticamente o mesmo volume do SH 300i. Cabe apenas um capacete aberto ou uma bolsa pequena. Há ainda um gancho no escudo frontal para levar uma sacola apoiada na plataforma e um pequeno porta-objetos com tomada 12V. O bagageiro, que traz incorporadas as alças da garupa, já está preparado para suportar um baú, vendido separadamente.

O piloto fica com o tronco ereto e pés bem posicionados na plataforma. Os comandos são fáceis de operar.  

Em função do perfil e altura do pneu e do tamanho das rodas, o conjunto absorve melhor as irregularidades do piso do que em outro scooters. Na hora de mudar de direção, obedece com facilidade e oferece bom ângulo de inclinação.

O motor tem força suficiente para saídas rápidas. Em pista plana e reta, o SH 150 atingiu 115 km/h de velocidade máxima, com consumo instantâneo em torno de 30 km/l. Em testes de frenagem, acionando os dois manetes com vontade, os pneus nunca arrastaram no asfalto graças ao sistema ABS. Dava até para sentir a ação nos manetes.

Já o desenho do painel de instrumentos, embora completo com velocímetro, marcador de combustível e temperatura do líquido de arrefecimento, é ruim de enxergar, principalmente para identificar a velocidade. Por outro lado, a pequena tela de LCD na parte inferior traz diversas informações: hodômetro total, dois parciais, consumo instantâneo e consumo médio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo