Carros

MV Agusta Brutale 1090RR fica mais tecnológica sem deixar lado arredio

Arthur Caldeira

Da Infomoto

06/05/2014 16h31Atualizada em 06/05/2014 16h33

Conhecida por sua esportividade e desenho inconfundível, a MV Agusta Brutale 1090 RR ficou mais potente e tecnológica em sua reestilização para 2014. Topo de linha da marca, o modelo agora conta com um motor tetracilíndrico de 158 cavalos, além de freios ABS, controle de tração e suspensões modernizadas.

Na parte estética, mais alterações: um pequeno filete de LEDs na carenagem, que envolve o painel, belas rodas de alumínio com 10 pontas, mais leves, e novo esquema tricolor de pintura. Apesar dos novos componentes, a máquina montada em Manaus (AM), na fábrica da Dafra, continua com o mesmo preço sugerido da antecessora (R$ 64.000), e também segue focada no desempenho.

O propulsor 4-cilindros de 1.078 cm³, por exemplo, recebeu mudanças no sistema de alimentação e válvulas, para aprimorar o rendimento em altas rotações. Com isso, a cavalaria foi aumentada de 144 para 158 cv, a 11.900 giros, enquanto o torque acabou reduzido de 11,2 kgfm, a 8.100 rpm, para 10,2kgfm, a 10.100 rotações. Nada que impedisse a máquina de manter o mesmo ronco invocado de antes.

O projeto ciclístico também privilegia a esportividade -- garfos telescópicos invertidos na dianteira, com tubos de 50 mm, e monobraço traseiro com amortecedor, ambos totalmente ajustáveis; freios com disco duplo de 320 mm e quatro pistões na dianteira e simples de 210 mm na traseira, fixado ao cubo da roda --, enquanto a ergonomia mescla características das nakeds (guidão alto e largo) e das superesportivas (joelhos ficam bem flexionados).

Renato Durães/Infomoto
Imagem: Renato Durães/Infomoto
FICHA TÉCNICA
+ Preço: R$ 64.000
+ Motor: quatro cilindros em linha, 16V, 1.078 cm³, DOHC, refrigeração líquida
+ Potência: 158 cv a 11.900 rpm
+ Torque: 10,2 kgfm a 10.100 rpm
+ Câmbio: seis marchas
+ Alimentação: injeção eletrônica
+ Dimensões: 2.100 mm (comprimento) x 780 mm (largura). Altura não informada
+ Peso: 183 kg (a seco)
+ Tanque: 23 litros

CONTRAINDICADA PARA INICIANTES
Para aproveitar a ciclística, é preciso se movimentar sobre o banco amplo e estreito, além de pressionar as pedaleiras e fazer o contra-esterço no guidão durante as curvas. E se o objetivo é usá-la para passeios, com certeza ela não foi feita para você. Em baixas velocidades, ela "reclama", o motor emana calor, o ângulo de esterço fica limitado e a embreagem não é das mais macias, patinando em baixos giros.

(QUASE) INDOMÁVEL

  • Relação de marchas curtas com acelerador brusco deixa a Brutale 1090RR propensa a empinadas no momento do arranque

Pilotá-la de forma mais esportiva também tem suas peculiaridades: não dá para posicionar os pés só com as pontas nas pedaleiras ajustáveis, algo indicado em qualquer esportiva, nem para usar botas para motos, pois os calcanhares acabam tocando na cobertura das ponteiras de escape e do monobraço.

As frenagens são ariscas na frente e bastante sensíveis no pedal de trás, o que faz do ABS bastante bem-vindo. Todavia, o motociclista pode ainda optar pela configuração "Race", indicada para o uso em pistas, ou mesmo desligar totalmente o sistema.

Modos de pilotagem são dois (Normal e Sport), e o controle de tração funciona em oito níveis. Entretanto, operar esses e outros dispositivos até simples, como o odômetro, é tarefa mais complicada do que em rivais como BMW e Ducati: o acesso ao menu não é óbvio, pois não há qualquer indicação no painel e ele só aparece se o condutor pressionar um determinado botão por alguns segundos.

No modo Sport, o acelerador apresenta respostas muito bruscas, efeito que melhora um pouco modo Normal. Já a relação de marchas é bastante curta, fazendo com que a velocidade suba sem muito esforço a limites não muito adequados à pilotagem urbana. Por tudo isso, é possível dizer que a Brutale é feita para quem procura uma naked ideal para acelerar de verdade, mas não tão indicada a quem quer apenas desfilar as belas linhas de uma MV Agusta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo