Carros

Zero DSR quer provar que moto elétrica pode ser divertida; conheça

Aldo Tizzani

Da Infomoto

17/04/2016 08h00

Marca californiana de motos elétricas com passagem relâmpago no Brasil (entre 2011 e 2012), a Zero Motorcycles apresentou nas últimas semanas a DSR, modelo aventureiro de alto desempenho.

Disposta a oferecer esportividade e versatilidade, o novo modelo é equipado com o motor elétrico Z-Force, de 13 kWh (cerca de 55 cv), que oferece 56% a mais de torque e 25% a mais potência em relação às versões anteriores.

Nos Estados Unidos, a estreia da moto acontece ainda neste mês por US$ 12.795, cerca de R$ 47 mil em uma conversão direta, sem taxas ou impostos.

Divulgação
Nos EUA, Zero DSR custa US$ 12.795 Imagem: Divulgação

Ciclística de primeira

A topa-tudo da Zero traz ciclística refinada: suspensão da grife Showa e freios com sistema antitravamento (ABS) da Bosch. Na dianteira, garfo telescópico invertido (upside-down) com tubos de 41 mm, múltiplas regulagens, e bons 178 mm de curso; e freio com disco simples de 320 mm e ABS de ultima geração.

Na traseira, há suspensão mono-amortecida com vários ajustes e 179 mm de curso; no sistema de freio, disco simples de 245 mm, também com sistema ABS.

Para ajudar a absorver os solavancos e manter a aderência, além de proporcionar frenagens mais eficientes, a Zero DSR utiliza pneus Pirelli: MT-60 100/90 19 (de uso misto) na dianteira; na traseira, MT-60 130/80 17.

Em sua configuração standard, ela pesa apenas 161 kg.

Divulgação
Motor elétrico de 13 kWh é capaz de gerar 55 cv de potência e 9,38 kgfm de torque Imagem: Divulgação

Força e diversão

O motor Z-Force foi reajustado para render mais potência e torque. Alimentado por bateria de célula de ion-lítio, ele é capaz de render 13 kWh, cerca de 55 cv, e 9,38 kgfm de torque instantâneo, já que não há rotação.

Mesmo com toda essa força, a moto tem autonomia para rodar até 190 quilômetros em circuito misto (cidade, estrada ou campo) e dura, no mínimo, três horas. Para carregar, ela precisa apenas de uma tomada 110 ou 220 volts e um adaptador.

De acordo com a Zero, a DSR é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas quatro segundos e a velocidade máxima pode chegar a 158 km/h. 

Como comparação, a Honda CB 500X, crossover de média capacidade, tem 50,4 cv (a 8.500 rpm) e 4,55 kgfm de torque (a 7.000 rpm) -- metade da força da moto elétrica em um giro de rotação relativamente alto.

Analisando os números, a Zero DSR não deve nada a um modelo com motor a combustão: oferece uma aceleração emocionante, mas sem barulho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo