Carros

Se essa moto fosse um carro, ela seria um...

Da Infomoto

24/06/2011 14h47Atualizada em 24/06/2011 17h41

Motos e carros são objetos tanto de paixão quanto de estudo. Temas como desempenho, prazer ao pilotar -- ou dirigir -- são contrapostos a outros mais mundanos, como desempenho de mercado, consumo de combustível e valor de manutenção. E isso, na verdade, deve-se ao fato de que motos e carros são mais parecidos do que as duas rodas a menos (ou a mais) podem deixar transparecer.

Pensando nisso, a redação da agência Infomoto, especializada no mundo de duas rodas, criou uma lista de dez duplas de motos e carros que têm propostas similares dentro dos seus mundos. São veículos que causam interesse por determinada característica, seja ela racional ou não. Vamos a eles (clique em cada item para ver as fotos):
 
Ducati 1198 SP = Ferrari 458 Italia
A Ferrari 458 Italia encabeça a nossa lista. É claro que a marca italiana, uma das mais famosas do mundo, estaria presente em uma "eleição" como essa, mas com que moto ela se parece? Tentamos fugir do óbvio, mas a decisão foi unânime: Ducati 1198 SP. Ambas italianas, Ducati e Ferrari levam a sério a construção de um veículo. Detalhes artesanais, somados a uma esportividade digna de competição, fazem dessas montadoras um ícone no desenvolvimento de seus produtos.

  •  

KTM 990 Adventure = Mitsubishi Pajero Full
A austríaca KTM estampa em seu slogan a frase "pronta para competir". É, certamente, uma das maiores marcas mundiais do fora de estrada e que traz esse know-how para as motos de rua. É o caso da KTM 990 Adventure que, embora tenha nascido nos ralis africanos, encara muitos quilômetros por qualquer caminho. E foi esse modelo, com algumas alterações, que já ganhou um rali Paris Dakar, então é bom ter respeito. Dentro dessa proposta pensamos em um carro que normalmente é visto pela cidade, mas adora um desafio maior. E o Mitsubishi Pajero Full se enquadra na categoria, por ser um legítimo representante dos ralis, e referência no 4 x 4. É a cara desta KTM, não acha?

Honda Titan = Volkswagen Gol
Um dos carros mais vendidos na história do Brasil, o VW Gol já está na sua quinta geração. Não há dúvida de que é um carro valente. Econômico, de baixa manutenção e com um valor de revenda de causar inveja aos concorrentes. Sendo sincero, essa relação (carro/moto) foi a mais fácil de ser feita. "O Gol é a Honda Titan". A moto domina as vendas do segmento há anos e faz da Honda a líder de mercado. Simples, barata e "pau pra toda obra".

Dafra Citycom 300i = smart fortwo
Esse sccoter da Dafra tem conquistado o mercado de duas rodas. Lançado em 2010, o Citycom é fruto de uma parceria com a taiwanesa SYM. Veículo robusto, embora pequeno e prático. Possui um belo espaço sob o banco e câmbio do tipo CVT transmitem muito conforto ao piloto, que com certeza tem sua vida facilitada nos grandes centros urbanos. E o carro que melhor se parece com o Citycom é o smart, da Mercedes-Benz. Prático, ideal para a cidade e ainda com torque suficiente para algumas ultrapassagens, apesar de que sua suspensão, assim como a do Citycom, sofre em nossas mal cuidadas vias.

QUASE IRMÃOS

  • Divulgação
  • Divulgação

    Vocação para a velocidade pura une a Yamaha YZF-R1 e o superesportivo Porsche 911 Speedster


Yamaha YZF-R1 = Porsche 911 Speedster
Rebaixado, esportivo, raro. Muito raro. Em setembro de 2010, a Porsche anunciou e apresentou no Salão de Paris o novo 911 Speedster, com produção limitada a 356 unidades. A quantidade é uma menção ao modelo que originou esta série especial: o 356 Speedster produzido na década de 1950. O caráter esportivo é realçado ainda mais pela cor "Pure Blue", desenvolvida exclusivamente para o Speedster. Esse tom de azul proporciona um contraste interessante com detalhes decorativos em preto, como os anéis dos faróis dianteiros e contorno do para-brisa. Lendo as informações do novo Porsche 911 Speedster vem a cabeça uma única moto, a Yamaha YZF R1. Confessamos que o esquema de cores em azul influenciou na escolha, mas não foi só isso. A esportividade única, os detalhes exclusivos, e também a tradição, tornam a R1 a cara do Porsche 911 Speedster.

Kawasaki Versys = Ford EcoSport
A Ford lançou o Ecosport como uma alternativa para levar a família para o sítio nos finais de semana. Entretanto sabemos que não é bem assim. O Ecosport é muito mais on do que off-road e a trilha escolhida não pode ser muito complicada, senão ele não passará. Todavia, na cidade o Ecosport oferece alguns mimos, como suspensão dianteira independente, um bom porta malas (296 litros) e rack para auxiliar no transporte de bagagens, além do clássico estepe no exterior da tampa traseira, característica de veículos off-road. Uma moto que corresponde bem a essas características é a Kawasaki Versys. A Versys é uma trail urbana, mas que pode dar uma fugida ao campo de vez em quando. O conjunto de suspensões e a opção de freios dotados do sistema ABS a credenciam a ir além, mas sem se empolgar.

Harley-Davidson V-Rod Muscle = Chevrolet Camaro
A Harley-Davidson V-Rod Muscle não é o modelo mais potente da marca norte-americana e também não contorna curvas tão bem quanto a sua irmã mais nova, a XR 1200. Além disso, não é a mais confortável da linha se compararmos com a Electra Glide Ultra Classic. Porém, a Muscle é uma moto de personalidade forte, radical de corpo e alma. Ela conta com design arrojado traduzido pelo porte avantajado e o belo motor "V2" desenvolvido em parceria com a Porsche. O motociclista viaja, literalmente, pelas linhas angulosas desta versão mais apimentada da V-Rod, cujo desenho foi inspirado nos muscle cars americanos. Foi por isso que relacionamos o Chevrolet Camaro e a V-Rod. O Camaro tem porte musculoso e moderno nas versões atuais. Muito torque e um "quê" de esportividade, sem abrir mão da tradição que enobrece ambos os veículos.

TECNOLOGIA SOBRE RODAS

  • Divulgação
  • Divulgação

    Uma é japonesa e, o outro, alemão. Mas a Honda VFR 1200F e o Audi A8 esbanjam tecnologia embarcada

Honda VFR 1200F = Audi A8
O Audi A8 é sem dúvida um dos mais luxuosos carros fabricados atualmente. Muita tecnologia embarcada, transmissão automática e câmbio tiptronic, além de um motor V8 com mais de 350 cavalos. Ou seja, tecnologia de ponta proporcionando conforto e segurança ao motorista. E se há uma moto que seria o Audi A8 de duas rodas, esta seria a Honda VFR 1200F. A nova sport-touring da Honda chegou com o inédito câmbio DCT (Dual Clutch Transmission), além de um motor V4 que gera 173 cv de potência máxima. Há duas opções de pilotagem na VFR 1200F, automático e manual. No modo AT, basta acelerar e rodar. Já no modo MT, o piloto sobe ou desce marcha na mão esquerda, um legítimo tiptronic. Não há dúvidas de que A8 e VFR 1200F se parecem!

Kawasaki Z750 = Fiat Bravo T-Jet
A Fiat está lançando no mercado o Bravo T-Jet. Com um propulsor italiano 1.4 turbo, que já está disponível no Punto e no Linea, a versão esportiva do Bravo gera 152 cavalos de potência. Ele ainda pode ser equipado com itens tecnológicos inéditos da marca no país, como sensor de pressão de pneus, sensor de estacionamento dianteiro, sistema de entretenimento que reúne as funções do MP3 player e GPS, novo teto solar elétrico, rodas de 18 polegadas e airbag para o joelho do motorista. Enfim, o novo Bravo não é um carrinho qualquer. E a nossa representante de duas rodas escolhida para ser associada com o Bravo é a Kawasaki Z750. Uma moto que também é mais semelhante aos modelos topo de linha. Urbana, mas com agressividade visual e mecânica para rodar com estilo e esportividade.

BMW K 1600 GTL = Bentley Continental GT
Os automóveis ingleses que ostentam o sobrenome de Walter Owen Bentley são sinônimos de luxo e exclusividade, sem deixar de lado a esportividade e o prazer ao dirigir. Assim é o Bentley Continental GT. Esse luxuoso sedã é um bom exemplo de como a marca inglesa conserva seu legado esportivo, com muito conforto e um ar aristocrático inconfundível. Essas características são vistas na BMW K 1600 GTL, lançada em 2010. Não seria um exagero dizer que a moto oferece o conforto digno de um carro de luxo. Além do espaçoso banco, malas laterais e top case de série com capacidade para 115 litros, o modelo GTL tem completo sistema de navegação Garmin, banco e manoplas aquecidas e traz ainda o sistema de faróis direcionais, inéditos em motocicletas. O Bentley Continental GT e a BMW 1600 GTL oferecem acessórios que merecem uma reportagem só deles, mas já deu pra perceber que semelhanças não faltam entre estes dois veículos. (por André Jordão)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Carros

Topo