Carros

Honda CB 500F vale por ser barata, dócil e econômica

Arthur Caldeira

Da Infomoto

29/11/2013 14h46

Muitos torceram o nariz para as especificações da nova Honda CB 500F. Afinal, seu motor bicilíndrico de 471 cm³ não produz potência -- 50,4 cv a 8.500 rpm -- e nem torque -- 4,55 kgfm a 7.000 giros -- dos mais empolgantes. Também não possui componentes de grife, nem é a moto mais rápida (chega a 185 km/h, de acordo com a fabricante) ou a mais leve (180 kg a seco) do segmento.

Mas é preciso entender a proposta dessa família. A CB 500F é a versão naked de uma plataforma mundial criada pelos japoneses, que também conta com a carenada CBR 500R e a crossover CB 500X, ambas ainda a serem lançadas no Brasil. Seu objetivo é ser um modelo barato, amigável e econômico, para atrair um público jovem e sem muitas reservas na conta bancária. Tal conceito, aliás, foi seguido também pela linha 650F.

Por isso, a fabricante montou a moto com chassi tubular em aço, mais barato, e usando suspensões convencionais. Consequentemente, os preços ficaram na casa de R$ 22.000 para a versão básica e R$ 23.500 naquela equipada com freios ABS.

Mesmo assim, a CB 500F é bem acabada -- o painel digital e o assento em dois níveis não parecem ser de um modelo "barato" -- e possui visual moderno, com traços angulosos. As rodas em liga leve, de 17 polegadas e relativamente largas na traseira (160/60), ajudam a dar um porte  mais robusto. Até o escapamento, bastante criticado, é bem desenhado, embora simples e de estética duvidosa.

EM AÇÃO
Em teste pelas ruas de São Paulo, impressionou a agilidade da 500F, mesmo pesando 180 kg. A sensação é de uma moto leve, em boa parte porque o banco fica a somente 78,5 cm do solo. O baixo nível de vibração também surpreende, apesar do motor com dois cilindros paralelos. 

O propulsor, aliás, até entrega certa força nas rotações mais baixas, muito porque a relação de marchas deixou as três primeiras bem curtas, facilitando a arrancada. Isso permite que o motociclista ande boa parte do tempo em quarta, e o resultado é um consumo baixo, variando entre 20 e 22 km/l na cidade.

Na estrada, então, raramente se usa o câmbio, deixando a sexta engatada em boa parte do tempo, exceto para realizar uma ou outra ultrapassagem. Com vento contra, entretanto, os giros e a velocidade sobem com certa preguiça, deixando claras as limitações do modelo.

Em trechos sinuosos, a CB 500F permite boas inclinações tanto em curvas fechadas como abertas. Obediente, a moto mantém a trajetória sem dificuldades, transmitindo segurança. Mas o melhor é a média de consumo, aferida em 26,8 km/l. Sob chuva, a falta de potência e torque chega até a ser uma vantagem, e o sistema ABS dá segurança.

 
FICHA TÉCNICA - HONDA CB 500F
+ Preço: R$ 22.000 (versão básica) e R$ 23.500 (com freios ABS) 
+ Motor: DOHC, dois cilindros, quatro tempos, 471 cm³, refrigeração líquida
+ Potência: 50,4 cv a 8.500 rpm
+ Torque: 4,55 kgfm a 7.000 rpm
+ Câmbio: seis marchas
+ Alimentação: injeção eletrônica
+ Dimensões: 2.075 mm x 780 mm x 1.060 mm
+ Peso: 180 kg (a seco)
+ Tanque: 15,7 litros

IMPERFEITA, SIM, MAS ATÉ DIVERTIDA
Por tudo isso, a nova 500 cc ficou fácil de conduzir: a posição de pilotagem é confortável e não cansa, mesmo depois de andar 300 km, e os engates do câmbio são bastante suaves. À noite, o conjunto óptico dianteiro ilumina bem. 

Em algumas frenagens mais bruscas, contudo, a motocicleta inclina de leve para o lado direito, provavelmente por possuir disco simples na roda dianteira. As posições invertidas das setas e buzina no punho também incomodam um pouco, e faltam itens para facilitar a vida do condutor, como um para-brisa ou ganchos para amarrar bagagens.

O veredito é que a CB 500F está longe de ser perfeita e empolgante, mas é única no mercado e cumpre bem sua função, sendo economicamente acessível, ótima para iniciantes e até divertida.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo