Topo

Mão na roda

Veja quais são os 10 carros mais baratos do Brasil com câmera de ré

Divulgação
Renault Kwid Intense 2018 Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

20/05/2018 08h00

A partir de maio de 2018, a câmera de ré se tornou item obrigatório em todos os carros novos comercializados nos Estados Unidos. Afinal, o equipamento já é considerado pelas autoridades locais um importante assistente de segurança na condução. Mas e o Brasil?

Por aqui, a Resolução 717 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) promete regulamentar nos próximos meses o que chama de "sistema de visibilidade traseira", muito provavelmente tornando-o obrigatório nos próximos quatro anos.

Veja mais

+Veja quais os 20 carros mais vendidos na América Latina
+Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe
+Inscreva-se no canal de UOL Carros no Youtube
+Instagram oficial de UOL Carros
+Siga UOL Carros no Twitter

Até lá, a existência ou não da câmera de ré -- ela exibe uma imagem em tempo real do que há atrá do veículo com a marcha à ré engatada, dando mais segurança especialmente a pedestres durante as manobras -- será determinada basicamente pela demanda de mercado e pela "boa vontade" das montadoras.

Por enquanto o dispositivo é oferecido como de série em poucos modelos compactos. Uma alternativa é instalá-lo como acessório na concessionária, mas aí será preciso ter uma tela multimídia no painel para exibir as imagens.

Quer que seu próximo carro zero tenha câmera de ré e não pretende gastar tanto para isso? UOL Carros selecionou os dez modelos mais baratos do país que trazem o equipamento, seja como item de fábrica ou opcional.

De olho na segurança com esses 10

  • Renault Kwid Intense: R$ 40.990

    Câmera de ré está integrada à central multimídia Media Nav, com tela sensível ao toque de 7 polegadas e GPS integrado.

  • Chevrolet Onix 1.0 LT: R$ 49.650

    Vira item de série na linha 2019, junto com retrovisores elétricos, computador de bordo com cinco funções, bancos com revestimento parcial em couro sintético, comandos internos com nova iluminação interna, cinto traseiro central de 3 pontos e apoio de cabeça central.

  • Fiat Argo Drive 1.0: R$ 51.690

    Opcional na versão Drive 1.0 manual (R$ 47.790), desde que com inclusão de dois pacotes opcionais: Multimídia (R$ 2,3 mil), que inclui a central Uconnnect de sete polegadas mais comandos no volante, e Parking (R$ 1,6 mil), que agrega -- aí sim -- câmera de ré e sensores traseiros de estacionamento.

  • Murilo Góes/UOL

    Peugeot 208 Active Pack: R$ 53.990

    Outro que está mudando para a linha 2019 e terá como principal novidade justamente a oferta da câmera de ré -- acompanhando central multimídia com GPS, Bluetooth, USB e projeção de celulares -- como item de série em todas as versões.

  • Divulgação

    Volkswagen Fox Xtreme: R$ 54.990

    Ao enxugar a gama do Fox em setembro passado, reduzindo o hatch altinho a duas versões, a Volkswagen reservou à opção de topo XTreme, com estilo aventureiro, o papel de trazer de fábrica a câmera traseira. Ela vem conectada à central Composition Touch, com tela tátil de 6,5 polegadas.

  • Divulgação

    Chevrolet Prisma 1.4 LT: R$ 58.890

    Segue a mesma lógica de alterações do Onix 2019, porém em configuração já com motor 1.4. Além de tornar equipamentos de série os itens listados mais acima na versão 1.0 LT do irmão hatch, incluindo a câmera, ganhará rodas de liga leve aro 15.

  • Kia Picanto GT: R$ 58.990

    Vendida em versão única no Brasil, a nova geração do Picanto é bem equipada e traz câmera de ré de série, como parte dos recursos da central com tela tátil de 7 polegadas com controles integrados ao volante.

  • Murilo Góes/UOL

    JAC T40 1.5 manual: R$ 59.990

    A câmera de ré é item de série em qualquer configuração do crossover chinês, integrando os recursos da central com tela tátil de 8 polegadas -- que traz porta USB e conexão Bluetooth, mas não tem GPS integrado nem espelhamento de serviços do celular.

  • Nissan March SL CVT: R$ 61.790

    No caso do compacto da Nissan, a câmera de ré está disponível exclusivamente na configuração de topo 1.6 SL CVT, exibindo as imagens da câmera na tela tátil de 6,2 polegadas da central Multi-App.

  • Murilo Góes/UOL

    Chery Tiggo 2 ACT: R$ 66.490

    Primeiro produto da Caoa Chery, o crossover de origem chinesa montado em Jacareí (SP) traz a câmera de ré na versão mais cara, denominada ACT, integrada à central com tela sensível ao toque de 8 polegadas -- que traz ainda a projeção de smartphones.

Fonte: Jato Dynamics / sites das montadoras

Mais Mão na roda