Carros

BMW faz lançamento mundial da G 650 Sertão no salão

Doni Castilho/Infomoto
Versão Sertão será feita em Manaus e também em Berlim, na Alemanha; custará R$ 32.800 Imagem: Doni Castilho/Infomoto

Da Infomoto

03/10/2011 17h57

A BMW abriu a maratona de coletivas na 11ª edição do Salão Duas Rodas nesta segunda-feira, 3 de outubro. A marca alemã traz duas belas novidades: a naked R 1200 R Classic e a trail G 650 GS Sertão, lançamento mundial da BMW. Derivada da G 650 GS, a versão Sertão será fabricada em Manaus (AM) e também em Berlim, na Alemanha. A moto on/off-road passa a ser vendida no país a partir de maio, com preço sugerido de R$ 32.800. Só para comparar, na Alemanha a mesma moto custará 7.650 euros.

As diferenças entre as versões GS -- modelo de entrada da montadora bávara -- e a Sertão ficam por conta das rodas raiadas (21 polegadas na dianteira e 17 polegadas na traseira), maior curso no conjunto de suspensão, com 210 mm em ambas as rodas. Além disso, a nova versão traz pintura personalizada (em banco e azul, com a inscrição "Sertão" na lateral do falso taque de combustível), para-lama alongado, bagageiro de série e para-brisa mais alto. Já o sistema de freios ABS está disponível como equipamento opcional e pode ser desativado para condução off-road. A G 650 Sertão também terá à disposição uma completa lista de equipamentos opcionais: manoplas aquecidas, sistema de alarme anti-roubo, cavalete central, soquete e assento rebaixado.

 

O motor de 650cc é o mesmo para as duas versões -- monocilíndrico, equipado com injeção eletrônica de combustível e refrigerado a líquido. O propulsor gera 48 cv de potência máxima a 6500 rpm.

Outra novidade da BMW é a R 1200 R Classic, uma naked equipada com o tradicional motor boxer, o mesmo da R 1200 GS, mas novo comando duplo no cabeçote. O propulsor de 1170 cm³ produz 110 cv de potência máxima. Moderna, a naked é uma edição especial que chega às concessionárias da marca em novembro, com preço público sugerido de R$ 61.500. O novo modelo do line-up da marca bávara apresenta, além da faixa branca que decora o para-lama e o tanque de combustível, freios ABS, controle de tração e, como opcional, ajuste eletrônico da suspensão (ESA).

MERCADO
A BMW Motorrad do Brasil está vivendo um momento muito especial desde a última edição do Salão Duas Rodas. Na época a montadora anunciou a montagem da G 650 GS em regime de CKD em Manaus (AM), em uma parceria estratégica com a Dafra. Da lá para cá, a BMW ampliou sua linha nacionalizada com a trail F 800 GS e a naked F 800R. Henning Dornbusch, presidente da BMW do Brasil, comemorou o desempenho da marca nos últimos anos. "De 2007 para 2011 tivemos um crescimento de sete vezes em volume de vendas. Devemos fechar o ano com cerca de 6.000  unidades comercializadas. As versões montadas em Manaus somam três mil unidades", detalha Henning.

"Hoje o Brasil ocupa a sexta posição nas vendas mundiais da BMW, mas estamos em ritmo acelerado para ocuparmos o lugar da Inglaterra, que deve fechar o ano com seis mil motos comercializadas", finaliza o presidente da BMW do Brasil. (por Aldo Tizzani)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo