Carros

MV Agusta apresenta a Rivale 800 em Milão

Aldo Tizzani/Infomoto
Três cilindros, 125 cv e design radical são marcos da MV Agusta Rivale 800, destaque do Eicma 2012 Imagem: Aldo Tizzani/Infomoto

Aldo Tizzani

Da Infomoto, em Milão (Itália), especial para o UOL

14/11/2012 13h10

Três cilindros, 800 cc, 125 cv e um design pra lá de radical. Esta é a nova MV Agusta Rivale que, com certeza, é uma das motos que mais chama a atenção no Salão de Motos de Milão (EICMA 2012). A Rivale 800, à exemplo da nova naked Brutale 800, que também faz sua estreia no evento, é destinada ao público jovem.

Caprichosamente montada, ela oferece números de desempenho que irão agradar a motociclistas que buscam uma moto para acelerar e serem vistos ao guidão. A Rivale 800 estará disponível na Itália a partir do segundo semestre de 2013, ao preço de 10.990 euros. No Brasil, deve chegar apenas em 2014.

Com um olhar mais atento à moto, percebe-se que se trata de um produto italiano, feito de pequenos detalhes que, unidos, formam uma obra de arte sobre duas rodas. O quadro em treliça e as três saídas de escape do lado direito somam-se aos piscas em LED, fixados na haste do espelho retrovisor que, por sua vez, também servem como protetores de mão.

O "gran finale" fica para o conjunto óptico traseiro formado por duas colunas estrategicamente colocadas nas laterais da rabeta -- e que integram lanterna, luz de freio e setas indicativas. Já o painel de instrumentos é totalmente digital. Em alguns ângulos, a nova Rivale chega a lembrar a Ducati Hypermotard.

TRÊS CILINDROS
A Rivale 800 amplia a gama de modelos equipados com motores de três cilindros, que estreou nas F3 e Brutale 675 e agora está presente na Brutale de 800 cc, outra novidade da marca em Milão. Em ambos os modelos, segundo a marca, a potência é entregue de forma suave em função da adoção da tecnologia MVICS (Motor & Vehicle Integrated Control System), além de três configurações dos mapas de gerenciamento do motor. As respostas são rápidas em função do acelerador eletrônico (ride-by-wire).

Com propulsor de três cilindros e 125 cv, pesando apenas 170 quilos, tudo indica que a Rivale terá uma “tocada” radical, porém controlada, já que o modelo conta com par de discos frontais de 320 mm de diâmetro, com pinças de quatro pistões Brembo e fixação radial e, na traseira, disco simples de 220 mm de diâmetro, com cáliper de dois pistões. Para completar, ainda há o conjunto ciclístico, com suspensões Marzocchi (dianteira) e Sachs (traseira), com várias opções de regulagens.

Viagem a convite do Instituto Italiano para Comércio Exterior (ICE)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo