Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://carros.uol.com.br/motos/album/mobile/2014/09/02/honda-domina-ranking-de-motos-mais-roubadas-em-sp.htm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140902143043
Fotos

1º) Yamaha Fazer 250<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Infomoto Mais

2º) Honda CG 150<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Doni Castilho/Infomoto Mais

3º) Honda CB 300R<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Doni Castilho/Infomoto Mais

4º) Honda XRE 300<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Mário Villaescusa/Infomoto Mais

5º) Yamaha Ténéré XTZ 250<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Gustavo Epifanio/Infomoto Mais

6º) Honda CG 125<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Divulgação Mais

7º) Honda CBX 250 Twister (fora de linha)<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Divulgação Mais

8º) Honda NX4 Falcon (fora de linha)<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Renato Durães/Infomoto Mais

9º) Honda CB 600F Hornet (fora de linha)<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Renato Durães e Caio Mattos/Infomoto Mais

10º) Honda NXR 150<br><br>Honda (com oito modelos) e Yamaha (dois) formam o ranking de dez motos mais roubadas/furtadas em SP<br><br>Levantamento da empresa especializada em rastreamento veicular Ituran aponta modelos mais visados na cidade de São Paulo e na Grande São Paulo; dias mais perigosos são sábado e domingo (com 17% dos índices de roubo e furto), quarta e quinta-feira (15%), sempre no começo da noite (23% de ocorrências entre 20h e 23h). Na capital, os bairros com mais ocorrências são: Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo e Tatuapé (Zona Leste), Barra Funda (Zona Oeste), Campo Limpo, Pedreira e Vila Mariana (Zona Sul). Doni Castilho/Infomoto Mais

Honda domina ranking de motos mais roubadas em SP

Veja mais: VEJA RANKING DOS CARROS MAIS VENDIDOS EM AGOSTO

Últimos álbuns de Motos

UOL Cursos Online

Todos os cursos