Carros

Salão da Motocicleta acontece nesta semana e mostra modelos que já estão no mercado

Carlos Bazela/Infomoto
Crypton Cores: a pequena CUB da Yamaha chega em 2013 em novas opções de cores, mais jovens Imagem: Carlos Bazela/Infomoto

Carlos Bazela
Aldo Tizzani

Da Infomoto

08/11/2012 15h42

Nesta semana, o Salão da Motocicleta abre suas portas e apresenta ao público motos e acessórios que já podem ser encontrados nas concessionárias e lojas de todo o país. Realizado no Centro de Exposições Imigrantes, entre 6 e 11 de novembro, o evento expõe mais de 300 motocicletas e cerca de 200 expositores, que foram divididos nos 40 mil m² do pavilhão.

O evento também traz alguns lançamentos de motos de média e alta cilindradas como, por exemplo, a renovada Yamaha XJ6 2013, nas versões naked e carenada, que ganharam o mesmo face-lift apresentado recentemente na Europa. Destinada ao mototurismo, a Kawasaki Versys 1000 Gran Tourer ganhou malas rígidas para transportar bagagem. O salão também está expondo os requintados scooters da marca italiana Piaggio.

MAIS DE 15 MIL POR DIA
Com expectativa de ultrapassar os 100 mil visitantes durante os seis dias, o Salão reúne algumas das mais importantes marcas do país presentes por meio de suas concessionárias e representantes oficiais. “Muito mais do que uma exposição, o Salão é um espaço de experimentação, no qual o visitante poderá vivenciar um pouco do universo do motociclismo”, afirma Alberto Pellegrini, diretor da Megacycle, empresa organizadora do evento.

SCOOTERS PREMIUM
O bom momento vivido pelas motos de alto valor agregado no mercado brasileiro se reflete nos lançamentos expostos no evento. Entre eles, metade é composta por motocicletas a partir de 600 cc e a outra engloba os modelos de menor capacidade cúbica, mas que são sinônimos de exclusividade para quem pilota. É o caso do Grupo Piaggio, representado no evento pela Global Scooters.

A concessionária paulista apresentou no evento os scooters italianos que passa a comercializar no país a partir deste final de ano. Entre eles está o MP3 YOUrban, com motor de 300cc e que chama a atenção por sua arquitetura em “Y”, com duas rodas dianteiras paralelas. O preço sugerido é de R$ 37.900. O requintado Beverly 300, com design esguio também chega ao país por R$ 27.900.

A famosa Vespa também está no estande e mais retrô do que nunca. O Vespa 300 GTV “Vie della Moda” tem design alusivo aos scooters da década de 1950, com farol fixado sobre o para-lama dianteiro, guidão cromado e banco bipartido revestido em couro. O preço sugerido é de R$ 31.900.

Entre os scooters de menor cilindrada, o destaque fica por conta de outra versão da Vespa, a LX 150 i.e., que chega por R$ 17.900. Além disso, estavam lá o Star 200, da marca LML, com design semelhante ao da saudosa PX 200, vendido por R$ 11.900 e o Motorino, importado da China pela Northstar, e que possui visual semelhante aos modelos da Lambretta. O scooter retrô de 150 cc chega no primeiro semestre de 2013 por R$ 8.900.

LINHA BRANCA
Outro detalhe que chamava a atenção nos corredores do pavilhão era a quantidade de motos na cor branca, seja em reformulações ou modelos inéditos. A Versys 1000 Grand Tourer, grande lançamento da Kawasaki, é um dos exemplos. Lançada este ano no Brasil, a moto conta com o mesmo propulsor de quatro cilindros em linha de 1.043 cm³ e itens eletrônicos -- como o controle de tração -- do modelo standard, com a adição das malas laterais rígidas de 17 litros cada e do topcase com capacidade para 47 litros. O preço sugerido para da moto é de R$ 56.990.

A Honda apostou no branco em sua naked mais vendida, a CB 600F Hornet. Já a Yamaha escolheu a cor para as três motos da família Ténéré e passa a oferecer os modelos de 660 cc e 1200 cc em branco com grafismos vermelhos, que já estava disponível para a caçula, de 250 cc. Para padronizar as bigtrails da marca, a XT 660R também passa a contar com o branco como opção de cor.

Cores, aliás, são o mote da marca no evento. Pela primeira vez o esquema de cores Racing Blue para os modelos Fazer 250 BlueFlex, Factor YBR 125 e Crypton T115 foi apresentado ao público. Esta série limitada ganhou pintura alusiva às cores da Yamaha (azul e branco) nas competições de motovelocidade. Outra surpresa foi a aparição da linha XJ6 2013 (naked “N” e carenada “F”), já com o mesmo visual da versão recém-lançada na Europa. Os preços devem variar entre R$ 28 mil e R$ 31 mil. Em janeiro, a XJ6 F também ganhará roupagem Racing Blue. Outra novidade da Yamaha foi a família Crypton Cores, que reformula a CUB da marca japonesa com opções de cores mais jovens, como o verde metálico, por exemplo.

PARA TODOS OS GOSTOS
Os fãs dos modelos de motocross e enduro também têm o que ver no Salão. De origem chinesa, a XM 250 4v da XMotos traz motor monocilíndrico quatro tempos de 249,6 cm³ capaz de gerar até 26 cv. O modelo conta com suspensão dianteira invertida (upside down) e bateria com gel ao invés das tradicionais, que funcionam com ácido. O preço sugerido ao consumidor é de R$ 15.800.

Para quem curte motos customizadas, o evento traz muitas atrações. Entre diversos modelos da Harley-Davidson (e até uma Yamaha V-Max) que a oficina Easy Raiders de Santa Catarina trouxe ao Salão, uma delas se destaca. Trata-se de uma edição especial da Fat Boy, feita originalmente para comemorar os 105 anos da marca, que teve peças banhadas em ouro -- entre elas, tampa do motor, pedais de câmbio e freio, pedaleiras avançadas, protetor da correia dentada, punhos e tampa do tanque de gasolina. Batizada de Black Gold, a moto tem outros diferenciais, como a roda traseira de 300 mm, a adoção da suspensão dianteira da superesportiva Triumph Daytona 955 e carburação Vince & Hines.

O desempenho da moto também foi trabalhado com a instalação de um Power Commander, que elevou a potência a 146 cv. Para o customizador Betão Rosa, proprietário da Easy Raiders, “o grande desafio deste projeto foi fabricar o tanque de combustível e, é claro, banhar as peças em ouro”. O projeto foi feito a pedido de um empresário do Mato Grosso que, segundo Rosa, já recebeu uma proposta de R$ 150 mil pela moto e recusou.

DO LADO DE FORA
Para aumentar a interação com o público, o Salão da Motocicleta também conta com uma área externa de 18 mil m² na qual as marcas oferecem test ride dos seus modelos e também acontecem exibições de Wheeling, Motocross Freestyle e cursos de pilotagem defensiva, que contam com a participação da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

SAIBA MAIS
Salão da Motocicleta 2012
Data: 6 a 11 de novembro
Local: Centro de Exposições Imigrantes
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 -- a 850 metros da estação de metrô Jabaquara -- São Paulo/SP
Horários de visitação:
Terça-feira (06/11) -- 14h às 21h -- Entrada permitida somente para ingresso visitante VIP
Quarta a Sexta-feira (07/11 a 09/11) -- das 13h às 21h
Sábado (10/11) -- das 10h às 21h
Domingo (11/11) -- das 10h às 19h
Ingressos:
Adulto (maiores de 12 anos) -- R$ 30,00
Crianças (de 5 a 12 anos) -- R$ 15,00
Estudante (com apresentação de comprovante) -- R$ 15,00
Site oficial do evento: www.salaodamotocicleta.com.br 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo