Topo

Salão de São Paulo

Vai ao Salão de SP no último final de semana? Domingo é mais barato

Murilo Góes/UOL
Chegada do público no Salão: prepare-se para muita fila no final de semana Imagem: Murilo Góes/UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/11/2016 18h00

Depois de oito dias recebendo o público em geral, o Salão do Automóvel de São Paulo de 2016 chega ao seu último final de semana. Segundo a organização do evento, o "grosso" do público deve aparecer no pavilhão do SP Expo, na Zona Sul de São Paulo, neste sábado e domingo. UOL Carros dá a dica: o ingresso do último dia é mais barato, mas é preciso ficar ligado no horário mais restrito de abertura. 

De acordo com a Reed, responsável pelo evento, 350 mil pessoas visitaram o até as 15h da última terça-feira (15), momento do último balanço. É possível que este número mais do que dobre até o final do domingo, segundo a empresa, que não faz qualquer menção sobre bater ou não o total de visitantes da última edição: foram 756 mil pessoas naquele ano.

No sábado (19), o ingresso inteiro custará R$ 95. Já no domingo (20), último dia do salão, o preço da inteira cai a R$ 70.

Quem curtir a página do Salão no Facebook ou seguir o perfil no Twitter pode ter ainda cupom de desconto para compra online, reduzindo o valor a R$ 63 para o domingo (10% de abatimento). 

Tempo curto 

Apesar do preço reduzido, o horário de visitação termina antes no domingo, portanto, atenção ao relógio. A contrapartida: o horário de abertura começa mais cedo.

No sábado, os portões se abrem às 13h, com entrada até 21h e fechamento do Salão às 22h. 

Para domingo, os portões serão abertos às 11h, sendo que a entrada pode ser feita até 17h. O Salão de SP 2016 fechará definitivamente as portas às 19h.

UOL Carros faz uma lista abaixo com dicas e respostas para dúvidas.

Visitando o Salão

  • Onde fica?

    A mostra deixa de acontecer no Pavilhão do Anhembi e será feita no SP Expo, antigo Centro de Exposições Imigrantes. O endereço é Rodovia dos Imigrantes, km 1,5, zona sul da cidade. É possível acessar pela avenida dos Bandeirantes ou pela Miguel Stéfano, mas qualquer opção vai levar à mesma "fila", na via principal do pavilhão. Alguns aplicativos de localização indicam o local como Rodovia dos Imigrantes, número 1. Quem usa Google Maps ou o aplicativo do Uber, pode digitar "SP Expo" na procura. No Waze, a mesma coisa: digite "SP Expo".

  • Eugênio Augusto Brito/UOL

    Evite ir com seu carro

    Uma das vantagens do Salão no SP Expo, em relação ao evento que era realizado no Anhembi até 2014, é o edifício-estacionamento, com mais de 4.200 vagas. O período diário custa R$ 40. Ainda assim, UOL Carros aconselha: não vá com seu carro, evite mesmo. Como já ocorreu no primeiro final de semana e no feriado, o trânsito será pesado no acesso da Imigrantes e na rotatória que serve de entrada ao pavilhão. Organizadores e CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) ainda restringem algumas alças para redirecionar os carros, o que requer ainda mais paciência de quem vem motorizado.

  • Apu Gomes/Folhapres

    Como chego, então?

    De metrô, de táxi, de Uber e mesmo a pé. Segundo a organização, o local fica a 850 metros da estação Jabaquara do metrô (linha 1 Azul) e a 10 minutos do Aeroporto de Congonhas. É um pouco mais do que isso, na real, mas a distância é menor que a do Anhembi em relação à estação Portuguesa-Tietê e ao próprio aeroporto. Haverá ônibus gratuito (fretado) na saída da estação Jabaquara -- os ônibus, localizados na Rua Nelson Fernandes, começam a correr uma hora antes do horário de abertura do evento e ficam até uma hora após o fim, todos os dias. Haverá também traslados da estação Santos-Imigrantes (linha 2 Verde).

  • Bruno Braz / UOL Esporte

    Compre o ingresso antes

    Existem bilheterias no SP Expo, mas a própria organização recomenda que se compre o ingresso antes, pela internet (http://premier.ticketsforfun.com.br/shows/show.aspx?sh=SALAOAUT16&v=SPE). A venda antecipada para cada dia se encerra 24 horas antes ou por conta do fim das entradas. O ingresso básico custa R$ 95 para o sábado ou R$ 70 para o domingo, mas o aplicativo oficial do Salão (busque por "Salão do Automóvel" na AppStore ou PlayStore) gera 10% de desconto.

  • Quanto custa?

    Além dos valores básicos (R$ 95 ou R$ 70), há preços diferentes a depender do benefício, tipo de visita e tamanho do grupo. Confira os valores: R$ 70 (dias 18 e 20); R$ 95 (dia 19) / Meia-entrada: R$ 35 (dias 18 e 20); R$ 47,50 (dia 19) / Portadores de necessidades especiais: R$ 35 (dias 18 e 20); R$ 47,50 (dia 19) / Redes sociais (para quem baixou o app): R$ 63 (dias 18 e 20); R$ 85,50 (dia 19) / Kit fã (ingresso, camiseta, entrada exclusiva e wi-fi grátis): R$ 120 (dias 18 e 20); R$ 150 (dia 19) / Kit VIP (ingresso, entrada exclusiva, vallet e lounge): R$ 300 a R$ 1.500 (de acordo com o tamanho do grupo, para qualquer dia).

  • Shutterstock

    Quais os horários?

    Fique atento: horário normal, que vale até o sábado 19, é das 13h às 22h, mas com entrada permitida até 21h. No último dia (20), começa mais cedo, às 11h, e também termina antes, às 19h.

  • O pavilhão melhorou?

    O Anhembi tinha problemas com estacionamento, falha de climatização, falta de praça de alimentação adequada e piso irregular. A promessa da organização do SP Expo é oferecer uma estrutura "à altura de salões internacionais". São 90 mil m² (10% maior que o Anhembi), climatização central, praça de alimentação para 600 pessoas, chapelaria (R$ 15), internet wi-fi (serviço pago), telefones públicos, posto médico e áreas exclusivas para portadores de necessidades especiais.

  • Getty Images

    Vista roupas leves e confortáveis, mas leve agasalho

    Apesar das facilidades prometidas pelo novo espaço, lembre-se: vai lotar e haverá fila e variações de temperatura. Use roupas leves e confortáveis e pense também nos seus pés. Quem ficar o dia todo circulando pelo Salão poderá percorrer até 10 quilômetros. Leve também um agasalho leve, mesmo que o clima esteja ensolarado: nos dois dias de imprensa, houve falhas no sistema de ar-condicionado, que a organização espera resolver até a abertura do evento ao público; com a refrigeração funcionando, porém, é normal haver áreas mais geladinhas.

  • iCarros

    Leve a CNH

    Uma das principais novidades da edição é a área múltipla para test-drive no asfalto e também simulação de off-road. São 20 mil m² com duas pistas na área externa do Salão. Para experimentar carros, picapes e SUVs, porém, é preciso ter habilitação e não ter consumido bebida alcoólica. Vale chegar cedo, também, para garantir a participação.

  • Pode fotografar

    O Salão é o local ideal para realizar sonhos: há carros para todos os gostos e até celebridades e shows nos estandes das grandes marcas. Vale, portanto, levar câmera e celular para garantir fotos, selfies e boas postagens nas redes. Claro, seja educado: não monopolize um modelo, nem atrapalhe outros visitantes, expositores e trabalhadores do estande. E compartilhe seus cliques no Instagram, marcando @UOLCarros nas imagens. Ou passe por nosso estande para trocar ideias sobre carros. Boa diversão!

Mais Salão de São Paulo