Carros

KTM 1190 Adventure, emblema da marca, ganha modernidade e potência

Arthur Caldeira/Infomoto
Hubert Trunkelpoz, diretor comercial da KTM, à esquerda, apresenta a nova 1190 Adventure no Salão de Colônia Imagem: Arthur Caldeira/Infomoto

Arthur Caldeira

Da Infomoto, em Colônia (Alemanha)

05/10/2012 16h20

A big-trail Adventure é uma espécie de cartão de visitas da austríaca KTM. Justamente por isso, a fábrica apostou alto e renovou completamente o modelo. As fotos haviam vazado na última semana, antes do Salão de Colônia 2012, mas as especificações só foram reveladas durante o evento.

Sabia-se que o propulsor seria o mesmo da esportiva RC8: um V2 de 1.195 cc, porém ajustado para oferecer mais torque. A potência divulgada, de 150 cv, vai além disso: faz a nova 1190 Adventure rivalizar com a italiana Ducati Multistrada pelo posto de big-trail mais potente.

As novidades não param por aí. O desenho é completamente novo e, diga-se, mais moderno e de bom gosto. Além disso, a moto ganhou pacote eletrônico completo para enfrentar as concorrentes: controle de tração de última geração, suspensões ajustáveis eletronicamente, quatro modos de pilotagem e sistema ABS, que pode ser desligado na roda traseira.

Equipada com roda de 19 polegadas na dianteira, a Adventure foi anunciada como uma verdadeira moto de enduro para turismo. Para os pilotos mais estradeiros, a KTM mostrou ainda a versão “R”, equipada com roda aro 21 na frente e protetor de motor de série.

LONGE DO BRASIL
Os fãs brasileiros da marca austríaca ainda terão de esperar algum tempo antes de terem a nova KTM Adventure 1190 à disposição. Isso porque a marca está em uma briga judicial com seu antigo representante no país, o Grupo Izzo, o mesmo que representava a Harley-Davidson, Triumph, Husqvarna e Ducati.

Questionado pela reportagem sobre a situação da marca no Brasil, o diretor comercial da marca, Hubert Trunkenpolz, respondeu que “a melhor pessoa para responder a pergunta era o próprio Paulo Izzo”, em referência ao diretor da empresa brasileira. Mais contido, Trunkenpolz finalizou dizendo que a disputa judicial ainda está em julgamento e que não poderia se pronunciar mais sobre o assunto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo