Carros

Honda 125i Fan, a CG de entrada, promete fazer 50 km/l a R$ 6.790

Cicero Lima

Da Infomoto

30/05/2016 18h04

Atual motocicleta mais barata da Honda -- Pop 110 e Biz 100 são consideradas motonetas --, a CG 125i Fan chegou à linha 2016 com várias mudanças. Além do novo nome, ganhou painel de instrumentos digital e motor dotado de injeção eletrônica e catalisador.

Preço sugerido é R$ 6.790, sem contar o frete, nas cores preta e vermelha. 

Mario Villaescusa/Infomoto
Proposta da utilitária é quase puramente urbana, embora pico de consumo sugira uma interessante (e um tanto utópica) autonomia de 800 quilômetros Imagem: Mario Villaescusa/Infomoto
Apesar das novidades, ainda estamos falando de um modelo de entrada, destinado a quem busca economia. Isso fica evidente pelo uso de partida por pedal (posicionado do lado direito.

Assim, é através dos velhos solavancos com os pés que o piloto aciona o pequeno motor de 124,7 cc. Este é capaz de atingir modestos 11,8 cv de potência (a 8.500 rpm) e 1,06 kgfm de torque (a 5.000 giros). Com tais números, a pequena utilitária de 107 kg (a seco) chega à velocidade máxima de pouco mais de 100 km/h.

Ao contrário de outras representantes da linha CG, que são flex, a Fan bebe só gasolina. Autonomia agrada: medições de Infomoto indicaram impressionante pico de 57 km/l no circuito misto cidade/estrada. O tanque, com tampa basculante que facilita o abastecimento, tem capacidade para 14,6 litros e projeta incrível autonomia de 800 km.

Tamanha eficiência em consumo compensa o desempenho modesto do propulsor. A falta de força pode ser sentida, principalmente, em subidas e/ou com garupa. É preciso fazê-lo girar alto e reduzir marchas constantemente. É o preço que se paga para atender às leis antipoluição e também para atingir médias constantes em torno dos 50 km/l.

FICHA TÉCNICA - Honda CG 125i Fan
+Preço:
R$ 6.790
+Motor: 124,7 cm³; monocilíndrico; OHC; arrefecido a ar
+Potência: 11,8 cv (a 8.500 rpm)
+Torque: 1,06 kgfm (a 5.000 rpm)
+Alimentação: injeção eletrônica
+Câmbio: cinco marchas
+Dimensões: 1,98 m (c) x 73,7 cm (l) x 1,07 m (a)
+Peso: 107 kg (a seco)
+Tanque de combustível: 14,6 litros 

Mario Villaescusa/Infomoto
Embora seja versão simplificada das demais CG, painel da CG Fan 2016 é totalmente digital Imagem: Mario Villaescusa/Infomoto

Conforto mínimo

Para conter o ímpeto comedido da CG Fan, a Honda manteve o antiquado freio a tambor nas duas rodas. Se, por um lado, o sistema não transmite a mesma confiança do disco, cumpre seu papel sem sustos e ainda oferece manutenção de baixo custo. A regulagem, por exemplo, é feita por meio de um parafuso.

Esqueça tecnologias como freios combinados ou ABS (sistema antitravamento), obrigatórias a partir de 2019. Isso significa que, nesta configuração, a CG 125i já nasce com prazo de validade.

Mario Villaescusa/Infomoto
Faróis angulosos em leve "V" são inspirados na CG Titan, a "moto-chefe" da linha Imagem: Mario Villaescusa/Infomoto
Rodas raiadas aro 18 são calçadas por pneus Levorin (90/90 na dianteira; 80/100 na traseira). Quadro é do tipo diamante, enquanto suspensões usam garfo convencional na parte da frente e sistema bichoque na traseira. Destaque para o escapamento, cuja proteção metálica sugere uma moto mais sofisticada.

Capaz de conviver com os obstáculos urbanos, o conjunto oferece um razoável nível de conforto.

O novo painel, uma versão simplificada do equipamento presente nas outras CG, agrega hodômetros (parcial e total) e marcador de combustível em tela totalmente digital e monocromática. Por outro lado, a pedaleira do garupa segue fixada diretamente na balança. Solução tão tradicional como a própria moto.

A título de comparação a CG mais sofistica, a 160 Titan, está cotada em R$ 9.755, quase 50% mais cara, porém com freio combinados e disco na dianteira, partida elétrica, além de um motor com melhor desempenho e um visual mais sofisticado. 

Mario Villaescusa/Infomoto
Sistema de freios persiste com os obsoletos tambores nas duas rodas; se não há lugar para os discos, quem dirá para itens como ABS ou frenagem combinada Imagem: Mario Villaescusa/Infomoto

Baixíssimo custo

A grande vantagem da CG Fan é oferecer infinidade de opções no mercado de reposição. Uma lona de freio pode sair por menos de R$ 20. Cada pneu original custa R$ 100. Além disso a Honda oferece três anos de garantia, com direito a sete trocas de óleo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo