Carros

Ducati Streetfighter 848 faz sua estreia mundial no Anhembi

Doni Castilho/Infomoto
Ducati Streetfighter 848 tem seu lançamento mundial em São Paulo Imagem: Doni Castilho/Infomoto

Da Infomoto

04/10/2011 19h12

O amadurecimento do mercado brasileiro de duas rodas, aliado à estabilidade da economia e ao potencial que o segmento pode atingir -- dobrar em poucos anos -- faz com que várias marcas internacionais voltem suas atenções ao Brasil. Em várias oportunidades, a marca italiana Ducati já deixou clara sua intenção de se estabelecer de forma mais atuante em território nacional.

O objetivo será montar os modelos em Manaus (AM), porém a decisão definitiva só sairá em 2012. Para o Salão Duas Rodas o ícone italiano trouxe duas obras de arte sobre rodas: a naked (sem carenagem) Streetfighter 848 para sua estreia mundial e a edição especial AMG da Diavel, que foi apresentada no Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, e faz sua avant-première aqui em São Paulo em um evento exclusivo do mercado de suas rodas.

NAKED ITALIANA
A Streetfighter 848 nasce com a proposta de ser um pouco mais dócil e mais acessível do que sua irmã mais velha, a 1098. Estrela do estande da Ducati no Brasil, a nova naked da Casa de Borgo Panigale também será um dos destaques da marca durante o Salão de Milão (Eicma 2011), que acontece de 8 a 13 de novembro, na Itália. O modelo deverá estar disponível em 2012 simultaneamente para os mercados europeu, norte-americano e brasileiro. A nova streetfighter será vendida em três opções de cores: vermelha, amarela e preta fosca.

O modelo está equipado com o motor Testastretta, de dois cilindros em L, 849cm³ de capacidade, semelhante ao usado na superesportiva 848 Evo, porém mais "manso". Este propulsor gera pouco mais de 130 cv de potência máxima. Montada sobre o tradicional quadro em treliça, a naked italiana contará com os potentes freios Brembo de fixação radial na dianteira. Além do design radical, outro diferencial da nova Streetfighter 848 ficará por conta da adoção do controle de tração (DTC).

MOTO AMG
Já a Diavel AMG é fruto da parceria entre a Ducati e a divisão de preparação da Mercedes-Benz, a AMG. Baseada na Diavel Carbon, a Diavel AMG Special Edition conta com rodas de cinco raios de alumínio forjadas com desenho praticamente igual ao utilizado na Mercedes SLS AMG e laterais de fibra de carbono com telas de alumínio e ponteira do escape em titânio. Na parte estética, a Diavel AMG traz o quadro em treliça pintado em branco. Já a capa do tanque de combustível e a rabeta também receberam um faixa branca que, em conjunto com a capa do banco em couro alcântara, dando um ar mais requintado ao modelo.

A Ducati Diavel AMG está equipada com motor dois cilindros em L, Testastretta 11°, distribuição desmodrômica, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento à líquido. Com 1198,4 cm³ de capacidade, o propulsor entrega 162 cv de potência máxima a 9500 rpm e 13 kgfm de torque máximo a 8000 rpm. A Diavel AMG está avaliada em R$ 100 mil, já que é uma série limitada e quase uma peça de colecionador.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo