Carros

Honda XRE 190 é moto mais barata do Brasil com freios ABS; assista

Arthur Caldeira

Da Infomoto

Criada com o objetivo de preencher a lacuna entre a NXR 160 Bros e a XRE 300, a Honda XRE 190 chega ao Brasil neste mês com atributos para cumprir tal função.

A primeira vantagem é o preço atraente, R$ 13.300, tomando em consideração os valores da Bros 160, vendida a R$ 11.257, e de sua irmã de 300 cc, de R$ 17.750.

O motor de maior capacidade, bom nível de conforto e o sistema de freio ABS (na roda dianteira) fazem da nova moto de 190 cc uma opção interessante. Além disso, a roda de 19 polegadas e o assento a 836 mm do solo a deixam mais amigável para pilotos mais baixos.

Ficha Técnica - Honda XRE 190

+ Preço:
 R$ 13.300
+ Motor: 184,4 cc; monocilíndrico; OHC; arrefecido a ar
+ Potência: 16,3 cv a gasolina / 16,4 a etanol (8.500 rpm)
+ Torque: 1,65 kgfm a gasolina / 1,66 kgfm a etanol (6.000 rpm)
+ Alimentação: injeção eletrônica
+ Câmbio: 5 marchas
+ Dimensões: 2,08 m (c) x 82 cm (l) x 1,18 m (a)
+ Peso: 127 kg (a seco)
+ Tanque de combustível: 13,5 litros (com 3,1 l de reserva)

Tchau, Bros

A XRE 190 se destaca no design e na ergonomia. Com linhas angulosas e mais harmoniosas, tem visual moderno que rende elogios.

Com guidão mais alto, ela também proporciona posição de pilotagem mais ereta, com braços abertos, que remete a modelos de uso misto, diferentemente da moto de 160 cilindradas. O banco, além de mais baixo, é bastante amplo e confortável.

O motor monocilíndrico -- com 184,4 cc, comando simples no cabeçote e refrigeração a ar -- é bicombustível e alimentado por injeção eletrônica. Tem 16,3 cv (16,4 cv com etanol), cerca de 2 cv a mais do que a Bros, e 1,65 kgfm de torque (1,66 kgfm com etanol).

Apesar dos números melhores, a diferença entre as duas não é tão notada na prática porque em médios regimes o motor de 190 cc é um pouco preguiçoso -- ele só acorda depois dos 5.000 giros. A velocidade final fica perto dos 120 km/h.

Mas o consumo é razoável. Em uma unidade praticamente zero, portanto não amaciada, a XRE 190 fez em média 31,2 km/litro.

Mais equipada

A XRE 190 tem painel digital, outro diferencial em relação à Bros, com velocímetro, conta-giros, computador de bordo, hodômetros, relógio e marcador de combustível.

Além disso, traz como diferencial o freio ABS (antitravamento). Simples, de um canal, ele atua somente na roda dianteira, mas evita que o piloto "perca" a frente da moto ao frear com ímpeto no piso molhado ou estradas de terra.

A roda traseira, também equipada com disco, ainda derrapa, mas é possível manter o controle e frear com mais confiança.

Vantagens em relação à 300

De acordo com executivos da Honda, o novo modelo pretende atender ao motociclista que sai da Bros e almeja a XRE 300, mas ainda não pode alcançá-la. E não apenas pelo preço.

Apesar dos mesmos nome e visual, vale dizer que a XRE de 190 cc passa longe de ter o bom desempenho para longas viagens e disposição para o off-road da XRE 300. Sem contar que o sistema ABS no modelo maior é bem mais eficiente.

Mario Villaescusa/Infomoto
Freio ABS atua somente na roda dianteira e permite que a traseira derrape, mas ajuda Imagem: Mario Villaescusa/Infomoto

Vendas

A Bros 160 foi em 2015 a terceira moto mais vendida do Brasil, com mais de 165 mil unidades. A ideia de criar uma "trail urbana" foi tão boa, que a rival Yamaha logo seguiu a tendência com a XTZ 150 Crosser.

A ideia é a mesma com a XRE 190, uma boa opção para quem procura um modelo confortável e seguro para rodar na cidade, por um preço não tão caro quanto os modelos de 300 cc.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo