Carros

XT 660Z Ténéré e edição limitada da YBR Factor 125 são atrações da Yamaha

Doni Castilho/Infomoto
A Yamaha M1, moto campeã da MotoGP em 2010, está exposta no estande da marca Imagem: Doni Castilho/Infomoto

Da Infomoto

03/10/2011 19h04

Nessa edição do Salão Duas Rodas, a Yamaha correspondeu às expectativas do mercado ao apresentar a nova XT 660Z Ténéré, trail de média cilindrada que será comercializada a partir deste mês. Com a chegada da Ténéré 660, o Brasil passa a ser o único país no mundo onde a Yamaha disponibiliza os três modelos da linha Ténéré, que também conta com motos de 1200cc e 250cc -- esta última que chega agora nas cores azul, como os outros membros da família, e em uma mescla inédita de preto e marrom.

Ao lado da XT 660R, a nova Ténéré chega voltada para um motociclista que deseja uma moto confortável para viagens longas e também uma companheira fiel para enfrentar estradas de terra.

Seu motor quatro tempos monocilíndrico OHC (comando simples no cabeçote) de 660cc é capaz de gerar até 48 cv a 6000 rpm. O torque de 5,95 kgfm a 5500 rpm aliado com a suspensão traseira tipo monocross de 200 mm de curso e o garfo telescópico dianteiro confirmam a vocação fora de estrada da nova trail da Yamaha, que estreia no Brasil após quatro anos de seu lançamento no exterior.

O conjunto óptico, composto por farol único e retangular, é uma das diferenças desta Ténéré para suas irmãs. Na parte ciclística, mais mudanças em relação a XT 660R. A XT 660Z Ténéré tem guidão mais alto e uma posição de pilotagem mais agressiva. O preço sugerido é de R$ 30.500.

 

Outra atração da marca dos três diapasões na feira, que este ano ocupa três estandes, é a YBR Factor 125 Black Edition, feita para comemorar a marca de 1 milhão de motos produzidas do modelo, que sairá numa edição limitada a 3000 exemplares.

A nova moto tem detalhes pintados em preto fosco (matt black), como as aletas laterais do tanque, para-lama dianteiro, tampas laterais, detalhes do motor, suporte da pedaleira traseira e o escapamento. Além disso, fitas reflexivas em vermelho nas rodas de liga leve, piscas dianteiro e traseiro com lentes cristal e novos grafismos em vermelho ao longo da moto são outras características apenas para esta versão.

O motor continua sendo o mesmo monocilíndrico, quatro tempos que a Yamaha já utiliza na linha e seu preço sugerido será o mesmo praticado para a versão ED: R$ 6.851.

OUTRAS ATRAÇÕES
Para encher os olhos, o estande da Yamaha tem ainda a YZR-M1 do piloto Ben Spies, modelo campeão da MotoGP em 2010 com seu colega Jorge Lorenzo. Também está exposta uma linha especial com motos pintados em azul e grafismos exclusivos para comemorar os 50 anos de participação da marca em competições de motovelocidade. Mesmo composta pelos modelos que a empresa já comercializa por aqui, não há previsão de essa linha comemorativa chegar às lojas. (por Carlos Bazela)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo