Topo

Seu Automóvel

Veja os 10 carros mais econômicos do Brasil

Divulgação
Imagem: Divulgação

André Deliberato

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/05/2018 04h00

Mesmo em tempos de falta de combustível em muitas cidades por conta da greve nacional dos caminhoneiros, muita gente ainda roda por aí com o tanque que havia no carro e, acredite, ainda está longe de abastecer.

Algumas pessoas, aliás, podem nem saber, mas são donas de carros que completam a atual lista dos modelos mais econômicos do Brasil, atualizada em 05/04/2018 pelo Inmetro. 

UOL Carros revela abaixo os últimos dados do Conpet, Programa Nacional de Etiquetagem Veicular, e mostra quais são os carros que vão rodar por mais tempo enquanto a escassez de combustível seguir. A ordem da classificação é baseada nos números dos carros rodando com gasolina na estrada.

Veja mais

+ Piloto dá cinco dias para economizar combustível
Carregador de elétrico: quanto custa instalar em casa?
Andar só na reserva também dá prejuízo
Quer negociar hatches, sedãs e SUVs? Use a Tabela Fipe

Os 10 carros mais econômicos do Brasil

  • Divulgação

    Volvo XC90 T8

    Cidade: 16,4 km/l. Estrada: 18,9 km/l (gasolina).

    Ao mesmo tempo em que se posiciona como carro mais caro da lista (com preços a partir de R$ 365.750), o Volvo XC90 assume a liderança por ter o número na estrada com gasolina maior até mesmo que do Toyota Prius, o híbrido que ficou na segunda colocação. Na configuração Plug In Hybrid (a partir de R$ 509.955), o SUV combina um motor 2.0 turbo a um elétrico para render 413 cavalos -- sim, ele também é o mais forte e potente desse ranking. Os dados vêm da atualização de 05/04/2018 do Conpet.

  • Murilo Góes/UOL

    Toyota Prius 1.8 (híbrido)

    Cidade: 18,9 km/l. Estrada: 17 km/l (gasolina).

    Híbrido vendido a R$ 126.600 tem os melhores números do Brasil entre dados de consumo a gasolina de acordo com atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Carlos Osorio/AP

    Ford Fusion 2.0 Hybrid

    Cidade: 16,8 km/l. Estrada: 15,1 km/l (gasolina).

    A versão híbrida do sedã grande da Ford, vendida atualmente a R$ 160.900, se destaca na tabela do Inmetro especialmente pelo ótimo consumo na cidade. Os dados são da atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Divulgação

    Volkswagen up! 1.0 TSI

    Cidade: 10 km/l. Estrada: 11,5 km/l (etanol).
    Cidade: 14,3 km/l. Estrada: 16,3 km/l (gasolina).

    Subcompacto da Volks vendido a partir de R$ 55.700 (considerando apenas versões com motor turbo) carrega os melhores números de consumo entre todos os carros da marca, segundo a atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

  • Divulgação

    Fiat Mobi Drive 1.0

    Cidade: 9,6 km/l. Estrada: 11,3 km/l (etanol).
    Cidade: 13,7 km/l. Estrada: 16,1 km/l (gasolina).

    Classificado como "microcompacto" pelo Inmetro, o carrinho da Fiat, assim como seu rival up! TSI, também leva a fama de modelo mais econômico da casa, de acordo com a atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Murilo Góes/UOL

    Peugeot 208 1.2 Puretech

    Cidade: 10,4 km/l. Estrada: 11 km/l (etanol).
    Cidade: 14,8 km/l. Estrada: 15,8 km/l (gasolina).

    O modelo mais em conta da Peugeot também é o modelo mais econômico do Grupo PSA como um todo. O 208 1.2 custa a partir de R$ 53.990. Os dados de economia vêm da atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Divulgação

    Chevrolet Prisma 1.0

    Cidade: 8,9 km/l. Estrada: 10,8 km/l (etanol).
    Cidade: 13,1 km/l. Estrada: 15,8 km/l (gasolina).

    Sim, o sedã é o carro mais econômico da GM na lista de veículos mais abstêmios, situação incomum já que a marca norte-americana não costumava participar dos programas de aferições do Inmetro. Os dados vêm da atualização de 05/04/2018 do Conpet, do Inmetro.

  • Divulgação

    Ford Ka 1.0

    Cidade: 9,2 km/l. Estrada: 10,8 km/l (etanol).
    Cidade: 13,5 km/l. Estrada: 15,7 km/l (gasolina).

    Embora não seja o carro mais econômico da Ford, ficando atrás do Fusion Hybrid, o Ka com motor 3-cilindros tem números melhores que os do Fiesta com motor 1.0 Ecoboost, segundo dados da atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Renault

    Renault Kwid 1.0

    Cidade: 10,3 km/l. Estrada: 10,8 km/l (etanol).
    Cidade: 14,9 km/l. Estrada: 15,6 km/l (gasolina).

    Carrinho mais econômico da Renault no Brasil (sem considerar os elétricos Twizy e Zoe, que não são vendidos oficialmente), o Kwid se destaca pelos ótimos números de consumo na cidade, independentemente do combustível. Os dados vêm da atualização de 05/04/2018 do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro, o Conpet.

  • Murilo Góes/UOL

    Citroën C3 1.2 Puretech

    Cidade: 10,2 km/l. Estrada: 10,8 km/l (etanol).
    Cidade: 14,3 km/l. Estrada: 15,6 km/l (gasolina).

    Mesmo utilizando o mesmo conjunto mecânico (motor e câmbio) que o Peugeot 208, seu "irmão" de plataforma, o C3 tem mais equipamentos, que fazem o carro pesar mais e, consequentemente, beber mais. No entanto, os números ainda foram suficientes para fazê-lo entrar na lista dos 10 mais ecônomicos. Os dados vêm da atualização de 05/04/2018 do Conpet.

Fonte: Conpet/Inmetro

Mais Seu Automóvel